janeiro 17, 2015

Ilustração científica


Ohayou, minna-san ^^

Tinha planeado postar algo mais reflexivo hoje - o post chamar-se-ia "Os heróis do dia-a-dia", e mais não digo, pois sairá em breve - mas acabei por ficar mais ocupada do que pretendia, e optei por postar outra coisa que não era sequer para se tornar um post. O meu professor de biologia deu-me a conhecer o conceito de ilustração científica  - já vão ver o que é - por eu estar a estudar ciências mas adorar desenhar. É algo que eu realmente adoraria fazer, mas não tem grande saída em Portugal, e portanto terei de continuar a formar-me em médica. Claro, eu já quero ser médica há muito tempo e isso não é nada mau, mas depois de saber que haveria uma opção de longe mais fácil e que conciliaria o meu gosto pelo desenho, continuar a seguir o caminho original perde parte do interesse. Enfim, o meu professor pediu-me para escrever um artigo sobre isso para o jornal da escola, e eu decidi partilhar aqui o que escrevi.



Uma imagem vale mais que mil palavras

Desbravando a área da ilustração científica e a sua evolução:


“Uma imagem vale mais que mil palavras”. Essa frase aplica-se perfeitamente ao objectivo da ilustração científica, uma área que se tem tornado cada vez mais conhecida e reúne a biologia à arte, pois sem estas ilustrações, a ciência não iria tão longe. Os ilustradores científicos são responsáveis por ilustrar seres vivos, com tanto rigor científico que muitas vezes as ilustrações são confundidas com fotografias.

Algumas ilustrações demoram mais de 200 horas a serem terminadas, sendo as primeiras 100 dedicadas a um processo de pesquisa prévia que permitirá obter um resultado sem imperfeições: acertar tonalidades, medições e a contagem das escamas de determinadas espécies são alguns exemplos do que mais dispende tempo.


Há alguns anos atrás, em Portugal, a ilustração científica era encarada como uma curiosidade na comunidade científica, e poucas pessoas sabiam do que se tratava, mas entretanto começou a ser mais divulgada. Agora há uma série de cursos, workshops e mestrados por todo o país. Tanto se formam com sucesso alunos que vieram da área da biologia como de áreas artísticas, e nenhum dos caminhos trás mais resultados que o outro, pois o que é necessário é ser-se bivalente, conseguir equilibrar ambos os ramos.

Há quem diga que em Portugal não existe mercado para os ilustradores científicos, e que é melhor tratar de internacionalizar os trabalhos feitos. Muitos trabalhos são encomendados e destinam-se a fins e públicos distintos, indo desde ilustrações para oceanários a ilustração de selos.


Alguns dos responsáveis por desenvolver a ilustração científica em Portugal foram Mafalda Paiva, Marco Correia, e Pedro Salgado.

Pedro salgado foi um dos principais impulsionadores da ilustração científica após o 25 de abril, e agora conta com mais de 20 anos de experiência de ensino. Licenciado em Biologia e mestre em Ilustração/comunicação científica, formou-se nos Estados Unidos, na Universidade da Califórnia em Santa Cruz.


Tem ilustrações premiadas internacionalmente, a sua maioria feita com aguarela, ou então grafite e tinta-da-china. Alguns dos seus trabalhos mais notórios são 40 ilustrações de peixes na Sala Azul, no Museu de História Natural e de Ciência de Lisboa, ou a ilustração de um celacanto, um fóssil-vivo que se pensava estar extinto, até ser pescado em Moçambique.

Pedro Salgado considera-se uma pessoa sortuda por ter conseguido aliar o seu gosto pela ciência ao gosto pelo desenho, e o seu maior desejo é que a ilustração científica continue a crescer. 

Fontes de pesquisa: www www www www

Está curtinho, porque não sei se no jornal da escola aceitariam um texto enorme. Mas já viram bem como são essas ilustrações PERFEITAS?! E, modéstia à parte, eu realmente acredito que conseguiria aprender a desenhar assim, e que nem levaria muito tempo a dominar a técnica e o conhecimento. Pintar a cores talvez fosse mais difícil, mas a preto e branco, nem tanto. 

Foi o que se arranjou. Já agora, decidi criar no baka list uma lista de postagens interessantes que vou encontrando por aí, por enquanto tem poucos links, e a maioria lê-se em pouco tempo, portanto no vosso lugar iria ver agora. Valem muito a pena. A lista é esta» www

Jaa!

16 comentários:

  1. Top,D+ as ilustrações.

    http://girlthingweb.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. Adorei mas eu gostaria de me afiliar :D já te adicionei na lista
    http://c-otoncandy.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpe MESMO, eu neste momento não estou a aceitar afiliação, é que já pedi a alguns blogs e depois ficarei sem vagas suficientes na side, mas talvez no próximo menu o gadget suporte mais afiliados. Volte, mesmo assim :)

      Eliminar
  3. Que massa, aqui em casa eu tenho vários desenhos assim imprimidos, ganhei uma vez, guardo todos, são muito interessantes. Queria saber se gostaria de se afiliar ao meu blog >3<

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não imprimo, mas tenho uma pasta com imensas imagens no computador, assim e em outros estilos. Desculpe, estou à espera que alguns blogs aceitem as vagas que restam, mas talvez com o próximo layout eu coloque mais vagas e possa aceitar :)

      Eliminar
  4. Então quer dizer que você é uma das alunas que colaboram para o jornal da escola, hum... Legal *o*
    Aqui no Brasil esse negócio de jornal escolar praticamente não existe kkk, o que é uma pena porque seria até bem legal.
    Gostei da matéria, eu nunca tinha parado para prestar atenção nisso.
    Abraço Ani-chan

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sou realmente parte da equipa, e só participei este ano, duas vezes, mas não me importaria de participar mais :) Ainda bem que gostou ^^

      Eliminar
  5. Essas ilustrações são incríveis! Eu nunca tinha visto nada assim "o"
    Que lega ter um jornal na escola, queria que tivesse um na minha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São mesmo, e eu só as conheci recentemente, às vezes até fico espantada com a minha ignorância >.< É uma ideia muita boa, são essas coisas que me fazem gostar da escola em que estou.

      Eliminar
  6. Yooo belezura!?
    CARA SUA ESCOLA TEM UM JORNAL!? *OOOOOOOO* que show >///////<, parece até coisa de filme *u*
    Enfim, eu nem sabia que tinha a possibilidade de se formar em algo do tipo, estou surpresa, sempre imaginei que esse tipo de coisa estivesse meio extinta que as ilustrações fossem todas antigas do tempo em que não se tinha fotografias. Porém, eu posso achar isso muito show mas com certeza não é para mim ficar 200 horas desenhando e ainda por cima contar escama por escama de um peixe! Vishhhh só de pensar eu canso Ç.Ç
    Uma perguntinha: Como assim um fóssil-vivo eu pesquisei imagens e encontrei um peixe!? '-' (é porque esse bicho é MUUUITOOOO virado nas antiguidades!? E ao contrário dos outros não mudou nada sua fisionomia!?).
    OBS: sobre esse celacanto acabei de achar uma imagem dele e descobri que tem um pokémon inspirado nele!
    Enfim, adorei todas as imagens, a pessoa tem que manjar dos desenhos e tem que ter uma paciência divina!
    Ah, eu acredito que você já tenha lido a minha resposta do seu comentário lá no meu blog, naquele post do psycho pass (ou não), enfim caso não tenha lido eu falei que terminei de ler o mangá do Natsume, parei no capítulo 64. Foi até aí que traduziram ou tem mais coisa em português!? Porque no Site em que eu li só tinha até esse capítulo Ç.Ç
    Kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem sim ^^ E eu também só fiquei a saber sobre as ilustrações científicas há pouquíssimo tempo, graças ao meu professor de biologia. Parece que nem todas as fotografias conseguem captar os detalhes certos, mas sim, é graças a elas que esse curso não tem grande saída, em portugal e talvez não só. Pena, porque é algo que eu nem me importaria de fazer, e acredito mesmo que conseguiria. Penso que é isso, sobre o fóssil vivo >.< E como assim um pokémon inspirado nele? Só você para encontrar coisas dessas! Além disso, como você já deve saber, já fui comentar no seu bloguito, mas repetindo: em inglês tem mais capítulos, e eu adoro-os :3 Ah, caso você queira ver mais fotografias da minha escola, aqui está uma página: http://www.esdjgfa.org/destaque#!__escola

      Eliminar
  7. Depois de todas essas frases que você usa do Jhonny Deep estou convencida de que ele se acha um verdadeiro Pokémon Trainer, ahaha' xDD minha irmã ama esse ator, já eu o acho muito talentoso. Poxa, eu adoraria poder experimentar o método de ensino europeu, deve ser tipo incrível, aquelas coisinhas super-awesome que vejo em filmes americanos, ahahah' (ewe) queria poder ter aulas de Biologia mais profundas, pois acho essa matéria incrível, me remete a Química - porém não gosto desta - mas vamos a postagem não é mesmo? Adorei-a por demais!!! MUAHAHAH' como é incrível esse tipo de arte, não acho que seria difícil me adaptar a ela por ser muito detalhista e também por ser uma ótima copista - faço mais fanarts do que originais - logo se eu fizesse Biologia primeiro, que nunca se tornou uma opção tão forte, ao invés de Artes - que é algo que amo koewqi' - talvez eu me desse bem. Vou sair à procura disso para saber mais. (*u*)

    Uma ótima matéria Any, digna de um jornal da escola, ahahah' XD já ansiosa pelos "Heróis do dia-a-dia", que eu já tenho algo em mente para o que seja, kufufu' :)

    Bai-bai hime!!! (owó)/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mal me tinha apercebido que tinha escolhido tantas dele, é que uma vez encontrei um monte de citações engraçadas que ele disse, mas não me lembrava de ter escolhido todas. Já fiz as ilustrações há algum tempo. E realmente, ele deve achar-se um pokémon trainer >.< Já fiz um post sobre o ensino aqui em portugal, não sei se viu, lá explico tudo com maior detalhe :) Já agora, eu mesma adorei fazer este post, as pinturas estão INCRÍVEIS, e louvada seja a paciência de quem as fas - eu gostava de tentar, e atrevo-me a acreditar que nem demoraria muito a aprender a técnica (pelo menos a preto e branco, acho que conseguiria aprender depressa), só não sei se teria coragem de começar um desenho que desse tanto trabalho e tivesse de ser feito com tanto rigor. Eu faço mais originais do que fanarts, mas também gostava de fazer fanarts. O novo post já saiu, pode ir conferir >.<

      Eliminar
  8. Any-san, adorei esse layout! *w* As cores são um amor e você usa imagens fantásticas! Amei o layout como um todo, de verdade ♥
    Sobre seu post, achei fantástico. Mas a princípio eu pensei que a coisa fosse antiga, e pensei naqueles livros antigos e enciclopédias feitos à mão, ou mesmo não, quando não havia a opção de imagens digitais e tudo era desenhado a mão - imagine um livro de medicina dessa época remota? fantástico, hahaha!
    Recentemente eu despachei alguns livros que me pediram para doar à biblioteca, mas não foram aceitos por estarem muito velhos e acabados. Daí dei eles a um amigo que formou-se em letras (e ele apaixonou-se, hahahah), e tinham alguns conceituais de gramática, biologia, e tinham ilustrações assim (não nesse grau de habilidade, mas ainda assim). De qualquer forma, achei incrível - e acho que não deve desanimar da ideia, pois nunca se sabe o que vem pela frente. Exemplo: me interesso muito em direito, mas prefiri cursar psicologia, e no curso descobri uma área que junta duas coisas (a psicologia forense). Que é ainda muito cara de se formar, porque tem poucos profissionais XD Mas olha só, tudo tem um jeitinho ;D

    Um beijo! º*º

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostou, porque eu também ^^ E embora não pareça. por estar mais organizadinho e alinhado, tem detalhes que me deram tanto trabalho ou até mais que o layout anterior. E também me esforcei na combinação de cores, queria uma coisa suave e harmoniosa, e embora receie que tenha um tom demasiado rosa, sinto que consegui o que queria. Portanto, muito obrigada pelo elogio :3

      Não é algo tão antigo assim, e se calhar antigamente - beeem antigamente - nem tinham esta técnica e rigor todo. Além disso, pelo que ouvi dizer, isto ainda existe porque consegue captar alguns detalhes que a fotografia não foca tão bem, embora eu não entenda perfeitamente essa ideia. Pena não ter grande saída, mas é algo que me agradaria fazer, pelo menos tentar aprender (e eu acho mesmo que seria capaz). Seja como for, eu gosto tanto de fazer de TUDO que acho que passarei toda a minha vida a fazer cursos, portanto será cada um a seu tempo >.< Obrigada pelo encorajamento :)

      Eliminar

♡ Saiba mais sobre o mim ou sobre o blog através do menu

♡ Quanto a comentários:
» Os pedidos são aceites nos comentários ou na ask (vejam o menu)
» Críticas construtivas são bem vindas. Barracos, não.
» “Seguindo, segue de volta?”, só serão aceites em blogs principiantes – e eu irei confirmar ao blog. Caso contrário será ignorado.
» Deixe o link do seu blog no fim do comentário e eu faço questão de pelo menos visitar e comentar.
» Pode usar estas carinhas:
=((•̪●))= ๑(•ิ.•ั)๑ ٩(●̮̮̃•̃)۶ ε(●̮̮̃•̃)з ٩(×̯×)۶̿ ┌∩┐(◣_◢)┌∩┐ ⊙▂⊙ ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙▽⊙ ⊙﹏⊙ ⊙△⊙ ◑▽◐ ◑ω◐ ◑﹏◐ ●︿● ●ω● ●﹏● ≧▂≦ ≧︿≦ ≧ω≦ ≧﹏≦ ≧▽≦ >︿< >ω< >﹏< >▽< ≡(▔﹏▔)≡ (¯▽¯;) <(“”"O”"”)> (-__-)b (;°○° ) \( ̄︶ ̄)> <( ̄︶ ̄)/ (/≧▽≦/) \(≧3≦)/ \(≧ω≦)/ o(≧ω≦)o o(≧o≦)o ㄟ(≧◇≦)ㄏ ╮(╯▽╰)╭ ╮( ̄▽ ̄)╭ (~o ̄▽ ̄)~o ~ 。。。(~ ̄▽ ̄)~[] (╯-╰)/ (*^3^) 'U_U ♪ ♥ ஐ ▲☼゚ ♣ (๏̯͡๏) †