setembro 28, 2014

[Resenha] Free! Eternal Summer


Ohayou, minnas!

Se Free tivesse acabado na semana passada, teria sido logo a primeira resenha que eu faria, pois embora seja, logo de cara, um anime desportivo com a sua dose de fanservice e que só surgiu devido ao sucesso da temporada anterior (que eu resenhei AQUI, bastante toscamente), confesso que a segunda temporada me venceu. Completamente. E isso é espantoso, já que eu admiro tanto enredos complexos com personagens profundas, mas acabei contagiada pela ambientação adorável que os nosso nadadores favoritos irradiavam. Não se preocupem, a resenha não será assim tão poética, mas por favor leiam e, pelo menos às garotas que ainda não viram, dêem uma chance ;)

História (espera, mas tem história?):
A trama de Free não é lá muito complexa. Após os conflitos entre o clube Iwatobi e Rin serem resolvidos no fim da temporada anterior, o companheirismo entre eles voltou, o Rin mostra-se cada vez mais fofo (mas responsável também, após ser eleito capitão da academia Samezuka), e Iwatobi continua a sua tentativa de recrutar membros para o clube - a jogada mais usada do estúdio KyoAni, mas que resulta bem. No entanto, Makoto, Haruka e Rin são alunos de terceiro ano, e terão de decidir o que farão ao acabar a escola, mas como o Haru tem os seus complexos com a liberdade, as decisões tornam-se um bocado mais difíceis de tomar. Lá pelo meio do anime, há uns episódios que quase se poderiam chamar de fillers, mas que acabam por ter a sua importância na hora em que a história retoma com tudo, pois serviram para criar contraste entre a fase mais descontraída e o clímax. Pois, isso tudo num anime de natação.


Minha opinião - com mais alguns detalhes sobre o enredo:
Como viram, o enredo é simples, mas o KyoAni fez um trabalho muito bom. 

Os primeiros dois episódios, mais coisa menos coisa, introduzem uma nova personagem, Sousuke, um amigo de infância do Rin que se preocupa bastante com este, e vou já dizendo que foi introduzido de uma forma bem natural - o espanto dos dois ao se encontrarem, e no episódio seguinte, quando parecia que iam ter uma conversa tensa mas acabam por fazer um cumprimento só deles, demonstra o quanto se dão bem. Com o tempo, Sousuke irá provar que não é um vilão nem nada do género e apenas um amigo muito preocupado, já enfrentou a sua dose de obstáculos e é mais maduro que muita gente por ali. Também vemos as tentativas puramente hilárias do clube para conseguir novos membros, sem sucesso, e um momento muito fofo em que Iwatobi - ou seja, Haruka, Makoto, Rei, Nagisa e a Gou, irmã do nosso príncipe tubarão ;) (decidi listar para o caso de alguém já não se lembrar) - tentam realizar o sonho do Rin de nadar numa piscina com pétalas de flor de cerejeira. São ainda deixadas algumas questões iniciais no ar, como "o quê que cada um deles fará no futuro" e coisas do género. Mas os protagonistas só terão de as confrontar alguns episódios mais tarde.


É nessa altura que entram os "fillers", que não, neste caso não foram algo negativo, uma vez que em grande parte eram momentos assim que as fãs queriam ver e, como já referi, serviram para que o clímax da trama tivesse um maior impacto. Basicamente, cada pessoa tem o seu próprio episódio - Nagisa e o estudo, Rei e as suas fugas mal interpretadas, Makoto e a inveja, a história bonitinha de Sousuke e Rin, e vemos até mesmo o Kisumi, que só apareceu em dois episódios, sendo que num deles foi como um flashback, mas serviu para libertar uma questão preocupante em relação ao ombro do Sousuke. Esses episódios consistem em: momentos descontraídos, suspeitas, algum drama, e o regresso da tranquilidade. Mas chegam a ser referidos mais tarde, e apesar de todo o fanservice, situações fofas ou cómicas, não podem ser verdadeiramente considerados fillers. Talvez sejam mais como a parte slice of life do anime. E renderam excelentes postagens no tumblr, o que já tem um valor considerável >///<

Considerações extras: Só eu é que notei que a Samezuka chega a ter quase mais foco que Iwatobi? Não que eu desaprove, o grupo é interessante o suficiente para aproveitar.


E depois retomamos a parte importante da história, que é onde o estúdio mais provou que sabe o que faz - ao contrário do estúdio de Dramatical murder, que tentou criar momentos de tanta tenção sem cuidarem dos detalhes e criar algum fanservice que nem é suficiente para as garotas, nem é leve suficiente para manter garotos a assistir. Ridículo. Mas chega de Dmmd, não é? Vou numerar algumas coisas que me impressionaram (não chegam a ser spoilers, afinal não darei detalhes): Os relays são perfeitos, dinâmicos, cheios de adrenalina, emoção e companheirismo - além de que achei todos os resultados bem escolhidos; Quando o Haru tem a sua crise por estar a ser observado por pessoas que o querem recrutar para uma universidade, e ele [spoiler] pára de nadar a meio [/spoiler] por deixar de se sentir livre. E isso é chocante, principalmente após o pesadelo bem tenso que ele teve, e nos deixa ainda mais abalados com a discussão explosiva que se segue; Ou quando o Haruka, descaradamente, evita as conversas sérias e preocupadas de Makoto, sempre tão querido e a tentar ajudar, para depois levar uma bela patada do amigo. Sim, os fogos de artifício atrás ajudaram imenso a criar um clima dramático e a fazer marcação temporal; Também gostei quando focaram um bocado no Rei e no Nagisa, para mostrarem o que eles estavam a achar da situação, e como conseguem ser bem maduros sabendo que os amigos que os irão deixar, serão eles a tomar conta do clube e devem ser responsáveis pelas tarefas que lhes competem.


Certo, depois as respostas começam a chegar. Rin e Haru vão à Austrália - admito que fiquei histérica ao ver o Rin acordar o Haru do nada e simplesmente dizer, da forma mais rude mas adorável possível, que estavam de partida. Acho que estava na cara que seria uma viagem em busca do sonho do Haru, e que seria bem sucedida, assim como um momento para grandes confissões. Como não posso deixar de dar a minha opinião sobre alguns acontecimentos, para quem não quiser spoilers, terá de avançar isto, já quem acha que está pronta para lidar com eles, selecione o texto ;) [spoiler] Rin a falar inglês! Eles a partilharem a mesma cama devido a um engano! Foram à praia juntos! O Haru a conhecer os pais do Rin! A encontrar o seu sonho! De que doujinshi é que isso saiu?!*.* [/spoiler] Na verdade, não acho que essas cenas tenham sido puro fanservice. Bastante pelo contrário, a segunda cena provavelmente serviu para acabar com a distância entre eles, e levar o Rin a admitir o quanto sempre admirou o Haru e ficaria perdido sem ele. O próprio Haru, a admitir que se lembrava de como se conheceram, já provou que também foi um momento significativo na sua vida. Não são coisas que se confessem sem se confiar completamente numa pessoa, e naquela situação, nem sequer tinham de olhar nos olhos um do outro, o que provavelmente os deixaria demasiado constrangidos para falar dessas coisas. As falas são simples, mas o significado é grande. Vermos mais sobre os obstáculos que Rin enfrentou na Austrália em pequeno também aumentou o meu carinho por ele, afinal, não é qualquer criança que consegue estudar sem entender a língua de um país, e está determinada a concretizar o seu sonho de ser um nadador olímpico, mesmo sabendo que num país estrangeiro não se destaca tanto como no Japão. Aliás, agora compreendo melhor porquê que na primeira temporada ele regressou tão endurecido. Já agora, notaram como "aquele casal que não posso dizer qual é para não dar spoilers" foi tão compreensível, em relação ao filho e ao quem-nós-sabemos? (entendedores entenderão) Aliás, há muitos pais de animes que deviam aprender a dar tempo e um espaço pessoal aos convidados, fá-los-iam sentir muito mais à vontade do que bombardeá-los com perguntas ou ofertas.

Gómen para quem não shipa, mas não resisti a esta imagem >.<
Não comentarei muito sobre o final. Eternal Summer, huh? Meu deus, eu estou QUASE a chorar só de me lembrar, acho que foi muito bom e é por isso que estou sem palavras. Épico, emotivo, belo, nostálgico, fofo, divertido, e com alguma adrenalina, tudo num único episódio. É verdade que não foi perfeito, por ter sido tão leve e, nesse aspeto, contradizer um bocado o drama dos episódios anteriores, mas antes um eternal summer do que um eternal suffering, não? A maioria do fandom ficou satisfeita, eu também, e apesar de não ter sido um final especialmente marcante, resolveu todas as questões que devia resolver e não foi nada difícil identificarmo-nos com as reações de certas personagens. Ou suspirar pela fofura recém-adquirida do Haru. Ou aproveitar os últimos momentos para shipar. Ou para ficar satisfeita com o caminho que a vida deles tomou. Ou saber que, embora aquele relay em que Iwatobi participou tenha sido tão disney, a animação era boa demais para simplesmente desviar o olhar. Não, eu não acredito que haverá uma terceira temporada, mas também não quero. Foi o final mais adequado possível para um anime assim.


Eu não era fã do KyoAni antes de Free. Tudo o que ele fazia tinha garotas moe, e eu não dava grande oportunidade às histórias, principalmente depois da seca que apanhei com K-on. Metem sempre clubes à história e eu achava que estas não tinham desenvolvimento. Mas sim, aliás, outros animes que vi (Kyoukai no kanata e Hyouka) são até bastante bons, o primeiro deles provando que não é preciso um shonen ter traços rebuscados e ser enorme para chegar ao público certo, e o segundo mostrando como um slice of lice com toques de mistério conseguem ter os seus próprios encantos. O estúdio é bastante bom. A animação, as emoções, as cores, a forma como foca nos detalhes certos, cria os cenários certos (mais uma vez idênticos a cenários reais), usa bons efeitos, e mistura vários géneros num anime só. Não, não é fenomenal, não é o mais épico ou marcante, mas é atraente. E isso também faz falta, portanto acho que a partir da agora acompanharei todos os trabalhos que fizer.


Eu poderia falar de pontos fracos, mas eu acho que o que seria considerado um ponto fraco em outros animes, aqui, não é válido, afinal isto começou como um comercial destinado a conquistar as garotas, resultou, e é claro que ninguém esperaria uma história demasiado trabalhada. Desporto e fanservice. Essas eram as expectativas. Cumpriu-as e até as superou. Algumas pessoas podem apontar que se fizessem como em animes tipo Kuroko no basket ou Haikyuu, e se focassem apenas no desporto e menos no fanservice, aprofundassem a parte técnica da natação e deixassem os eventos ao estilo slice of life de lado, a trama poderia ir mais longe. É verdade. Maaaaas assim não seria Free. Quanto aos garotos que consideram nojento ver os músculos, chamam o anime de gay quando, apesar da nossa imaginação fujoshi, só está explícito amizade, e esse blá blá blá todo, por favor parem para pensar: Quantos animes há com fanservice para rapazes? Muitos. Para as garotas, pouquíssimos. Em quantos animes esse fanservice pode ser justificado pelo enredo? Poucos, pelo menos, eu não acho compreensível um protagonista esbarrar nos peitos enormes de uma garota enquanto anda ou que estas arranquem as saias para lutar uma vez que podiam ter escolhido vestir calças. Agora, acho normal nadadores usarem a roupa de banho sem camisolas. Aliás, se virem nadadores olímpicos, a parte de baixo é bem mais pequena que a dos nadadores de Free. Então poupem-nos. Se não gostam, não vejam, é simples. Eu sei, há rapazes que também acham exagerado o fanservice nos animes normais, e agradeço que não sejam uns obcecados por peitos e coxas, só disse isto para aqueles que não param para pensar em como a acusação deles acaba por ser infundada, já que em Free não acontece nada demais.


Ah, alguém aqui já leu High Speed? Eu comecei por por enquanto fiz uma pausa, porque está em inglês (www) e demoraria um bocado a avançar, mas pretendo fazê-lo. É a novel que inspirou o comercial, ouvi dizer que o primeiro volume é o melhor, mas eu gostava de ler todos. As ilustrações retratam todos os nossos queridos nadadores (excepto o Rei, o Ai e o Momo) em crianças, exatamente como os vemos nos flashbacks, aliás, todas as memórias que nos são mostradas no anime são retiradas da novel. Segundo o blog Not Loli, ouvi dizer que as personalidades deles eram um pouco diferentes, mas davam a entender que eles se tornariam assim, e que, como são crianças, quem se queixa do fanservice em Free pode perfeitamente aturar a amizade dos pequenotes. Uma coisa com que concordei perfeitamente é que o Anime é quase como uma doujinhsi "oficial", em que o Kyoto Animation imaginou uma história após os acontecimentos da novel e manteve o charme que quase todas as doujinshis têm.


Sinto que foquei demasiado no enredo quando devia estar a referir o que achei de tudo, mas Free não é um anime propriamente filosófico ou original, pelo contrário conquista-nos com o que acontece e como esses acontecimentos são animados, então era impossível opinar sem contar um pouco mais da história. Para quem acha que isto está cheio de spoilers, eu vou teimar a dizer que não, já que os spoilers propriamente ditos estão escondidos e o resto já se previa pelo começo. Eu só tentei dividir as 4 partes da trama e apresentar os pontos fortes de cada uma, ou como se complementavam.

Já agora, méritos para a ending. É tão engraçada, relacionada com o enredo de tal forma sem noção e cheia de fanservice, que os gifs explodiram no tumblr antes mesmo de eu ter visto o primeiro episódio. Aqui» www Ah, e se alguém quiser conferir os endcards desde a primeira temporada, cá estão, em 3 partes: 1 | 2 | 3

E voilá, acho que já disse tudo.


12 comentários:

  1. Anónimo28.9.14

    Aonde você pega essas imagens? *u*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respondi na resenha seguinte, mas repetindo: eu uso um dos sites do post abaixo, e depois edito as imagens, apenas uma coisa leve no pixlr online. Se você não quiser editar e usar as imagens diretamente, atenção ao site Zerochan, guarde as imagens antes de as introduzir num post ou assim, porque se forem copiadas, depois darão erro. A postagem é esta»

      http://sou-uma-adolescente.blogspot.pt/2013/03/sites-de-imagens.html

      Eliminar
  2. Vai deixar muitas saudades T.T
    Aquela trilha sonora linda, personagens, enredo... Porque tudo que é bom acaba???
    Destino: Porque tudo que tem um inicio, está fadado a ter seu fim...
    Eu: Destino oji-san, n tem como mudar isso?
    Destino: Não!
    Eu: '-'
    T.T Eu ainda vou fazer uma customização no meu lay em comemoração a uma terceira temporada, você vai ver kkkkk.

    Eu não terminei o anime Free!, falta os 3 últimos episódios, vou terminar ele amanha, e depois vou partir para Ao Haru Hide T.T | Eu assisti na semana passada o Gekkan Shoujo Nozaki-kun, Nunca ri tanto na minha vida kkkkkkkkkkkkk, cada episódio me dava câimbra na barriga de tanto rir kkkk.

    "Quantos animes há com fanservice para rapazes? Muitos. Para as garotas, pouquíssimos. "
    Concordo, kkkkk...

    Como sempre seus posts são magníficos... E as ilustrações que você trata para postar aqui também são lindas.
    Abraço || EO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haha, esse diálogo com o destino foi bem peculiar, mas infelizmente acredito que não haverá mesmo uma terceira temporada. Mas se você tem esperança, boa sorte ;) Bah, termine de uma vez, se não nem tem piada. Quer dizer, eu sei que você é muito ocupado, mas enfim. Eu tentei acompanhar os animes enquanto ainda estavam em lançamento, só me falta acabar kuroshitsuji, e não cheguei a ver, mas quero, Gekkan shoujo (já ouvi falar imenso, e os gifs que vi no tumblr são de morrer a rir) e Love Stage. Ainda bem que você é um garoto que entende a nossa perspectiva :) Arigatou :3

      Eliminar
  3. Pulei um pouco do seu post só pra ter certeza que não vou ter nenhum spoilerzinho mesmo e-e
    Free! vai deixar saudade, por mais que eu ainda não tenha terminado de assistir gostei muito. Lembro de quanto lançou a primeira temporada e minha amiga ficou fangirling que eu tinha que assistir e tal. Fico feliz por ter começado a assistir ^^

    "Quantos animes há com fanservice para rapazes? Muitos. Para as garotas, pouquíssimos."
    Não vou nem comentar porque todos sabemos muito bem o quão verdadeiro isso é e-e

    E também não vou nem comentar seu post porque ele é maravilhoso, cheio de conteúdo útil e também com muita ilustrações lindas. Como sempre está de parabéns!

    | | Isabelle, do Black Dandelion | |

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpe, eu acho que não disse nada demais, mas talvez seja mais seguro você ter pulado mesmo. Tem de terminar, foi muito bom, do começo ao fim. Eu também só comecei a ver a primeira temporada, no verão passado, por causa da onda de fãs que se viam por aí, mas fico contente por me ter deixado influenciar desta vez >.< É verdade, não é? Oh, e obrigada por "não comentar" o quanto achou este post bom, eu esforcei-me ;)

      Eliminar
  4. Yoooo beleza!?
    Ai cara, eu prometi a mim mesma ''só vou comentar depois de ver as duas temporadas'' porém a minha curiosidade e inquietação pelo seu post foram maiores. Enfim, ainda estou no episódio 9 da primeira temporada, porém já me tornei uma ENORME fã de Free *q*. OMG FANSERVICE PARA GAROTAS /OOOOOOOOOOOO, Kami-sama me escutou *-*, adeus garotinhas peitudas moes e olá garotinhos nadadores sexy's *Q* (Makoto case comigo! >//////<) ~exaltação OFF~
    Bom como ainda não terminei a primeira temporada nem posso falar muito do enredo, mas até que me surpreendi porque pelo que falavam eu imaginava que seria um anime estilo Campione (se não assistiu nem perca o seu tempo com ele), onde teríamos um enredo sem nexo e homens cheios de fanservice, porém a trama me pareceu até que bem desenvolvida pelo que eu esperava, é claro sem dramas ou pensamentos muito profundos, mas convenhamos que normalmente a maioria das pessoas não ficam filosofando sobre assuntos existências. Talvez o sucesso de Free se deu justamente por essa despreocupação com o enredo, apenas deixando as coisas irem naturalmente ao gosto das fãs.
    Okss mudando de assunto..........PORQUE NÃO OCORREU O BENDITO BOCA BOCA ENTRE O MAKOTO E O HARU na primeira temporada Ç.Ç, eu fiquei tipo: ''Beija,beija,beija,BEIJAAAAAAA LOGO HARU! Esqueça sua masculinidade'', tipo agora eu entendo porque meio mundo shippa esses dois >///////< (porém tenho dificuldades em visualizar quem seria o Uke e Seme da relação '-' ).
    Enfim, a segunda temporada parece ser MUITO boa, assim que terminar a primeira corro para assistir ela *-*, porém só acho que deveriam fazer uma Ova ou episódio especial destinado especialmente as fujoshis com alguma pegação entre esse povo de Free *---------*, e quanto aos homens que curtem garotinhas moes, porém ficam reclamando de Free!? Simples (me desculpe a palavra a seguir) mas que eles se FODAM! Porque Free sem esse fanservice e sem essa amizade gay NÃO é Free u.u
    Okss o meu comentário foi mais exaltação da minha parte do que um comentário propriamente dito. Enfim temos que agradecer e muito todas essas garotas que piraram no comercial e conseguiram não só uma temporada como também uma segunda.
    Adorei o post >///////<
    Kiss
    OBS: tenho que descobrir onde diabos você arruma essas imagens super lindas *-*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haha, começando pela última parte, acho que agora já leu o post mais recente sabe onde eu arranjo as imagens e que eu as edito ligeiramente. Bom, isso está respondido. E agora por ordem, fico contente por você ter comentado, de certeza que vai gostar do anime até ao fim, aprecie enquanto ainda não acabou. Eu acho a segunda temporada ainda melhor e mais divertida que a primeira, então chegue lá logo. Ah, acho que já ouvi você falar de Campione, não se preocupe, nem vou assistir. "convenhamos que a maioria das pessoas não ficam filosofando sobre assuntos existenciais". Lá está, e embora eu (e provavelmente você) não me inclua muito entre essas pessoas, acho que se adequou bem para Free. E os dilemas adoráveis do Haru na segunda temporada até são mais profundos do que eu esperaria num anime com o tal fanservice e amizade gay, que são uma marca garantida em Free. Morri de rir, eu nessa parte também torci como uma louca, foi horrível enganarem-nos assim e fazer disso apenas um fanservice -.- Provavelmente, cortaram a meio porque não queriam perder a audiência de rapazes. E sim, eu também tenho dificuldades em saber quem é o seme e o uke, suponho que eles são daqueles casais que trocam >.< Você é MakoHaru ou HaruRin? Eu sou um bocado dos dois. Todos têm os seus momentos, que são lindos *.* Essa sim, seria uma ova fabulosa, e de certeza que muitas fãs iriam delirar. Quanto a esses homens, desculpas aceites, porque eu mesma tive de me conter para não dizer o mesmo. Viva as fangirls!

      Eliminar
  5. Olá olá, Anilyan! (Posso lhe chamar assim?~)

    Primeiro, antes de tudo, posso falar? Me apaixonei por esses fanarts que você colocou aí no começo do post pra introduzir os personagens! Todos muito lindos! ♡ De resto, todo o post muito interessante! Preciso dizer que me identifiquei com sua avaliação de qualidade pela qualidade dos posts no Tumblr HAHAH eu confesso que também faço isso em algum nível de consciência... ┐('~`;)┌

    Fora isso, acho que concordo com a maioria das coisas que você coloca. Sim, o Samezuka com certeza teve mais destaque até que o Iwatobi nessa temporada. Acho que fizeram aquele final centrado no Iwatobi só pra compensar a revolta de nós que queríamos ver mais do Iwatobi, mesmo. (*´Д`) Quanto às cenas do Haruka e do Rin, também não acho que tenham sido só fanservice, mas como eu não shippo, me incomodou o quão súbitas elas foram, sabe? ... Tipo "vamos pra Austrália, dormimos juntos, pa pum" HAHA como você disse, pareciam saídas de um doujin, mas com certeza foram importantes pro desenvolvimento do Haruka. E falando no fanservice, também achei bom seu ponto de comparar a "falta de enredo" com qualquer outro shounen de fanservice... afinal, sem dúvida os caras que falam mal de Free!, mas assistem qualquer lixo com garotas moe/gostosas, não deviam usar esse argumento de "falta de conteúdo", né?

    Fora isso, eu também gosto muito do KyoAni por ser visualmente atraente! É uma coisa difícil de ver hoje em dia, é sem dúvida o estúdio mais bonito, então eu acabo ficando atenta pra tudo que eles lançam. É aquela coisa da marca que tem um padrão de qualidade elevado e isso acaba dando nome pra marca...

    Bem, por último, muito muito obrigada por citar meu blog no post! *-* Fico muito feliz em ter acrescentado algo pra você! (ノ◕ヮ◕)ノ*: ・゚✧
    Bem, acho que é isso que eu tinha pra falar. Até a próxima!~

    - Chell
    http://notloli.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohayou ^^ Pode chamar-me Any-chan, se for mais fácil (provavelmente é)

      Eu tenho IMENSOS fanarts guardados, o difícil é escolher, tanto os fanarts no começo do post como os restantes >.< Gifs e afins são extremamente divertidos de ver, acho que foi o principal motivo pelo qual criei um tumblr. Que bom que compartilha da opinião :3

      É capaz de ter razão, aquele final foi só para retornar a Iwatobi, e acho que fizeram bem. Não que eu não tenha gostado da Samezuka - gostei bastante, muito mais do que esperava no começo - mas Iwatobi também merecia atenção. As cenas HaruRin foram repentinas, é verdade, mas como eu tanto shipo HaruRin como MakoHaru, não me senti assim tão perturbada. Exatamente, eu entendo esse tipo de argumentos que alguns garotos usam se vierem de garotos que nunca viram shonens com fanservice, ou viram e não gostaram, mas agora se gostam dessas histórias ocas com garotas peitudas/moe/whatever, é injusto dizer esse tipo de coisa. KyoAni é mesmo muito fácil de reconhecer pela animação, e mesmo quando eu acabo por não gostar de um ou outro anime (afinal, não é por ser do estúdio que um anime será bom garantidamente), em geral as produções mostram-se acima da média. Ah, douitashimashite :3 Eu é que agradeço, até mesmo por ter aceitado afiliação ;)

      Eliminar
  6. ANY-HIME-CHWAAAAAAAAAAN!!! QUE REVIEW LINDA MLDS TO ME SEGURANDO PARA NÃO SURTAR HISTERICAMENTE AQUI, FICOU LINDA!! ♡ ♡ ♡ Eu tinha escrito um textinho lindo, cheio de feel, mas parece que ele não publicou, fiquei triste mas voltei porque é free e free tem Makoto husbando ♡ ♡
    Não faço ideia se lerá o meu comentário, mas eu simplesmente necessitava deixar um comentário aqui, afinal, estava louca para ler a sua resenha sobre esse anime diwo, ainda mais agora que você se assumiu como fujoshi ♡ agora tudo fica interessante, thehê!! Partindo do começo, eu só vi eternal summer até a parte da piscina de cerejeiras (aquilo foi lindo fiquei toda emocionada pelo Rin ;u;) e depois larguei de mão pelas aulas, mas olha, depois desse hiper texto fiquei revigorada para voltar com tudo e assistir os episódios que sobraram ♡ é claro que vou surtar depois de todas, mas mesmo assim, irei vir aqui para te atazanar sobre isso, eheheee' Aliás, amei as fanarts, poderia me enviá-las por e-mail depois? Estou apaixonada por elas ♡ só acho que não conseguirei argumentar muito aqui, você sempre me deixa sem argumentos com suas hiper-resenhas que falam tudo o que você quer dizer e como eu ando sem tempo para enrolar com grandes textos, só posso dizer que amei tudo o que li mesmo ♡ e que estou gamada pelo seu novo theme de Halloween ♡♡ ele ficou divino Any!! *olhos brilhando* Ainda espero que um dia você me faça um theme tão lindo e fofo assim ♡ aliás, eu notei o "chwan" ali em cima, thehê!! XDD

    E PARA DEIXAR ISSO AQUI UM TIQUINHO MAIOR... ANY, VOCÊ JÁ LEU AS NOVIDADES SOBRE DRRR???? MENINE, EU SURTEI HISTERICAMENTE ONTEM DEVIDO A ELAS, ESTOU ALUCINADA ESPERANDO QUE 2015 CHEGUE O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL!!! Se ainda não leu, aqui o motivo dos meus surtos: http://chuvadenanquim.com.br/2014/10/04/novas-informacoes-de-durarara-x-2/

    E AGORA EU VOU EMBORA HIME-CHWAAAAN SENÃO POSSO SURTAR MAIS DO QUE ONTEM NO TWITTER, SAHSUAHSUAHSU' apareça no e-mail ou sei lá, para mantermos contato enquanto não volto DEFINITIVAMENTE para o Bubbles, enfim, agora vou tirar meu cochilo da tarde, até depois ♡♡

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SNOWWWWW-CHAAAAAAAAN!!!!!! *.* Arigatou, eu mesma tive de me conter para não surtar enquanto escrevia o post, a emoção era tanta, o medo de saber que acabou foi tanto, a pena por não poder ver mais momentos makoharu/harurin/reigisa/sourin/momoai (sim, eu de certa forma shipo todos), que escrever isto tem muito mais significado do que quem ainda não conhece a série julgaria. É CLARO que eu li o comentário, porquê que não o faria? E porquê que você não tem postado no seu blog, ainda há pouco tempo prometeu que estava de volta :( Bah, você vai ter mesma de conseguir terminar, ver só até essa parte nem metade da segunda temporada cobre, aliás, creio que não sai do primeiro episódio. Embora fazer isso por causa das aulas até seja uma atitude muito esforçada. Não faz mal, se não encontrar mais ninguém com quem surtar, pode fazê-lo comigo, mesmo depois do anime ter acabado continuarei disposta a fazê-lo. Haikyuu também foi adorável. Aliás, esta temporada foi incrível. Ah, claro que posso, espere só que chegue o meu fim de semana e irei enviar as imagens originais, até envio alguns outros, eu tenho uma pasta cheia de imagens, acho que só a preguiça de carregar todas me impedirá de enviá-las. Haha, eu adoro dizer montes de coisas, principalmente se acertar no que as pessoas vão dizer >.< O preço? Postagens tão grandes que provavelmente me fazem ganhar muitos leitores fantasmas.

      Ainda bem que gostou do layout, ainda gostava mais do anterior (o que Hotarubi no mori.e, chegou a ver?) mas este aqui ajuda a entrar no clima. Sim, é chwan foi mesmo inspirado em você, digamos que eu simpatizei imenso com o apelido ^^ Ah, e não se preocupe, farei quando chegarem as férias de verão aqui em Portugal, está prometido :) Vá imaginando algumas condições e garanto que sairá perfeito!

      OMG OMG OMG DURARARA!! Ainda só tinha visto o trailer e sabia que sairia em Janeiro, mas não sabia nada em termos de informações. 3 cours? Isso é perfeito! *.* Não esperava tanto, e só por aquele trailer as minhas expectativas já estão no topo. Falando nisso, você sabe se haverá por aí a novel em português? Cochilo da tarde, morri de rir. Vou aparecer então no email, aguarde por mim ;)

      Eliminar

♡ Saiba mais sobre o mim ou sobre o blog através do menu

♡ Quanto a comentários:
» Os pedidos são aceites nos comentários ou na ask (vejam o menu)
» Críticas construtivas são bem vindas. Barracos, não.
» “Seguindo, segue de volta?”, só serão aceites em blogs principiantes – e eu irei confirmar ao blog. Caso contrário será ignorado.
» Deixe o link do seu blog no fim do comentário e eu faço questão de pelo menos visitar e comentar.
» Pode usar estas carinhas:
=((•̪●))= ๑(•ิ.•ั)๑ ٩(●̮̮̃•̃)۶ ε(●̮̮̃•̃)з ٩(×̯×)۶̿ ┌∩┐(◣_◢)┌∩┐ ⊙▂⊙ ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙▽⊙ ⊙﹏⊙ ⊙△⊙ ◑▽◐ ◑ω◐ ◑﹏◐ ●︿● ●ω● ●﹏● ≧▂≦ ≧︿≦ ≧ω≦ ≧﹏≦ ≧▽≦ >︿< >ω< >﹏< >▽< ≡(▔﹏▔)≡ (¯▽¯;) <(“”"O”"”)> (-__-)b (;°○° ) \( ̄︶ ̄)> <( ̄︶ ̄)/ (/≧▽≦/) \(≧3≦)/ \(≧ω≦)/ o(≧ω≦)o o(≧o≦)o ㄟ(≧◇≦)ㄏ ╮(╯▽╰)╭ ╮( ̄▽ ̄)╭ (~o ̄▽ ̄)~o ~ 。。。(~ ̄▽ ̄)~[] (╯-╰)/ (*^3^) 'U_U ♪ ♥ ஐ ▲☼゚ ♣ (๏̯͡๏) †