fevereiro 01, 2015

Dicas para fazer apresentações


E... cá estou eu de novo.

Após ter passado ontem 8 horas seguidas a estudar (sem pausas), e me surpreender por nem ter ficado assim tão cansada, sinto-me ainda mais revoltada pois sei que o que melhor determinará a minha nota nos testes é a atenção com que estarei neles - e que, geralmente, escapa do meu controlo. A única coisa que me ocorreu para postar hoje também se relaciona com a escola. Quem me dera que fossemos avaliados apenas pelas apresentações que fazemos - normalmente as minhas são bem feitas, e sei perfeitamente como prepará-las, daí ter decidido partilhar algumas dicas. {tagarelo mais no final da postagem}


Já agora, talvez não gostem, mas aqui estão algumas soundtracks (a maioria delas é melancólica) que podem ouvir enquanto lêem o post. Como são apenas soundtracks, a maioria não tem letra, e acaba por ser algo repetitiva:

A ideia para este post veio da minha professora de filosofia. Bem, claro que não foi ela que sugeriu (provavelmente nem sabe que eu tenho um blog), mas como temos passado todas as aulas até agora a apresentar trabalhos, notei que ela ia repetindo diversos comentários sobre coisas a evitar. E vou começar com aquilo que ela mais pareceu desaprovar:
  • » Não usar em excesso a palavra "basicamente"
Quando queremos resumir alguma ideia chave do trabalho feito, é mais adequado dizer "em resumo", ou "ou seja", do que "basicamente". Essa palavra está a retirar importância ao que nós dissemos antes, como se fosse só palha, e reduz o conceito a algo mais superficial.

  • » Não ficar preso ao papel
Mais vale a pena dizer alguns disparates a lermos tudo o que queremos dizer. A ideia das apresentações é transmitir aquilo que sabemos - logo, se formos a ler, estamos a demonstrar que não sabemos nada. Isso, desconfiança, e uma postura errada.

  • » Saber bem o que dizer
Não necessariamente decorando o texto todo - até se pode ler algumas partes - mas sabendo explicar. O tema, todos as ideias chave, relações e as suas nuances têm de estar na ponta da língua.

  • » Falar decentemente
Com isto refiro-me a falar de forma a que todo o "auditório" entenda e não fique com dúvidas. Nada de atropelar a gramática, e convém empregar uma pronuncia clara e uma voz audível. Para quem não sabe como projetar a voz... bem, é preciso treinar.

  • » Apresentação organizada
Contendo uma capa, uma introdução, um índice, uma conclusão e uma webgrafia. E, claro, slides com o assunto a trabalhar (isto no caso de ser em Power point). A apresentação deve estar organizada de forma a que a ordem com que os assuntos aparecem faça sentido, sem incongruências e com os títulos sempre à vista.

  • » Saber todos os significados
É um problema quando alguém pergunta o quê que significa um certo conceito e não sabemos explicar, não é? É importantíssimo saber explicar todas as palavras mais complicadas e mesmo termos técnicos (que muitas vezes correspondem a ideias chave), e também é útil ter sinónimos na ponta da língua.

  • » Não exagerar no texto
Dá até dores de cabeça olhar para um slide e ver um amontoado de letras à frente. Em vez de um texto que contém tudo o que se deve dizer, pode-se usar citações para explorar, tabelas, gráficos e imagens significativas. O que eu costumo fazer é preparar sempre dois PP: um com o texto todo que vou dizer, e outro para apresentar, em que substituo o texto por algumas frases relevantes e pelo que disse acima.

  • » Explorar as imagens, comentar citações
Em sequência do que acabei de dizer, as tabelas, citações e imagens não devem servir apenas de "decoração". É importante que comentem tudo isso, dizendo o quê que cada coisa significa ou de que modo se relaciona com o assunto em causa. Está de acordo ou contra? A mensagem é perceptível ou está oculta? 


E agora sim, vamos às novidades ^^ Bem, nada de especial, é só para não deixar esta postagem demasiado formal e impessoal. Então... Vou participar num concurso de escrita e ilustração com uma amiga, a Joana (eu dou-me muito bem com ela, e acredito que até temos chances), em que o prémio seria ter o conto publicado e ainda uma viajem a londres; Ofereci-me para passar "um dia com Snow", ou seja, para participar numa oneshot dele (vejam mais no seu blog); Em educação física, estamos a dar dança e eu estou a gostar imenso do resultado do meu grupo; E ando a ler imensa coisa em inglês - mangás, já leio sempre em inglês há mais de um ano, mas agora leio também as fics e quero começar a ler livros inteiros, e dos grandes, em inglês. Só tem vantagens: aprendo melhor a língua e já não tenho de esperar que portugal traduza os livros ;)

Pequenas coisas, mas espero que tenham gostado. Ah, já consegui responder a todos os comentários do blog, podem ir ler as respostas!

20 comentários:

  1. ò_ó SInceramente eu estava precisando dessas dicas, li tudinho e vou deixar salvo (caso precise -q)

    [Naka Pyon!] - Visite!

    ResponderEliminar
  2. Heey!
    A primeira dica não deve se aplicar a mim, porque eu nunca falei "basicamente" em uma apresentação shauhsa' Sério, não me lembro de ter falado isso. Eu digo: Em resumo, ou seja, portanto, essas coisas. A minha professora também sempre diz para não ficarmos presos ao papel, que devemos aprender sobre o assunto e passar para os outros aquilo que entendemos, tentando explicar da melhor maneira possível. E sempre organizar os slides em tópicos - para lembrarmos dos pontos mais importantes - e colocar imagens que também irão ajudar a lembrar sobre o que devemos dizer e tals. Nada de slides cheios de textos u.u
    Enfim, ótimos dicas! Eu acho que só preciso melhorar na questão da intonação da voz, porque eu falo baixo ;-;
    Adorei o post, é muito útil. Até mais!
    Zona Neutra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já falei basicamente, mas apenas porque já tinha usado "em resumo", "portanto" e outras palavras do mesmo género e não me queria repetir. Mas pelo menos vou variando. E eu detesto apresentações em que as pessoas se limitam a ler textos densos e de forma monótona, dá vontade de dormir. Ainda bem que gostou :)

      Eliminar
  3. Hello >3<
    8 horas seguidas ??? Eu não consigo nem ficar 2 horas direto, imagina 8 !!! Oh my god, depois desse esforço, espero que consiga ir bem nos testes ! Boa sorte !!

    " Basicamente " é uma palavra que eu nunca uso, nem por causa disso aí, mas sim porque eu prefiro utilizar " ou seja " para deixar a minha ideia mais clara ao público.
    KKKK sobre o papel, eu antigamente eu só ia cartaz ou slides, mas agora eu procuro fazer um mini " treino " antes de me apresentar USHSUHS só que as vezes por eu ficar com vergonha eu acabo lendo mesmo para a apresentação acabar mais cedo ;-;

    Cara, o melhor trabalho que eu já fiz, foi um sobre o Japão, que era pra fazer um roteiro de viajem, tipo quanto que tu ia gastar pra hotel, comida, e falar sobre as cidades também, nossa, esse foi o melhor ! Eu sabia explicar tudinho e ainda por cima, eu queria, tinha muita vontade de apresentá-lo e ainda mais de fazê-lo. Eu to com vontade de fazer ele de novo só por fazer mesmo, *^^* era tão legal !

    " Saber os significados " KKKKK aqui no Brasil os colegas de turma são tudo sacana e começam a perguntar várias coisas só pra zoar e pra ver se a pessoa sabe SUHSUH -pura sacanagem u3u-

    NOOOOSSSA, me dá um treco quando eu vejo slides com textõeeeeeeees enormes, porque daí eu vejo que a apresentação vai ser longa e só leitura ;-;, gosto quando tem entusiasmo.

    Enfim, hein !? Se vocês ganharem esse concurso será publicado ??? Boa sorte á vocês ! E epa, viajem pra Londres ???? Espero que consigam criar uma história cativantes >3<, e que possam ganhar o concurso ! Pra quem deseja seguir uma carreira relacionada á escrita, isso aí seria bom para expandir um pouco seu conhecimento pela área *0*

    Ah e como eu queria saber inglês, mas eu realmente não me dou bem nessa língua, escrever e ler tudo bem, mas para pronunciar palavras, vish ! Sou uma negação ! SUHSUHSUHS ;-; Me dou melhor com o meu japonês aqui KKKk, mas meus pais querem que eu aprenda inglês y-y e eu até entendo, porque é uma língua universal e tals né...

    >3< Gostei da postagem e ainda mais, adorei essas soundtracks aí ! Eu amei a do Naruto, eu gosto das trilhas sonoras do anime, não em relação apenas á opening's e eding's, mas sim músicas de fundo, elas são emocionantes *-*, passam um sentimento que eu não sei explicar não hein KKKKK

    Bye bye ! Boa sorte nos estudos e no concurso ! >3<
    -talvez eu dê uma leve sumidinha porque estou numa outra cidade, onde a internet não é lá uma das melhores ;-;-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu deus, que comentário enorme, desta vez você esmerou-se a comentar! Foi complicado estudar tanto, mas consegui >.<

      Eu já usei basicamente, mas apenas para não repetir palavras como "em resumo", "conluindo", "portanto" e outras do género. Eu nunca leio a minha apresentação, nunca. Da primeira vez que apresentei um trabalho, eu não sabia que não se devia fazer isso, então li-o todo e tive uma nota baixa por causa disso. Fiquei com tanta raiva e vergonha de ninguém me ter explicado como devia apresentar antes, que nunca mais voltei a ler nada, nem sequer títulos! >.< Quem me dera que me pedissem para fazer um trabalho assim. Sobre o japão ou outros países, fosse como guia turístico ou como forma de dar a conhecer melhor a cultura do país. Colegas de turma que fazem perguntas difíceis é muito irritante, mas se uma pessoas estiver bem preparada, acho que nem isso atrapalha, pois seja qual for a pergunta feita, deverá haver alguma resposta plausível.

      Espero bem conseguir ganhar o concurso >.< Acho que será publicado, sim :)

      Quanto a inglês, eu não sou a melhor entre a minha turma, e antigamente era ainda pior, mas sabe o quê que me fez passar a gostar mais dela e começar a querer aprender? Ler mangás em inglês, que não havia em português. A minha pronúncia é horrorosa, mas a escrever até me vou safando. Experimente ler mangás, a sério, ajuda imenso e como têm imagens, fica mais fácil. Quem sabe um dia se arrisque aos livros, como eu :) Mas eu também queria imenso aprender japonês. Já tentei, e estava a conseguir, mas parei por falta de tempo e agora só sei mesmo o básico dos básicos.

      Ainda bem que gostou das soundtracks, e do post ^^

      Eliminar
  4. Olá!
    Gente.... Apresentações............. Estou há anos fazendo apresentações e quase sempre fico nervosa falando. A pior coisa é que sei de todas as dicas, domino o assunto e tudo, mas eu realmente tenho um princípio de pânico de palco... :c
    Você falou de "basicamente" e eu lembrei de uma mania que o povo daqui tem de explicar e terminar com "e foi isso que eu entendi" kkkkkkkkk Acho super engraçado já os profs dizem que não é pra falar isso, porque parece que o aluno domina apenas uma pequena parcela do assunto! Mas sempre tem um filho de anta pra falar '-' pelo amor do amor.
    Meus slides são sempre bons, não uso gírias, etc., mas minha voz treme às vezes... Já melhorei bastante ao longo dos últimos anos, mas ainda não esbanjo confiança. :CCCC Um dia eu chego lá ;---;
    Ah, inglês... Tem muita gente que odeia o idioma e o único motivo que consigo pensar é que não conseguem entender. (In)felizmente, essa língua é tão utilizada que, hoje em dia, uma pessoa que não entende inglês está bem limitada.
    Como os brasileiros parecem ter preguiça de traduzir direto do japonês e fazem traduções mixurucas do inglês, prefiro ler, mangás em inglês mesmo... Fics em inglês eu leio há uns 6 anos e também tenho livros, mas não tão grandes, haha. Só alguns da coleção Percy Jackson e Almond Tree mesmo... E é engraçado como a gente sempre acha que sabe falar, mas de repente aparece algum termo que é incompreensível para nós, hahaha.
    Enfim, espero que consiga aprender ainda mais com essa nova experiência!
    Abraços~

    ~ Nankin Dust

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu, por outro lado, acho que não faço apresentações há tantos anos assim e não tenho nervos nenhuns. Aqui em portugal as pessoas não têm a mania de dizer isso, "e foi isso que eu entendi", acho que se toda a gente o fizesse seria muito cómico.

      Quanto ao inglês, eu também não entendo como é possível alguém odiar uma língua. Não gostar do sotaque? Não entender? Tudo bem, mas odiar é algo completamente diferente e injustificável. Aliás, a minha pronúncia a inglês é horrível e ainda tenho muiiiiiiiiiiito por aprender, mas desde que eu comecei a ler TODOS os mangás em inglês e que comecei a ler fics nessa língua, sinto que melhorei imenso. E realmente, uma pessoa que não entenda inglês está bem limitada. Ou seja, ainda bem que já entendo >.< Eu acho que vou começar com livros pequenos, e quando me sentir confiante o suficiente, vou pedir ao meu pai para me comprar apenas livros em inglês, acho que vou conseguir. Arigatou :)

      Eliminar
  5. Any-chwan, tento muito deixar de ser leitora fantasma por aqui, mas não tô conseguindo. Desculpa mesmo ;w;

    Eu não consigo ficar 8 horas direto estudando~ Antes eu conseguia, mas estou me sentindo muito desgastada e distraída ultimamente (isso com 14 anos de idade, socorro). Mas sou esforçadíssima na escola, especialmente nesse apresentações e seminários, já que elas normalmente são ponto extra no meu colégio e ajudam bastante na nota.

    Adorei as dicas, vou até mandar esse post pros meus amigos lerem~ Eles precisam x.x Gosto dos meus slides bem organizados e legíveis - às vezes coloco as letras até grandes demais -q - e uma das coisas que mais me dá agonia nesse mundo são slides desorganizados, aqueles com texto demais, fonte pequena e texto não-justificado. Agora, algo que eu devia mudar talvez seja o excesso de "basicamente" O.O Eu nem percebo, mas falo bastante isso em apresentações. ~Em resumo~, amei a postagem ♥

    Vou participar de um concurso valendo uma viagem para Londres também =w= É da Kipling (a marca de mochilas lindas) e eu tenho que desenhar uma "mochila dos sonhos". Sorte pra nós duas \o/ Eu lembro que comecei a ler com 11, 12 anos, mas só li um ou dois livros - a biblioteca só tinha esses x.x Hoje em dia leio fanfics e alguns mangás - só se a tradução em português estiver demorando muito; Me sinto muito mais confortável lendo em português, mas amo ler em inglês também~ E me ajudou muito a melhorar meu inglês, além de me fazer me interessar por outras línguas, já que eu me senti super realizada quando aprendi inglês keke'

    Acho que é só isso, Any-chwan ♥ Kissu =3=
    Hannah Mila do Meu Mundo *caso você não lembre quem eu sou x.x*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se preocupe, eu também não tenho conseguido comentar nada no seu blog, gómen! Ah, mas os layouts são perfeitos como sempre :3

      Comigo tem sido ao contrário. Antigamente, eu nunca conseguiria tanto, mas agora, embora eu me sinta muito mais cansada, estou a conseguir. Ainda bem que você se esforça tanto, eu compreendo que muita gente tenha outras atividades que adora (eu própria tenho), mas considero covardia colocar a escola de parte apenas porque não têm motivação.

      Espero que o post seja útil aos seus amigos, então ;) Texto não justificado e em excesso dá-me realmente agonia. E só soube do problema do basicamente há poucas semanas >.<

      Oh, quem me dera que fosse esse o meu concurso! Eu adoraria desenhar. Seja como for, você é tão talentosa no desenho que tenho a certeza de que vai conseguir pelo menos impressionar os júris ^^ Boa sorte. Era ótimo se conseguíssemos ambas.

      Eu também me sinto mais confortável a ler em português, mas é precisamente por isso que quero tanto começar a ler tudinho em inglês. Com mangás já me sinto totalmente à vontade, embora muitas vezes ainda surjam palavras cujo significado desconheço :)

      Jaa! E CLARO que eu sei quem você é!

      Eliminar
  6. Ah, bom, suas dicas são ótimas. Eu estudo em um colégio onde é metodologia de ensino baseia-se em apresentações e pesquisas. Então tenho apresentação praticamente toda semana e em todas as matérias. As vezes fica um pouco complicado, mas tem que se acostumar.
    Tem um tag pra você lá no blog! Dá uma olhadinha!
    http://c-huvasdenovembro.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E provas, você costuma fazer? Pergunto isto porque, pessoalmente, eu adoraria trocar todos os testes por apresentações de trabalhos, que me correm muito melhor. Eu faço bastantes também, quase todas as semanas, embora não faça a todas as disciplinas. Uma coisa é certa, você deve estar bem preparada para apresentar trabalhos >.<

      Agradeço a tag, vou responder o mais depressa possível!

      Eliminar
  7. Yooooo belezura!? \o/
    Queria ter vindo antes, mas estava meio ocupada tostando o meu corpinho no sol e para ajudar anteontem deu uns bug aqui na internet Ç.Ç, mas tá tudo resolvido \o/
    Bem, modéstia parte sempre me saí muito bem em apresentações u.u, todos os meus professores sempre elogiaram como eu apresentava e como eu falava claramente ^^. Porém, isso é algo raro aqui no Brasil (que novidade ¬¬'''), geralmente o povo ou fala tudo baixinho enrolado (porque num sabe mesmo conteúdo, não é por causa de timidez....Tá okss vamos colocar uns 2% por causa da timidez para não ficar "todo mundo") ou então acabam lendo aquela penca de folhas com textos tudo copiados da Wikipédia ¬¬''
    NEM ME FALE DESSES SLIDES MONSTRUOSOS COM TEXTOS QUE NEM O PRÓPRIO CAPIROTO AGUENTA! Já perdi a conta de quantos trabalhos assim eu já vi e o pior de tudo: O POVO LIA PALAVRA POR PALAVRA DOS SLIDE! Mas o pior nem é isso, o pior é ver o professor dar nota para uma apresentação dessas! (eu mandaria refazer tudo!).
    Como a Nanda-chan disse, tem gente que só pergunta para zuar mesmo, aliás, tem vezes que as perguntas são bem toscas mesmo! Sem mencionar que algumas vezes enchem de perguntas só para matar o tempo e o próximo grupo deixar de apresentar -_-'''''
    OMG UMA VIAGEM PARA LONDRESSSSSS *OOOOOOO*, aliás, quantas horas são de Portugal para Londres!? (será que é tão longe assim!?).
    Espero que vença o concurso!
    Vou dar uma passadinha no blog da Snow para ver esses paranauês da fic (fiquei curiosa *u*).
    Nossa! Faz tannntoooo tempo que não faço alguma apresentação de colégio! A minha última foi na quinte série, pois a partir daí as séries não faziam mais essas danças e talls, só as turmas de séries menores. (nunca entendi o porque disso '-'). Ah! Falando em apresentações, quando eu ainda estudava na minha escola show da minha cidade natal eu tinha um professor de Ed, Física que no final de ano fez umas apresentações muito loucas com um bastão e fofo! Foi muito shooowww XD (bem...Ele botou fogo na camisa dele, mas conseguiu apagar e não se queimou).
    Esse ano pretendo fazer um cursinho de inglês. Para estudos sou uma pessoinha muito metódica, do tipo que só aprende pegando em livros e fazendo atividades.
    Kisss

    OBS: num consegui ouvir as músicas porque essa net não tá ajudando em nada Ç.Ç

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, eu não gosto muito de apanhar sol, dou-me muito melhor com o frio >.< Mas dizer que está ocupada com isso foi só para me meter ciúmes, não? EU ESTOU AQUI A MATAR-ME A ESTUDAR E VOCÊ AINDA DIZ QUE ESTÁ OCUPADA A APANHAR SOL?! *inveja* Ah, mas não estou ofendida, não se preocupe, só acho esta vida muito injusta ;)

      Eu pessoalmente também costumo fazer ótimas apresentações. Eu já estive em turmas que faziam exatamente o que você descreveu - timidez, ler inteiramente o trabalho, todas essas coisas opostas às dicas que eu dei. Mas a minha turma atual é até bastante boa - e como a minha escola tem do bom e do melhor, os professores ainda arranjam defeitos. Há pessoas que fazem perguntas para adiar a sua própria apresentação, mas aqui há alguns professores que obrigam as dúvidas a serem colocadas apenas no fim. Assim já não dá para interromper os colegas. Mas eu adoro quando é feita uma pergunta complicada ou idiota e mesmo assim tenho uma resposta decente preparada, sinto-me vitoriosa >.<

      Não diria que é assim tãaaaaao longe, mas ainda deve demorar um bocado. O número de horas depende do transporte, suponho ;) Eu também adoraria vencer, demo, não sei se vou conseguir, principalmente devido ao prazo. Estive ocupada com coisas da escola até agora e vou continuar, e o mesmo para a minha amiga que vai participar comigo.

      Comigo foi o contrário, apresentar danças é uma experiência completamente recente para mim em educação física. E só você mesmo para ter um episódio desses para contar - pegar fogo à própria camisa?! Ainda bem que não se queimou, assim posso rir-me à vontade xDDDDD

      Que pena que não conseguiu ouvi-las, oiça assim que conseguir :)

      Eliminar
  8. Ah, que sortuda ! Eu morro de vergonha de apresentar trabalhos, o último que lembro de ter apresentado, eu gravei um texto inteirinho e falei igual um gravador la na frente kk, depois o professor me disse que eu tenho memória de elefante que eu gravei tudo HAUHSU e também, que eu poderia tentar entender pra explicar com as minhas palavras, mais isso nunca da certo, paro naquele " aí aí " e entalo, esse ano todos os professores já falaram que vai ter muitos trabalhos pra apresentar, to até vendo o vexame, kk, adorei as suas dicas, realmente falar " basicamente " é como falar uma história e terminar com " basicamente foi tal que aconteceu ", é como se jogasse fora suas palavras SHAUHSUA, adorei a postagem, beijãao ! ♥

    i-n-the-clouds.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haha, não vale a pena ter vergonha >.< Quanto a memorizar o texto... a verdade é que há muita gente aqui em Portugal que faz isso para sair tudo direitinho, e sempre é uma solução para quem tem medo de bloquear, mas eu não a uso porque não vale a pena. Prefiro modelar as palavras conforme me der jeito na altura, responder a tudo o que perguntam sem ser de forma mecânica. Exato, o problema do "basicamente" é esse! Ainda bem que gostou do post :3

      Eliminar
  9. Eu me auto diagnostiquei com um principio de fobia social. Não gosto nem de levantar a mão e responder perguntas para a professora, nem quando vale ponto z.z Então apresentações são mesmo um conto de horror pra mim.
    Eu começo a me mexer e minha voz muda e vacila alguns tons... Isso quando não fico toda me tremendo e fico tendo de esconder as mãos (sério, eu sou a definição de "tremer" nesses momentos). Ai vem o branco e tal z.z E se tiver algo escrito é certeza de eu ficar lendo ou olhando mesmo que não precise ou não queira.
    Aí se não bastasse isso tudo o professor ainda inventa de ficar fazendo perguntas e autorizando os outros alunos a perguntar também. Aí começa um longo debate e eu ali em pé quase tendo um desmaio z.z
    Todo começo de ano eu decido que vou mudar mas aí na hora dá um bug sinistrão no meu cérebro ou sei lá e pronto, era uma vez uma Nayou u.u)/ palmas pra minha incapacidade.

    Nee... Ta rolando uma mega comemoração de aniversário do meu blog, com awards, sorteio e concursos e muitos prêmios! Sinta-se a vontade pra vir festejar comigo!
    kissu kissu

    My Dear...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apresentações devem realmente ser uma coisa horrível para você, mas tem a certeza de que não consegue ultrapassar isso? Não há motivo NENHUM para ter medo, vergonha ou para se sentir incerta. Ou antes, até há, precisamente se você agir assim. Mas de certeza que você se orgulharia se conseguisse. Se não tiver mesmo solução, para não ler o texto, pode tentar decorá-lo em casa, se calhar assim você entrará em modo mecânico e até se esquece parcialmente do público. Vá tentando :)

      Já soube da comemoração, acabei de comentar lá ;)

      Eliminar
  10. Concordo plenamente com as dicas! Estou no 12°. ano e logo no inicio jurei a mim mesma que ia trabalhar e estudar mais as apresentações e até agora tenho tido notas ótimas! www.50tonsderabiscos.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que concorda, e que tem notas boas :) Eu também, por isso é que me achei apta para fazer um post assim >.<

      Eliminar

♡ Saiba mais sobre o mim ou sobre o blog através do menu

♡ Quanto a comentários:
» Os pedidos são aceites nos comentários ou na ask (vejam o menu)
» Críticas construtivas são bem vindas. Barracos, não.
» “Seguindo, segue de volta?”, só serão aceites em blogs principiantes – e eu irei confirmar ao blog. Caso contrário será ignorado.
» Deixe o link do seu blog no fim do comentário e eu faço questão de pelo menos visitar e comentar.
» Pode usar estas carinhas:
=((•̪●))= ๑(•ิ.•ั)๑ ٩(●̮̮̃•̃)۶ ε(●̮̮̃•̃)з ٩(×̯×)۶̿ ┌∩┐(◣_◢)┌∩┐ ⊙▂⊙ ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙▽⊙ ⊙﹏⊙ ⊙△⊙ ◑▽◐ ◑ω◐ ◑﹏◐ ●︿● ●ω● ●﹏● ≧▂≦ ≧︿≦ ≧ω≦ ≧﹏≦ ≧▽≦ >︿< >ω< >﹏< >▽< ≡(▔﹏▔)≡ (¯▽¯;) <(“”"O”"”)> (-__-)b (;°○° ) \( ̄︶ ̄)> <( ̄︶ ̄)/ (/≧▽≦/) \(≧3≦)/ \(≧ω≦)/ o(≧ω≦)o o(≧o≦)o ㄟ(≧◇≦)ㄏ ╮(╯▽╰)╭ ╮( ̄▽ ̄)╭ (~o ̄▽ ̄)~o ~ 。。。(~ ̄▽ ̄)~[] (╯-╰)/ (*^3^) 'U_U ♪ ♥ ஐ ▲☼゚ ♣ (๏̯͡๏) †