abril 08, 2016

Notícias + Aviso + Nightrunner series


Ohayou ^^

Eu sei que ainda não respondi aos comentários de ninguém, tenho estado um bocado ocupada. Então acho que vou dar uma pausa de um mês no Forever Sapo - para ver o quê que consigo adiantar, e isto pressupondo que consigo resistir aos vários posts que quero fazer, porque sim, as ideias continuam a fervilhar. Durante esse tempo, porém, vou tentar permanecer ativa e comentar nos vossos posts pelo menos, além disso, não se preocupem, não abandono o FS de maneira nenhuma, nem que tenha de começar a fazer posts divididos em partes que sejam postadas a dias diferentes ;) A sério, mesmo que eu possa vir a ficar muito ocupada, há sempre algumas alternativas que posso testar e é IMPOSSÍVEL que o blog fique em hiatus definitivo.

Então, vou aproveitar o post para dar algumas novidades, creio que gostarão de saber de uma delas *criando suspense* :)

E começo logo com a grande novidade: MUDEI DE PENTEADO!!!
Ontem (7/4/16), fui pela primeira vez na minha vida a um cabeleireiro - pasmem. E já que era para mudar, então que fosse para uma mudança radical. Rapei o cabelo de um lado e fiz uma trança, e livrei-me da minha risca ao meio que já andava a enjoar. Além disso, talvez em breve fure as orelhas e assim vai-se notar imenso os brincos do lado que está exposto :3

Não tenciono colocar aqui fotos do antes, mas vou colocar algumas do depois, e garanto que a mudança foi abismal. Obs: Não vão ver a minha cara, só o cabelo, pois usei um editor para colocar blur. Não que não confie na maioria de vocês, mas é uma pequena medida de segurança, já que nunca se sabe se não poderá aparecer algum maluquinho no blog - aqui uma segunda foto: www. Fiquei mesmo contente com o resultado, a sério. Não sei se vocês vão gostar nem sei o que muita gente terá pensado, mas acho que este estilo combina muito mais com quem realmente sou. O penteado vulgar anterior fazia-me sentir demasiado normal, apagada, medíocre. Agora sim, sinto que já transmito a quem me vê a minha verdadeira energia! Não imaginam, eu estou mesmo feliz! Esta semana tem sido radiante para mim, já irei dar alguns detalhes. Eu tenho andado a pensar nisto há meses, mas sempre com um certo receio de mudar e, mais ainda, eu tinha medo que dar atenção às aparências me começasse a distrair da escola e dos meus objetivos, mas provavelmente não vai acontecer - quem é que faz exercícios de matemática enquanto espera a sua vez no cabeleireiro, huh? 

Farei anos dia 13 deste mês. A minha irmã já fez, também este mês, e a minha mãe e o meu pai farão este mês também ~sim, tudo Carneiros. Então eu não fui a única que recebeu esta prenda ;) Haha, a minha mãe e a minha irmã raparam também as duas de lado e ficou-lhes magnífico! Melhor ainda: a minha mãe rapou de lado, pintou a parte rapada de azul e o resto do cabelo de vermelho-acobreado! É espantoso como isto combina logo com as 3 de nós, se calhar por termos todas "energia de fogo", como a minha mãe às vezes lhe chama. Se sairmos as 3 juntas à rua, como a minha irmã disse, as pessoas pensarão que se abateu uma maldição em cima >.< 

Além disso, eu quis fazer hoje uma surpresa na escola, só dois amigos meus é que sabiam. Mas mal eu saí do cabeleireiro com a minha mãe (que tinha acabado de rapar também o dela), ENCONTREI A MINHA STÔRA DE MATEMÁTICA A PASSAR MESMO À FRENTE!... Eu não sabia se ficava assustada, envergonhada ou se ria, senti um bocado de tudo, mas não pensei que ela tivesse desaprovado, teve imensa piada porque ela foi a primeira pessoa a ver. Até me pergunto quem é que ela terá achado mais doida, se eu, se a minha mãe >///< Sim, porque provavelmente ela também não imaginava que a minha mãe fosse assim. Bem... foi essa a impressão com que fiquei ontem, mas hoje na verdade descobri que ela não acha que faça muito o meu estilo - o que me desiludiu um pouco, embora não mude o facto de eu gostar dela nem o quanto me sinto bem. Mas como provavelmente muita gente há de ter sido da mesma opinião, comentá-la-ei mais adiante.

E como é que toda a gente reagiu hoje? Recebi alguns elogios, outras pessoas ficaram simplesmente surpreendidas, e algumas ainda demoraram até perceber que era mesmo rapado - já que julgavam que eu só tinha puxado o cabelo para fazer a trança - e o espanto teve imensa piada. Não tantos elogios quanto isso, mas eu não fiz isto pela aprovação de ninguém e sim por mim mesma, para além de que, as pessoas que realmente me importam, gostaram. E tenho algumas TEORIAS sobre o porquê de não ter recebido lá tantas palavras gentis quanto seria de esperar:
» As pessoas não gostam deste penteado - nada a dizer, pelo menos não fizeram elogios falsos. Se não gostam, não gostam, gostos não se discutem. A sério, se foi por isso, posso até ter pena, mas ofendida também não fico.
» Inveja - tenho as minhas dúvidas quanto a isso, a minha turma tem raparigas bonitas o suficiente para não precisarem de sentimentos desses, portanto parece-me uma hipótese fraca. Só estou a colocar para encher linguiça.
» Acham que não faz o meu estilo pois...
  • a) julgam que eu sou uma florzinha delicada, e este penteado deixa-me poderosa demais para continuarem com esse julgamento confortável.
  • b) acham que este é um penteado rebelde e que eu não o sou, ou então que estou a "sair da casca".

Devo estar, de facto.
Contudo, a minha concepção de rebeldia é um pouco distinta da da maioria das pessoas. Para mim, ser rebelde é ser diferente, remar contra a corrente, e num mundo onde a maioria das pessoas faz tanta merda, ser uma pessoa correta é que representa a rebeldia. Não tem nada a ver com fumar, fazer asneiras ou ser desleixada - nesse sentido, não sou rebelde de maneira nenhuma.

Então, se virmos as coisas do meu ponto de vista, eu sou rebelde por 3 excelentes motivos:
» Porque estudo, quando muita boa gente não o faz. E tenciono continuar a esforçar-me. Além disso, tenho imensos gostos de nerd dos quais não pretendo abdicar e isso faz até parte da MINHA maneira de ser rebelde.
» Porque sou uma ativista. Embora ainda não saiba o suficiente para argumentar sem falhas, defendo todo o tipo de minorias [amostras de posts já publicados na tag representatividade]. Ao defendê-las, estou a quebrar estereótipos da sociedade, e até mesmo por usar um penteado "rebelde" mas mantendo a minha personalidade bem razoável estou a ajudar a quebrar a ideia de que aparência dita personalidade.
» Porque isto afirma os meus valores e identidade, e uma pessoa que assume quem é já está a ser rebelde.

Portanto, se este penteado gerou alguma mudança, foi aumentar a minha auto-estima e a vontade de continuar no "bom caminho".

Se ainda há alguém que acha que isto não combina comigo, humm... engana-se. Não me conhece. Ou tem a cabeça formatada com estereótipos. Se algum desses é o caso, então tal ainda me motiva mais a manter este penteado, porque deve ser a única maneira de as pessoas perceberem que não sou a pessoa apagada que imaginavam. 

Animes, não, mas livros, sim
Primeiro, Lilium: posso não ter respondido ao seu comentário, mas garanto que o li e que já anotei como sugestão de coleções para ler a Saga dos Corvos . Se é tão importante para si como No.6 é para mim, e se tem tudo isso que mencionou no comentário, fico extremamente ansiosa ;) Mas ainda sou capaz de demorar um bocado. A ordem que planifiquei foi: Nightrunner series» O retrato de Dorian Grey» Caçando Carneiros» Saga dos Corvos» depois vejo...

Eu tenho andado a ler Nightrunner series e está a ser FENOMENAL. Acabei o segundo volume esta semana, e é a MELHOR COISA EM QUE ME PODERIA TER METIDO! A história passa-se num mundo de fantasia medieval, e a maioria dos protagonistas são Watchers, espiões que trabalham para o reino de Skala. Seregil era um Watcher que salva Alec, um rapaz que tinha sido preso e torturado em sei-lá-onde, e a partir daí o toma como aprendiz e faz dele também Watcher. Há muito mais a adicionar à história, mas ei, são 8 volumes (7 de história e 1 de contos extra), então é melhor não tagarelar muito.

Estou a ler todos em inglês, links para download aqui, e caso estejam interessados, é melhor que salvem os links porque todos os outros que achei estavam cortados: www

Tenho diversos motivos para adorar, e embora pretenda fazer uma mega-resenha quando tiver acabado de ler a coleção, aqui estão algumas das minhas razões:
  • Protagonistas homens-cis que são bissexuais e se apaixonam: Sim, AFINAL EXISTE alguma história passada num universo alternativo com protagonistas bissexuais (nem são só gays ~que é mais fácil de encontrar~, são bi, OBRIGADA!!!!!), que são tratados da forma correta (ou seja, como se trataria qualquer personagem hétero), que não são dependentes um do outro, que passam por muitas dificuldades mas têm um final feliz (portanto, fugindo da trope enjoativamente frequente "Bury your gays" [www])... e tudo isso é tão raro que já me ganhou completamente. As personagens são mais do que simplesmente a sua orientação sexual e não são usadas simplesmente para causar sofrimento na trama. Além disso, tanto pela personalidade, como pela aparência e pela boa representatividade do relacionamento, fazem-me lembrar o Nezumi (Seregil) e o Shion (Alec), então é como se estivesse a ler uma fanfic AU gigante de No.6 :3
  • Escrita magnífica: Eu normalmente dou-me bem com livros que tenham imensas descrições e uma narrativa densa, porque foi algo a que os livros de fantasia adulta me habituaram. Contudo, surpreendentemente, estes NÃO têm uma narrativa nada "chata". A autora É boa com descrições, mas limita-se a dizer os pormenores necessários, em vez de se deter com demasiados detalhes técnicos ou que não nos dizem nada. Além disso, para a quantidade de coisas que acontecem em cada volume, tenho notado um ritmo de escrita rápido.
  • Os elementos da história: Espaço e tempo não deveriam ser nada de especial ou, pelo menos, eu não costumo escolher que livros ler por causa disso, mas o facto é que eu tenho um fraquinho por fantasia medieval, porque é impossível uma mistura entre a época medieval e magia não resultar em algo épico. Associado a isso, a história é simples - alguns volumes encerram uma trama mais fechada, enquanto que a trama de outros se estende aos pares, e sim, é importante ler em sequência - mas contém mistérios para resolver que culminam sempre em alguma cena grandiosa. Além disso, a autora não tem receio de fazer as personagens passar por situações traumáticas*. Mas estas recuperam sempre, embora despojados da anterior inocência, o que é perfeito. Até porque todas, todinhas, são extremamente carismáticas, distintas mas muito chegadas de um ou de outro modo, e o desenvolvimento de algumas personagens (Thero <3) é surpreendente. Isto para não falar das personagens femininas: todas com papéis bastante diferentes, mas todas fortes e bem representadas à sua  maneira. 
*Exemplo aqui: Um capítulo narrado da perspetiva do Alec, numa altura no segundo livro em que ele foi apanhado e estava a ser torturado (de "forma subtil" e mais psicológica do que física, mas ainda assim fazendo uso do corpo dele), começa com "Hands. So many hands". Que tipo de tortura imaginam que seja? Provavelmente a vossa imaginação acertou. E não só é uma experiência horrível, como a autora nunca deixa nada muito explícito, mas a escolha de palavras assusta mais do que provavelmente descrições extensas seriam capazes. 

Concluindo, eu não tenho tido tempo nenhum para ver animes ou  mangás - e garanto que quero imenso, especialmente um sobre rakugo porque as [reviews da Chell] me ganharam - mas a verdade é que já andava com saudades de me embrenhar assim em leituras. 

E porque outros motivos estou tão animada? 
Basicamente é por causa das pessoas à minha volta. Eu realmente adoro falar, mas não gosto de forçar os assuntos que me interessam em ninguém, e sei que a maioria das pessoas não tem muitos interesses em comum comigo. Mas eu tenho andado a tagarelar imenso com a Rute, que tem tido uma paciência surpreendente comigo, e acho que nunca me ri tanto a conversar com alguém (muito menos pelo facebook) como com ela. 

Além disso, depois de eu acabar com o meu namorado no 10º ano, eu tinha-me afastado drasticamente dele e nós praticamente não falamos durante todo este tempo, mas esta semana voltei a falar com o Bruno. Eu já tinha pensado em começar a falar com ele antes - especialmente este ano, estava a ser difícil manter a distância, até porque as minhas amigas são amigas bastante próximas dele e, ok, no mesmo círculo de amigos, eu acabava um bocado por me isolar propositadamente. Eu fiz isso pois nós não acabamos por causa de qualquer zanga ou assim, eu simplesmente parei de gostar dele românticamente. Fácil como era para nós conversarmos, eu tinha receio de que ao continuar a falar com ele lhe pudesse dar esperanças de coisas que não aconteceriam - fora que eu acho muiiiiito estranho a ideia de duas pessoas continuarem a falar depois de acabarem. Não por causa das pessoas em si, mas por causa de quem está à volta e parece sempre fazer julgamentos idiotas sobre amizades entre rapazes e raparigas, como se fosse obrigatório que a amizade evoluísse para algo mais. 

Mas a verdade é que, quando me afastei, eu perdi também um amigo. E esta semana, quando eu estava desesperada para arranjar alguém que soubesse bem inglês, até gostasse de ler e não se importasse de ler os livros de Nightrunner comigo, lembrei-me dele de repente e... pretexto perfeito! Então, com o incentivo da Rute, lá fui eu começar a ser chata e entretanto descobri duas coisas:
  • 1) Confio imenso nele, MESMO MUITO, escrevemos autênticos testamentos um ao outro, é divertido ter tanta coisa com que o atualizar e a nossa amizade está quase tão forte como antes. Nunca esperaria! Ele é extremamente espontâneo e faz-me rir com facilidade, além de que me escuta e respeita totalmente a minha maneira de ser, os meus gostos e objetivos. Muitas vezes, eu até o influencio (influenciava, e se o convenci a ler uma coleção em inglês, se calhar continuo a fazê-lo) - bem, eu sou tão melga que enquanto eu não tornar o mundo fã de No.6, não vou descansar, não admira que ele seja uma vítima próxima ;) É totalmente hilário como só começamos a falar há 4 dias e eu esperava demorar algum tempo até confiar nele assim de novo, se é que alguma vez o faria, mas no segundo dia já lhe estava a contar tudo.
  • 2) Não sinto qualquer estranheza em estar junto dele, e isso deixa-me mesmo feliz. Não tenho, de maneira nenhuma, sentimentos românticos por ele (nem ele por mim), portanto não há nada a atrapalhar a amizade. Mesmo depois de eu já lhe ter dito que ele é uma pessoa importante para mim, e de ele ter retribuído ^^ Além disso, as minhas amigas não olham de maneira estranha para nós, e se alguém, alguma vez, o fizer, é um idiota. 
Portanto a combinação de livros + visual renovado + Bruno de volta está a deixar-me mesmo feliz, apesar do que eu tenho para estudar. Pelo menos tenho conseguido gerir tudo, mas quando acabo, costumo estar demasiado cansada para comentar ou postar. 

Prometo que, quando regressar, o farei com um novo layout! ^^
Oh, e quem é que venceu o winter awards, quem? *orgulhinho*

15 comentários:

  1. Any-chaaaan! Primeiro, que bom vê-la feliz assim! Sério, dá pra ver no texto todo a sua alegria, e isso é contagiante, sabia?

    Só fiquei um pouquinho triste com a pausa de um mês que você pretende fazer nos posts do Forever Sapo, mas entendo o que você quer fazer. Espero que consiga sim adiantar as coisas, mas que os posts farão falta, farão ><

    Mas para tudo que esse cabelo ficou muito divo! Aaaah, ficou muito demais! Eu sou muito fã de cabelos diferentes, sabe, num mundo em que a maioria das pessoas usam cortes tão iguais e normais e repetitivos, é lindo ver um corte diferente e bonito assim! Eu admito que não gostava muito desse raspado na lateral quando o pessoal começou a fazer, mas agora eu acho super bonito. Acho que gostei desde que uma amiga minha raspou e nossa, ficou maravilhoso nela, nunca vi alguém com um cabelo tão perfeito daquele jeito! *-* E como você colocou a trança junto (aliás, como faz essa trança? Hahahaha parece dar um trabalhão!) ficou ainda melhor. E que cabelão enorme! @_@ Faz muito tempo que eu não tenho o cabelo grande assim (culpa do calor), aliás meu cabelo tem uma cor bem parecida com a sua.

    Mas enfim! Eu nem sei o que é ficar sem ir ao cabeleireiro, porque eu vou desde criancinha, nunca cortei ou fiz qualquer coisa no cabelo sem ir ao cabeleireiro - sim, fiquei chocada quando você comentou que foi pela primeira vez! hahahaha

    Mas a questão é, se você está feliz com o corte, é isso que importa! As outras pessoas, elas não sabem de nada. Aqui se ouve muito (ou pelo menos se ouvia há um tempinho atrás) que raspar o cabelo é "coisa de lésbica", quer comentário mais preconceituoso que esse? Como se as pessoas tivessem que ser rotuladas por um simples corte de cabelo. Aliás, concordo com a sua visão de rebeldia! Realmente, estudar ultimamente está sendo raro de se ver; e agir de maneira correta, então! Conta-se nos dedos! hahahahaha

    Vou te contar uma coisa, eu sou o tipo de pessoa que fica mudando o cabelo o tempo todo. Não consigo ficar com o mesmo corte por muito tempo, e sempre que mudo dá uma aumentada na auto-estima, sabe? E quando eu tinha 16 anos, pela primeira vez, pintei o cabelo de vermelho e cortei "joãozinho". Imagina a reação das pessoas na escola! Eu nunca fui de reparar na opinião dos outros, por isso só prestei atenção à opinião das pessoas mais próximas; mas eu sei que pelas minhas costas devem ter falado um monte. Mas também não ligo não, porque eu me senti bem e é isso que importa, ponto final. ;)

    Ah, também achei super divertido a sua mãe e sua irmã também terem raspado; e sua mãe ainda ter pintado de azul e vermelho! É meu sonho, sabia? Azul e vermelho! *-*

    Ah sim, parabéns para a família toda! Meu deus, deve ser uma loucura todos da casa arianos, como funciona isso? hahahaha Aqui em casa cada um é de um signo, então temos personalidades bem distintas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sobre estes livros Nightrunner, já me interessei de cara quando você comentou que se passa num mundo fantástico medieval, porque é o tipo de história que eu amo! Quer dizer, é a combinação perfeita! E adorei mais ainda por saber que os protagonistas são bi, mas que não tem aquele monte de estereótipos e são tratados corretamente. Vou procurar por este livro por aqui :)

      E sobre as pessoas à sua volta, fico feliz por você ter voltado a conversar com o seu ex e também com o círculo de amizades de ambos. Na minha opinião cada caso é um caso, existem algumas pessoas que conseguem continuar amigas de boa, enquanto outras que é impossível. No meu caso, em geral acabo me afastando; mas os meus dois ex eu ainda converso. O primeiro, agora tenho uma amizade maior, até porque temos muitos gostos em comum. O pai da Olívia, o ex mais recente, eu sou obrigada a ver toda a semana, e sinceramente me incomoda um tiquinho sabe, porque não terminamos em bons termos. Mas eu converso e sou gentil com ele e tudo o mais, até pelo bem dela. Mas eu sei que não posso me abrir muito pra ele, sabe, porque ele vive querendo voltar comigo. -_-

      Mas no seu caso, aparentemente vocês tem uma amizade super legal, então é ótimo! E ainda bem que já consegue confiar nele novamente, isso é o mais importante. ^^

      Por fim, parabéns por vencer o Winter Awards! Você merece! Uhuuul! \o/

      Beijos! ;)

      P.S.: Eu descobri o que é YA, que tinha perguntado no comentário do post passado! Young Adult! Me senti muito noob por não saber essa sigla HUAHAUHAUHA

      Eliminar
    2. Fico feliz por ter transmitido essa energia positiva, apesar de me ter ausentado por tanto tempo ;)

      Eu no começo também não gostava desse rapado lateral, mas agora adoro. Essa trança da foto foi a cabeleireira a fazer, mas também funciona com tranças normais :) Mas como dá mesmo muito trabalho, estou a pensar em agora rapar mais fundo. Acredita, o meu cabelo dá pelo menos até à cintura - e como sou loira de nascença, estava a pensar em clarear um ou dois tons. Haha, imagino que tenha sido um choque, a maioria das pessoas fica espantada quando eu digo que foi a primeira vez que entrei num cabeleireiro. Eu já nem ligo ao que as pessoas dizem, bom, ligo, mas tenho confiança que chegue em mim mesma e fico feliz por ter concordado com a minha percepção de rebeldia ^^ "E quando eu tinha 16 anos, pela primeira vez, pintei o cabelo de vermelho e cortei "joãozinho" UAU, QUE OUSADIA! Mas sabe, acho lindo essa atitude, principalmente porque fez isso por decisão sua, porque lhe levantou a auto-estima e porque não se importou com a opinião das pessoas. E falando nas cores que a minha mãe pintou: ela agora usa só vermelho, mas azul e vermelho são as minhas cores favoritas - pelo menos, aquelas com que mais me identifico.

      Deduziu bem, uma família de arianos é de doido. Estamos sempre a discutir e somos um bocado impulsivas, teimosas, então quando as opiniões diferem, é assustador. Mas as zangas passam depressa - apenas são intensas - e nós adoramo-nos. Falando em relações, você mencionou que com o primeiro ex agora tem uma amizade ainda maior, e o mesmo se passa comigo - aliás, nós temos, ao contrário do que eu esperaria, um carinho enorme um pelo outro e eu não sei como é que aguentei (nem porquê que teimei em fazer isso) mais de 2 anos sem falar com ele.

      Sobre nightrunner: se tem esperança de achar traduzido, esqueça. Eu aprendi a ler inglês para ler No.6, e para essa coleção, tive de aprimorar muita coisa, mas não me arrependo nem um pouco, Gómen por ter demorado séculos a responder!

      Eliminar
  2. Yo Any!!
    Uau!! Seu cabelo tá O poder! Ele ficou muito vivo e ao mesmo tempo organizado – não sei como não daria para gostar, é ousado mesmo raspar uma parte do cabelo. O penteado lembrou-me uma personagem de Orphan Black, a Cosima – que é incrivelmente inteligente, divertida e envolvente. Ohh eu também sou do time das que nunca vai no cabeleireiro, mas modéstia a parte, é porque eu faço um trabalho legal sozinha: repico, repico, repico, repico, repico.... Aproveitando que sou loira e não preciso descolorir, uso do papel crepon para colorir meu cabelo ás vezes de rosa, azul, roxo, etc. Então sim, sei bem como é bom, INCRIVEL, essa sensação do interior combinando com o exterior e se destacar na multidão.

    Tem muita gente que parece apenas conseguir se sentir “maior” quando subestima os outros, se esse for o caso... samba na cara deles com esse seu brilho renovado >< um brilho com signo solar em áries, diga-se de passagem... na verdade, A FAMÍLIA TODA ÁRIANA, hahah sua mãe tem razão quanto a energia do fogo XD foi incrível elas terem topado raspar, você realmente tem muita sorte em tê-las em sua vida, e elas por terem você~~.
    Inveja se manifesta de modos estranhos, as vezes só por conseguir se impor já agita o bichinho verde nas outras pessoas. Aposta nuns olhos gregos pra proteção –qqq
    E quer saber, quem são eles para saber o que combina com você ou não? Só você fica 100% com si mesma, e apenas você sabe o que te faz sentir bem e transmite sua personalidade, afinal você é sua própria senhora e conhecedora de sua verdade.

    Engraçado que esses dias eu estava conversando com um amigo a respeito de rebeldia, e vi muita desse nosso debate no seu texto. Ainda não tenho uma ideia muito clara do que o termo é para mim, pois ele parece abranger muito mais e ser até apresentar ideais antagônicos. Mas concordo com você que uma das ações mais revolucionaria de todas é ter a mente aberta, e desenvolver o pensamento crítico por meio dos estudos, além de claro adquirir conhecimento e colocar em prática teorias e planos.

    Essas próximas semaninhas vou estar ocupada (tenho que ter na ponta de língua 2 anos e meio de Química para esse domingo), mas já baixei todos os livros!!! Pretendo começar a lê-los mais tardar no mês que vêm (estou com um pouco de medo, já que seria o primeiro LIVRO que eu lerei em inglês – isso é, sem contar os jogos com texto nesse idioma ou contos e fanfics, mas de qualquer maneira vai ser um ótimo treino~~)... enfim, eu li a primeira página e entendi tudinho hhehehe o(≧o≦)o
    Você vai ler a Saga dos Corvos HOHOHO espero que goste >.< quando você for ler, mesmo que demore, diga-me o que achou, ok?

    Terminei esse seu post sorrindo, você não está só transmitindo essa energia positiva no seu físico, pode apostar. Para ser honesta eu boiei um pouco nos assuntos mais pessoais, mas ainda bem que tem amigos tão bons ao seu lado!!! Curta muito eles e... AHHHHH SEJA FELIZ!
    Inclusive FELIZ (adiantado) ANIVERSÁRIO!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lilium, eu não devo ser a única a transmitir energia positiva, aliás, adorei ler o seu comentário :3 Agradeço desde já o feliz aniversário adiantado, obrigada mesmo ^^

      AINDA BEM QUE APROVOU O PENTEADO >.< Nunca vi orphan black mas já ouvi falar, e creio que sei quem é a personagem. A propósito, ela não é bi ou lésbica? Oura aí está outra coincidência. Além disso, a Helo disse que há quem considere que este é penteado de lésbica, e como sou bi, nem é propriamente um insulto. Outra coincidência ainda: você disse que costuma pintar o cabelo de rosa, roxo ou azul, e a verdade é que essas 3 cores juntas são a bandeira da bissexualidade (é possível que já saiba). AINDA UMA OUTRA (não relacionada com o cabelo): pouco antes mesmo de eu ter a certeza de que era bi, e de saber as cores da bandeira, eu andava a pintar grande parte dos meus desenhos com essas cores. Acho que estava destinado >.<

      Eu, quando cortava o meu cabelo, era sempre em casa. E essa ideia de tingir o cabelo assim em casa é genial! Mas se eu alguma vez chegar a fazer isso, será após os exames - aliás, num dos meus exames, precisamente química, terei de saber a matéria de 2 anos, se bem que esse exame (que, já agora, são umas provas especiais por aqui) será só em Junho. Portanto demore o tempo que precisar a começar a ler - pode apostar que eu comentarei com muito gosto a Saga dos Corvos, se conseguir algum tempo até farei resenha ^^ Fico mesmo contente por já ter feito o download de todinhos, garanto que vale bem a pena! E, tal como você, a única coisa que eu tinha lido em inglês eram fics, mangás, jogos... e uma boa parte de No.6, vá, mas eu li No.6 quando ainda tinha dificuldade em inglês e não foi a leitura mais fluente que já fiz. Mas nestas férias de verão foi quando comecei realmente a ler fics (aham, de Nezushi) em inglês, com imenso cuidado para aprender todas as palavrinhas, e isso fez com que eu melhorasse imenso de repente. Então, quando comecei nightrunner, não tive dificuldade nenhuma, e aposto que consigo será igual. Talvez tenha dificuldade com algumas palavrinhas mais técnicas ou relacionadas a um tema mais específico, pelo menos eu tive, mas nada que um tradutor não resolva.

      E eu sei sim que há muita gente que só se consegue sentir melhor quando tenta colocar os outros numa posição inferior - aliás, concordo perfeitamente com o que você disse e acho que entendeu muito bem a minha definição de rebeldia :) - mas, por exemplo, da parte da minha stôra de matemática não foi inveja de certeza. Ou ela realmente acha que eu estou a "sair dos trilhos" e quer desencorajar-e a desencaminhar, tendo achado que aquele comentário que ela fez foi a escolha certa, ou realmente foi sincera e não acha que este estilo combine comigo. Mas é como você disse: porquê que algumas pessoas acham que conhecem os outros melhores que eles próprios? :/

      É normal que tenha boiado na parte mais pessoal do post, mas percebeu o essencial, que é o facto de eu estar feliz. Que bom que terminou o post sorrindo - eu também terminei de o escrever assim, então é ótimo saber que transmiti as mesmas sensações que estava a sentir aos leitores ;)

      Eliminar
  3. NÃAAAAAOOOOOOO, NO, NO, NOOOOOO UM MÊS!? Ç^Ç.....GURIA TU TÁ QUERENDO ME MANDAR PRO INSTITUTO DE CARDIOLOGIA AQUI DA MINHA REGIÃO!? Por um milésimo de momento eu até pensei que tu diria que iria se afastar do blog! AINDA BEM que tu deixou claro que num entrará em Hiatus! Meu deus, acha que eu já me recuperei do trauma passado do Primeiro de Abril!? NÃO, EU NÃO ME RECUPEREI!

    ENFIM! Mas, focando nas coisas boas! MULHER EU TÔ TÃO FELIZ POR TI! Gente, eu estava até um tantinho preocupada contigo, pois com o teu sumiço e correria nos estudos pensei que estivesse até meio estressada, MAS VER QUE NA VERDADE TUDO ESTÁ ALTAMENTE PURPURINADO ME DEIXA SUPER FELIZ O/ Fico realmente contente pelas tuas mudanças! Sobre o cabelo eu achei o penteado muito show XD, confesso que demorou a cair a minha ficha sobre vocês terem raspado uma parte do cabelo e.e''''' Só depois de analisar mais de perto é que acabei percebendo as coisas! Enfim, eu não sei de onde diabos tem gente dizendo que não combina contigo! Cara, você sempre esteve aberta a coisas novas e surpreendentes ENTÃO COMO QUE NÃO COMBINARIA!? Sem mencionar que tranças são de tudo um pouco <3 Elas nunca saem da moda, são extremamente charmosas, servem tanto para o cotidiano como para ocasiões mais especiais! Eu volta e meia quando está muito quente faço uma trança para mudar um pouquinho as coisas e para deixar tudo mais "prático" (sem, mencionar que nas aulas de anatomia AJUDAM MUITO! Pois, evita que o cabelo acabe saindo banhado de formol). Enfim, a trança tá show de bola! Bem a sua cara essa renovação XD E também achei super a cara da sua mãe fazer o mesmo e ainda por cima pintar o cabelo! Realmente, ele tem razão na parada da "Energia do Fogo" O/

    Sobre o povo recalcado, apenas faça como esse carinha aqui (https://www.youtube.com/watch?v=2qdxwmqN6d4&nohtml5=False) E SAMBE ALTAMENTE NESSE BRILHO \O/

    Enfim, eu acredito que nem preciso filosofar sobre o povo invejo, certo!? Afinal, geral sabe que pessoas invejosas geralmente são inseguras e só conseguem se sentir "alguém" colocando os outros para baixo.

    E sobre o povo da "Florzinha delicada"............Eles tão precisando conhecer melhor os seus coleguinhas! Cara, tu sempre buscou por coisas novas, sempre está renovando e inventando mil e umas coisas mirabolantes e não tem medo de expor o que pensa sobre os mais diversos assuntos, ENTÃO DE ONDE DIABOS ACHAM QUE TU ESTÁ A SE REBELAR OU LOKEAR PELA VIDA!?

    Enfim, EU TÔ TOTALMENTE CONTIGO NA PARADA DO SER REBELDE! ANY-CHAN. TU RESUMIU TUDO, TIROU AS PALAVRAS DA MINHA BOCA! Cara, exatamente! Hoje em dia, o fora do padrão não é ser vida loka, muito pelo contrário, é ser correto! Aliás, ser vida loka, chutar o balde, fazer o que bem entende é extremamente fácil, qualquer um faz isso! O difícil mesmo é você seguir em frente, estudando, trabalhando, se esforçando para melhorar nas coisas, aprender novas coisas, aceitar o mundo a sua volta, isso que é difícil! É claro que ser "santo" e ser "correto" SÃO DUAS COISAS COMPLETAMENTE DIFERENTES! Já cansei do povo me chamar de "santa" só porque não vou em festas ou porque então eu estudo direitinho e cumpro com os meus deveres. Véi, isso é ser uma pessoa correta não santa! Cara, a várias outras milhares de maneiras da pessoa curtir a vida sem que seja com bebidas, festas, fumo, pegação e taals. Lógico, que não estão criticando quem curte festas, pelo contrário, até admiro essas pessoas que tenham tamanha paciência para tal coisa.


    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Okks, sobre o dia 13............MEU DEUS, LOGO, LOGO SERÁ TEU ANIVERSÁRIO! Gente, eu terei que pelo menos fazer uma plaquinha! Mas, sei lá, eu queria fazer algo um tantinho diferente....Veremos o que eu consigo mirabolar!

      E COMO ASSIM FAZENDO ATIVIDADES DE MATEMÁTICA ENQUANTO ESPERA O CABELEIREIRO!? Meu deus, eu tô quase surtando e agonizando com estatística e tu aí se divertindo na matemática! (sério, tu quer me ver ESTRESSADA, LOCA, COM RAIVA, QUERENDO MATAR ALGUÉM, é tu me ver tendo que ouvir alguma coisa sobre matemática!.....Só não matei ainda meu professor de estatística porque ele é muito bom e bem querido!....Mas, eu tenho certeza que ele houve eu bufar lá de trás da sala da sala e.e'''').

      Okks, indo para o livro: Gente, que bom que finalmente tu encontrou algo como tu queria! Me lembro que tu havia me explicado uns tempinhos atrás que o problema nem era o fato de não ter outras orientações sexuais nas histórias, mas sim o fato dos casais sempre terminarem em tragédia e talls. Então, fico feliz que tenha achado um livro com todos os pré-requisitos muito bem atendidos! Aliás, acho que essa é a primeira vez que ouço sobre uma história com protagonista bi!

      Sobre teus amigos................ENTÃO AQUELE TAL DE BRUNO É O BOY MAGIA DA HISTÓRIA! Quando eu vi aquele grupinho do facebook fiquei me perguntando quem era a tal da Rute e o tal do Bruno, pensei que fosse algum grupo de escola e que fossem apenas teus colegas para compartilhar sobre probas e trabalhos! Enfim, QUE BOM QUE TÁ TUDO PURPURINADÃO <3 Meu deus, é muito bom mesmo que tu e o Bruno estejam se dando tão bem! E que tu tenha encontrado pessoas para ouvirem teus surtinhos XD Sério, que bom que a tua semana e que as coisas estejam melzinho na chupeta! Espero que tudo continue assim e se possível melhore XD

      E parabéns pela plaquinha O/

      Kiss

      Eliminar
    2. Parece que foi mais de um mês, e essa mentira de primeiro de Abril ainda me deixa orgulhosa ^^ E você é sempre tão querida por me encorajar e sentir essa empatia toda com as minhas felicidades e tristezas, eu estou agora a voltar à blogosfera depois de uma ausência enooooorme e UAU, só de visitar o seu blog fiquei radiante! E obrigada por entender tão bem: "Cara, você sempre esteve aberta a coisas novas e surpreendentes ENTÃO COMO QUE NÃO COMBINARIA!?" E tal como você disse, ser "santo" e ser "correto" são coisas muitíssimo distintas e a maioria das pessoas é incapaz de as distinguir, daí as parvoeiras que oiço dizer. E essa sua frase resumiu o meu espírito: "Lógico, que não estão criticando quem curte festas, pelo contrário, até admiro essas pessoas que tenham tamanha paciência para tal coisa." >.<

      EU AINDA TENHO DE LHE AGRADECER MAIS PELO GIF MARAVILINDO DE PRESENTE DE ANIVERSÁRIO!!! E é irónico responder ao seu comentário agora, pois você comentou a minha loucura por estudar matemática no cabeleireiro, mas quem é que arrasou com as notas de estatística, hã? ;)

      Um dia destes vou falar mais de nightrunner e de outros livros com boa representatividade, e agora VOU CORRER A CONTAR AO BRUNO QUE VOCÊ LHE CHAMOU BOY MAGIA >/////////<

      Enfim, como passou tanto tempo e eu tenho muito a fazer, decidi que era mais sábio economizar energias e dar uma resposta breve, mas quando voltar a postar, aí sim responderei aos comentários normalmente. Oh, e antes que me esqueça: tenho lido os seus posts (claro!) e vi que torceu por Portugal no campeonato - acredita que ninguém aqui julgava que nós teríamos chances? Foi um festejo enorme!!! Então, obrigada por torcer por nós <3

      Eliminar
  4. Oi Any :3
    Tô ausente dos blogs alheios, e acho bem válida essa pausa que você está pensando porque a vida fica corrida e o hobbies nunca devem ser obrigação, não é mesmo? Descanse, menine! Eu mesma deixei o Hishoku de molho aí, por uns dias, hahaha! Mas fazer o quê, é a vida.
    Fiquei surpresa com seu cabelo, e acho que você passa uma imagem de seriedade (pelo modo como leva seu blog e narra sua rotina, imagino que leve sua vida com igual seriedade, digamos assim), e o novo corte quebra um pouco essa ideia. Por outro lado, não sei se achei assim tãããão revolucionário não. Acho que sua mãe me chocaria mais, hahaha! Primeiro pela ousadia de cores, e segundo pela quebra do paradigma mesmo (mãe ousada no corte e nas cores? Onde já se viu? HAHAHAHAHA!). Mas olha, importar-se com a aparência é, em parte, importar-se consigo mesma, então não acho isso ruim ou algo que te atrapalharia, de maneira nenhuma - é mais um cuidar de si mesma, coisa que eu considero importante.

    Sobre animes e livros eu me abstenho de comentar porque olha, não to dando conta não, HAHAHAHA! Mas to na última temporada de uma série e comecei a ler um mangá hoje porque achei a temática curiosa, então é. É bom mudar os ares das coisas às vezes :3

    Sobre seu amigo, eu tenho retomado contato com um Brunno também! Será um sinal do cosmos? HAHAHAHAHA! Eu entendo totalmente esse lance de como é estranho continuar amiga de um ex, ou crush, porque as fronteiras ficam meio confusas pra mim também (e sou uma pessoa muito ligada com essa coisa de fronteiras, limites, separações e tal). Mas que bom que retomaram o contato <3 espero que a amizade se fortaleça mais ainda, já que ele é uma pessoa querida pra você e tal \o\~

    Fico por aqui (as cores desse layout estão um amor, só comentando). Beijos Any :*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, eu deixei o FS de molho uns meses, mas pelo menos as notas compensaram :)Agora tenho de voltar ao dever e comentar nos blogs de toda a gente xd

      E sim, acertou nessa avaliação de seriedade tanrto para o blogue como ppara a minha vida, mas eu também tem um lado bem ativista-emotivo-atalhador e queria mesmo quebrar a ideia de seriedade-pacífica-acatada. Sou séria, mas não da maneira típica. Mas eu também não acho assim tão naaaaaaaaada demais, as pessoas é que reagiram como se fosse. Mas já que elas me acham rebelde por fazer isto, eu aceito o título - à minha própria maneira. E exatamente, fico contente por entender o facto de eu mudar de corte como um simples cuidar de mim mesma. Haha, uma mãe como a minha simplesmente nunca se viu em NADA ;)

      Nem diga nada, até tenho lido um pouco, mas não toco em animes há MESES!

      "Sobre seu amigo, eu tenho retomado contato com um Brunno também! Será um sinal do cosmos? " Definitivamente! Haha, o engraçado é que captou totalmente como eu me sinto: era tão rigorosa com essa coisa das fronteiras, mas agora não dá mais e é super confuso, porque ainda somos mais amigos do que dantes e sentimos imenso carinho um pelo outro >.<

      Arigatou <3

      Eliminar
  5. Oi Any! Como vai?~

    Primeiramente, peço desculpas pela minha ausência aqui e de outro lugar! Eu ando meio ocupada com coisas tipo estudos e cosplays, e não tenho visitado muito blogs, nem visto anime, nem nada. (Nem procurado emprego) mas enfim, vou procurar vir mais aqui, mesmo.

    E nossa, que incrível seu cabelo!! Eu também furei minhas orelhas há coisa de um mês, e tenho usado vários brincos. Como você está se sentindo? Eu estou super feliz! Parece uma coisa pequena, mas é tão bom poder usar os brincos bonitos que eu via nas outras pessoas, sabe? E nossa, sua mãe parece incrível, Any!! É tão difícil ver uma mãe que se arrisca a fazer coisas assim no cabelo por aqui, hahah. A mãe de uma amiga minha tem o cabelo vermelho fogo, e as pessoas já acham super diferente. Deve ter ficado muito legal!!

    Quanto às críticas, acho que você tem total razão na sua análise dos motivos de as pessoas não terem aprovado. :) Faz muito tempo que eu não faço nada muito diferente no meu cabelo, mas quando eu tinha uns 12 anos, comecei a fazer mechas azuis e roxas. Eu sempre fui tímida e estudiosa, então todo mundo me tinha como uma garota muito séria e delicada, e achavam que aquilo era rebeldia. Na realidade eu só achava bonito, e acho que estava disposta a remar contra a corrente mesmo, e talvez tudo só tivesse se juntado bem. Você é rebelde, e do melhor jeito possível. :)

    E nossa, só agora eu vi que você linkou minhas reviews de Rakugo Shinjuu! Muito muito obrigada!! ;; E não é que você me convenceu a dar uma chance para Nightrunner quando puder? Eu não sou de livros, infelizmente, mas se um dia tiver alguma adaptação eu com certeza vou prestar atenção.

    E no mais, desculpa por estar SUPER ATRASADA, mas feliz aniversário!! ♡♡♡ Eu sou horrível com datas de um jeito geral, então eu nunca lembro essas coisas espontaneamente, desculpa pra todo mundo que eu esqueço. OTL Infelizmente eu não sei fazer muitas coisas para te dar de presente, mas vou te dar um "vale" fanfic ou desenho, e você pode pedir o que quiser, quando quiser!

    Enfim, até mais, Any! E mais uma vez, mil desculpas pela ausência!!

    - Chell

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui, não peça, eu não posso propriamente ser considerada o exemplo ideal TM. É bom saber que não sou a única sem orelhas furadas, e fico feliz por ter gostado do meu cabelo ^^ E sim, sei bem como é a sensação. Oh, e está certa, a minha mãe é bastante diferente do usual padrão de mães - o que também tem os seus contras, mas de maneira geral me deixa com um grande orgulhinho :3

      Quanto a esse seu episódio de 12 anos, UAU, a situação foi mesmo parecida! As pessoas acham-se génios a avaliar os outros e sempre que alguém não se comporta como elas esperariam, parece que tomam isso como uma ofensa pessoal, deve ferir o ego constatar que os julgamentos que fazem não alcançam metade da identidade de uma pessoa.

      Oh, é claro que linkei! As suas reviews são tão precisas e inteligentes, eu adoro ler todos os seus posts pelo detalhe que contém. Quanto a nightrunner, duvido que vá ter alguma adaptação, mas quem sabe um dia...

      Awnn, obrigada pelos parabéns, eu sou horrível com datas também <3 Não vou pedir nada porque lhe estou a dizer ilustrações para um layout ;) Na verdade, estava a pensar numa coisinha, mas é melhor terminar as ilustras primeiro.

      Eliminar
  6. Aaaaaany! <3
    Ah, sei que não faz o menor sentido, mas estava com tanta tanta taaaaanta saudade de você! E sei que quem está em falta por respostas sou eu, mas ah a vida tá tão esquisita ultimamente que não consegui forças pra te responder. Te considero demais pra dar repostas levianas e que não demonstrem o que sinto do fundo do coração, você sabe.

    Enfim enfim, cá estou e vamos nos inteirar sobre todos os assuntos pendentes haha :3.

    (Dessa vez vou tentar escrever o comentário ao longo da leitura do post, porque sempre que leio tudo fico perdida sobre por onde começar a falar contigo sobre o assunto haha. Quer ver se dessa forma "pausada" funciona melhor.)

    Ok, primeiro: MEU DEUS, você ficou 17 anos sem nunca ter ido num cabeleiriro U-A-U. Isso é muito muito muito diferente de tudo que já vivi na minha vida hahah. Que legal que você foi e mudou radicalmente sua aparência.
    Eu, particularmente, achei super você ter passado tanto tempo livre e mantendo seu cabelo sem nenhuma "interferência", mas também é uma mudança enorme justamente por esses anos todos você resolver cortar e ainda fazer um sidecut!
    Sou apaixonada por sidecuts e estou quase a ponto de fazer algo semelhante, só que na cabeça toda haha. Ando deslumbrada com cortes como o da Halsey (não sei se conhece ela, mas imagine um cabelo bem beeeem curtinho).
    Cortar o cabelo é algo que diz muito sobre nós e principalmente sobre o modo como nos apresentamos ao mundo. Quando eu era menor tinha o cabelo alisado e compridão, até que cheguei num estágio da minha vida que resolvi cortar e foi um baque enorme para as pessoas que conviviam comigo. Depois disso foram mais e mais mudanças e, sei exatamente como se sente quando fala dessa energia que te toma depois de uma coisa dessas. É um pequeno gesto de colocar um pouco da nossa alma a vista, bem pouquinho, mas já é uma grande coisa ainda assim!

    Waaaa, não posso deixar de comentar como seu cabelo é lindo! Esse tom de castanho e o caimento dele, nha muito muito bonito (sem falar que você mesmo com blur é uma garota linda também) c: .

    Estou meio triste por saber só agora que seu aniversário já passou. Vou pensar em como te dar os parabéns de uma forma camilística haha. Mas desde já, saiba que fico imensamente feliz por ter se passado mais um ano em que o mundo conta com uma pessoa maravilhosa em sua população <3.

    Ah, me dá um quentinho no peito vendo você se posicionar de maneira tão parecida com minhas próprias convicções acerca de rebeldia e o modo como as pessoas agem atualmente. Sim sim e sim, é exatamente isso, Any!
    Somos rebeldes quando fazemos o correto, pois num mundo em que o comum é transgredir e se aproveitar dos demais, buscar a verdade é um dos atos mais corajosos e rebeldes que há. Não vou me prolongar aqui porque você já disse tudo e o máximo que consigo pensar ao ler suas palavras é "nhoooo, dá vontade de abraçar alguém que transparece e redige tudo que penso de maneira tão forte" <3.

    Ok, segunda parte do post ~

    VOCÊ ACHOU MAIS SÉRIES DE LIVRO COM PERSONAGENS BI, OBRIGADAAAA!
    Ah, Any não tem ideia de como procuro arduamente por isso. Inclusive, no meu comentário (ainda inexistente, mas espero não por muito tempo) ao seu post sobre LGBTQIA eu ia indicar a trilogia pela qual venho me apaixonando atualmente: Half Bad. A escrita é super original e os personagens são maravilhosamente reais e aaaah, é muito muito bom *-*. Se puder, coloque na sua lista de livros, vale a pena e o personagem principal é bissexual e, muito mais do que isso ele tem uma personalidade tão complexa e bem feita que é impossível não amar.
    As descrições nesse livro são um pouco fortes, mas é importante também para que o leitor se conecte de forma profunda ao protagonista, então é suportável e compreensível a escolha da autora em colocar tantos detalhes sofridos no enredo.

    Já baixei Nightrunner e assim que terminar os livros que comprei na páscoa vou ler!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Terceira parte ~~

      Nhô, que bom que está feliz e animada!
      É sempre reconfortante e motivador encontrar pessoas com quem possamos falar livre e abertamente sobre o que gostamos. Torço pra que Rute se mantenha como uma ótima amiga e que vocês fortaleçam os vínculos e continuem alegres e a morrer de rir uma com a outra.

      Aaah! Nossa, retomar amizade com ex-namorados é uma coisa muito boa!! Justamente por eles terem em algum momento sido nossos companheiros românticos, acabaram por consequência se tornando um de nossos melhores amigos então retomar relações com gente assim é sempre positivo. Hahaha ainda mais quando se pode fazer recomendações literárias como as tuas c: .
      Mais uma vez (e acho que sempre) estou feliz que tenha retomado uma amizade e mais do que isso, que essa retomada esteja te fazendo tão bem.

      Parabéns pelo prêmio do Winter Awards ~ (sou bem perdida nessas coisas de concursos entre blogs e tal ^^")

      Um grande beijo, Any!

      Eliminar
    2. Acredite, sei como é demorar a ter forças para responder. Escrever às vezes dá uma preguiça... Então, penso que com a minha ausência estamos mais que quites. E OBRIGADA mesmo por estas palavras tão belas: "Te considero demais pra dar repostas levianas e que não demonstrem o que sinto do fundo do coração, você sabe."

      Haha, sobre o seu método de responder aos comentários, aqui uma sugestão: abra uma página no word ou mesmo no blog [rascunho], e à medida que vai lendo o post, escreva o que está a pensar nessa outra aba. Como bónus, se o pc for abaixo ainda há chances de tudo estar salvo automaticamente ^^ Oks, vou agora responder a sério, como já vai muito tempo desde que você comentou tentarei ser breve.

      Eu gostei da ideia do sidecut ainda mais por ter sido algo repentino, exatamente >.< E eu sei quem é a Halsey sim, milagrosamente, é uma cantora certo? Até gosto de várias músicas dela :) E concordo totalmente com isto: "É um pequeno gesto de colocar um pouco da nossa alma a vista, bem pouquinho, mas já é uma grande coisa ainda assim!" Acho que foi a expressão mais bonita que já vi e que capta perfeitamente a sensação de cortar o cabelo.

      E a sua maneira de dar os parabéns <3 foi <3 tão <3 querida <3 A sério, essa frase final <3 <3 <3 Eu poderia dizer o mesmo. Saber que há gente como você neste planeta já me dá mais esperança, de verdade. Alguém que consegue ser fangirl e preocupar-se com representatividade ao mesmo tempo, e tem tanto em comum comigo, então, é algo que eu amo de coração e a melhor coisa que fiz este ano foi comentar no seu blog quando retornou do hiatus. Aliás, eu é que geralmente tenho vontade de abraçar você quando vejo que concordamos em tanta coisa, awnn :3

      Oh, e já ouvi falar de Half Bad! É só pena que [spoiler!!!!!] cai na trope Bury your Gays [fim do spoiler], li algures essa nota, mas mesmo assim há de compensar. Eu mesma farei uma lista de livros em breve, verá, tenho muitas recomendações para si.

      E agradeço por ficar feliz por mim, exatamente, a sensação de voltar a falar com ele é essa. Eu sempre achei estranho que se reatasse amizade com ex-namorados, mas agora estou a adorar. Ele é tão especial para mim :)

      Tal como você é. Se reparar, teve direito à maior resposta de todos os comentários aqui ;)

      Eliminar

♡ Saiba mais sobre o mim ou sobre o blog através do menu

♡ Quanto a comentários:
» Os pedidos são aceites nos comentários ou na ask (vejam o menu)
» Críticas construtivas são bem vindas. Barracos, não.
» “Seguindo, segue de volta?”, só serão aceites em blogs principiantes – e eu irei confirmar ao blog. Caso contrário será ignorado.
» Deixe o link do seu blog no fim do comentário e eu faço questão de pelo menos visitar e comentar.
» Pode usar estas carinhas:
=((•̪●))= ๑(•ิ.•ั)๑ ٩(●̮̮̃•̃)۶ ε(●̮̮̃•̃)з ٩(×̯×)۶̿ ┌∩┐(◣_◢)┌∩┐ ⊙▂⊙ ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙▽⊙ ⊙﹏⊙ ⊙△⊙ ◑▽◐ ◑ω◐ ◑﹏◐ ●︿● ●ω● ●﹏● ≧▂≦ ≧︿≦ ≧ω≦ ≧﹏≦ ≧▽≦ >︿< >ω< >﹏< >▽< ≡(▔﹏▔)≡ (¯▽¯;) <(“”"O”"”)> (-__-)b (;°○° ) \( ̄︶ ̄)> <( ̄︶ ̄)/ (/≧▽≦/) \(≧3≦)/ \(≧ω≦)/ o(≧ω≦)o o(≧o≦)o ㄟ(≧◇≦)ㄏ ╮(╯▽╰)╭ ╮( ̄▽ ̄)╭ (~o ̄▽ ̄)~o ~ 。。。(~ ̄▽ ̄)~[] (╯-╰)/ (*^3^) 'U_U ♪ ♥ ஐ ▲☼゚ ♣ (๏̯͡๏) †