setembro 14, 2014

Livros que li: parte 3


Tadaima :)

Para finalizar o conjunto de postagens sobre os livros que já li, vou finalmente dedicar-me a listar e comentar a literatura adulta. Este é, atualmente, o meu género favorito. Como já expliquei no post anterior, os YA tem protagonistas muito fortes, maduros, as suas distopias ou problemas e ainda nos encantam com um toque adolescente, mas são quase sempre demasiado semelhantes, e eu acabei por me enjoar um bocado deles. Mas na literatura adulta, os protagonistas são mais experientes, menos dramáticos, igualmente cativantes, sem um objetivo muito definido e capazes de refletir até mesmo sobre um objeto. Encanta-me de uma forma totalmente diferente. 

Livros lidos: 1
Finalmente trouxeram a Portugal um dos livros de Brandon Sanderson! *.* Ele é um autor de fantasia adulta muito conhecido, e eu não poderia ter gostado mais deste livro. Toda a criação do conceito de alomância (magia que usa metais), dos nascidos das brumas, as guerras não tão sanguinárias entre as casas, a revelação final sobre o senhor soberano... amei principalmente as persomagens, a interação entre os bandos de ladrões, como conseguiam ser amigos próximos mas faziam questão de questionar constantemente as loucuras do Kelsier, a amizade e o propósito que os une, as batalhas, mas também os momentos de descontração que passavam juntos, e como a pequena Vin teve tanto a aprender com eles. As capas acima não são más, mas acho que, em termos de cenário, a de Portugal é ainda melhor. Li recentemente e estou ansiosa que tragam os próximos.

Livros lidos: 1
Como já resenhei incarceron aqui (www), não vale a pena dizer muita coisa, a não ser que superou grandemente as minhas expectativas com capítulos iniciais arrasadores, personagens interessantíssimas, um mundo consistente, um desfecho doloroso, e todos os restantes detalhes harmoniosos que indiquei na resenha.

Já li
Já não me lembro muito bem, mas, supostamente, esta é a história verídica de uma irlandesa (a autora) que conseguia ver espíritos, anjos, ou lá o que é. E mesmo que ninguém acreditasse nela quando era pequena, ela sempre conviveu com os tais anjos, recebeu concelhos e brincou com eles... enfim, é uma história bonita, da qual não posso dizer muito. Não sei até que ponto acredito - em algumas coisas - e não concordo com todas as noções que a autora pretende passar, mas reconheço que foi bem feito e nos toca à sua maneira.

Livros lidos: 2
De cinco irmãs, o primeiro volume foca nas duas mais velhas, e o segundo foca na irmã mais intelectual. Estão interligados, devem ser lidos por ordem e é muito fácil ver como as pontas soltas deixadas num volume se revolvem no seguinte, além de que as pontes entre os dois livros, embora passados em cenários diferentes, são inegáveis. Ainda estou à espera de um terceiro volume :) Enfim, o primeiro, de que gosto mais, foi inspirado na história das 12 princesas bailarinas, em que as irmãs têm acesso a um reino encantado passando por uma passagem no seu quarto. Há um pai doente, também, e romance. Porém, aqui a história tem um toque mais realista por as irmãs terem de enfrentar o lado mais perigoso daquele mundo, precisarem de esconder o segredo a todo o custo das pessoas da família, haver um certo "drama familiar" que tem ligação com o mundo encantado e últimas páginas bastante dolorosas.

Livros lidos (todos até agora)
MEU-DEUS-KVTOHE-KUN-EU-PRECISO-DO-ULTIMO-LIVRO!!! A sério, é a minha coleção favorita, pelo protagonista que não dá para perceber se será um herói ou um vilão, pela história, por ser narrado na primeira pessoa, por conter lições de vida maravilhosas e com o seu lado poético, uma forma de magia um pouco mais "científica" e porque a mitologia daquele mundo é tão importante e está tão bem escondido que tenho a minha cabeça a estourar com teorias. Seja como for, eu resenhei aqui: www

Já li
Foi o primeiro livro que li de Haruki Murakami, e acho que escolhi bem, pois na altura andava ocupada e não tinha tempo para trilogias. A narrativa alterna entre duas realidades, e embora uma, O impiedoso país das maravilhas, seja claramente o nosso mundo, não posso revelar o quê que O fim do mundo é. O protagonista, um adulto com a sua dose de experiências, passa o tempo a refletir sobre coisas banais (como um elevador, clipes, mulheres cheinhas...) e à procura de uma forma de ocupar o tempo, e digamos que tem um trabalho relativamente arriscado que envolve números, códigos e lavagem cerebral. Acaba envolvido em certos episódios relacionados o seu próprio trabalho, um avô e uma neta doidos, unicórnios... não, acho que o autor não fumou nada. Aliás, isso é genial, porque era verossímil, fazia todo o sentido que esse tipo de coisas pode ter. E, embora o livro tenha acabado de uma forma aparentemente triste, com a sua dose de pontas soltas e sem em me ter apegado verdadeiramente ao protagonista, acho que é assim mesmo que tinha de ser - não consigo pensar numa continuação ou achar o final dramático ou rebuscado. Simplesmente... acabou. Eu sei que estou a ser cruel, mas se detalhar, seriam spoilers >.<

Já li
Foi o primeiro livro que li na minha vida, com cerca de 300 páginas, mal eu aprendi a ler - bem, ninguém podia dizer que me deixei desencorajar pelo tamanho, não é? Eu adorava bailarinas e provavelmente esperava uma história tão tosca como os livros fininhos que me entretive a ler depois desse (pelo menos, até perderem a piada), e digamos que não entendi grande coisa na primeira leitura. Quando reli, anos depois, é que me apercebi de como a história abordava coisas como o esforço que é necessário uma bailarina ou uma atriz ter para conseguir um mínimo de distinção, dificuldades financeiras, uma família em que cada membro parecia destinado a desempenhar as suas próprias tarefas mas, no fim, todos dependiam de todos... Foi uma história bonita. Especialmente o final, que me pareceu extremamente adequado. Uma coisa engraçada é o nome das irmãs, Pauline, Petrova e Posy Fóssil (ainda me lembro). Fóssil porque elas eram adotadas, e quem as juntou naquela família foi um "avô" que as encontrara enquanto procurava por fósseis xD

Livros lidos: 4
Foi um desperdício terem abandonado a série a meio, aqui em Portugal -.- Até tentei ler em espanhol, mas aborreci-me a meio. É o tipo de trama mais pesada, mas bem construída, que começa de uma forma totalmente cliché (protagonistas ignorantes à procura de aventuras) mas que se desenrola numa rede extremamente complexa que paira entre lendas, espaços e tempos diferentes, personagens profundas que aprendem muito com a sua jornada, fantasia e, claro, lições dolorosas. O autor original, Robert Jordan, morreu de uma doença antes de terminar a série, então o volume ou volumes finais foram escritos por Brandon Sanderson, que citei na primeira trilogia deste post.

Livros lidos: 2
"Uma saga que combina a ambiguidade moral e a brutalidade de George R. R. Martin" - não concordei com a crítica relativamente ao primeiro livro, do qual falo aqui (www), pelo contrário, embora os indícios de coisas como escravatura, guerra e tal estivessem lá, não eram vivenciados diretamente pelos 4 irmãos protagonistas. O pior que lhes aconteceu foi a morte do pai e a separação deles - que não, não é um spoiler. Mas no segundo livro, a ambientação muda bastante. Em primeiro lugar, porque os príncipes já são adultos, e cada um teve a sua dose de experiências com o passar dos anos. E depois, porque é a vez deles retomarem o reino de acácia. O mundo foi muito bem criado, mas não tem nada em particular que me fascine - o que me fascina mesmo são as personagens, e as jogadas delas. Oh, sim, e o final. A partir do terceiro volume, quase podemos encarar como um novo começo, como uma série um pouco diferente, pois o objetivo principal foi concluído no segundo volume mesmo.

Livros lidos: 3
Confesso que desisti de acompanhar os livros - são ótimos, mas a série também está boa e já me está a tomar demasiado tempo. De qualquer forma, falei de Guerra dos Tronos aqui » www « e, embora já nem me lembre do que disse nesse post, é oficial: acabaram-se os posts dos livros que li. Podem festejar, porque pararei de vos maçar com isto ;)

Eu realmente estou viciada em fantasia adulta. Acabei de comprar um livro chamado "As mentiras de Locke Lamora", que foi indicado pelo meu autor favorito, Patrick Rothfuss, autor do nome do vento.

O mais irónico é que, embora este seja o meu género favorito, foi o que eu li menos até agora. Provavelmente, porque só me conquistou recentemente, e é difícil encontrar livros desta categoria que realmente me agradem em Portugal. Pelo menos, ainda não os conheço muito bem, embora ultimamente tenham aparecido livros novos nas livrarias - o que é ótimo.

Mas chega de falar dessas coisas. Um assunto novo, que me traz sentimentos bastante contraditórios, é que amanhã é a apresentação escolar em Portugal. Depois, começa a escola. Eu adoro aprender, gosto até um bocado de estudar, simpatizei imenso com a minha turma e os professores... mas não gosto de ficar stressada ou de estudar sob pressão. E se eu quero ser médica, realmente tenho de manter as notas, para não dizer subir um bocado (tive metade 18 e metade 19, numa escala de 20, mas preciso de pelo menos média de 18,7). Enfim, só estou a avisar sobre isto para não se surpreenderem se eu começar a postar só uma vez por semana, ok? Mas tentarei ir comentando os vossos blogs sempre que possível, e talvez até mesmo postar tutoriais ou algo sobre yaoi nos meus outros bloguitos. Apenas não tenho grandes certezas de como me organizar. Como passei as manhãs desta semana a estudar, acredito que não vá retomar a escola de cérebro vazio, mas este ano terei exames, e só espero não me espalhar neles. Bem, vamos ver no que dá :) 

Até o próximo post ^^

10 comentários:

  1. Yooo beleza!?
    Oh me interessei bastante no primeiro livro.A parte ''magia que usa metais'' me lembrou de Avatar Korra em específico da lin beifong. Enfim, O impiedoso país das maravilhas e o fim do mundo (por puco não escrevo impetuoso '-') parece ser maravilhoso *-*, quando li o título pensei que fosse algum tipo de releitura moderna do clássico ''País das Maravilhas'' mas pelo visto não tem nada a ver com isso (ou há alguma relação!?), além disso........UNICÓRNIOS!? Quê? Tem certeza que esse cara não fumou nadinha!? Fiquei extremamente curiosa para ver como relacionaram códigos. lavagem cerebral e unicórnios! É uma pena que termine com algumas pontinhas soltas, isso é uma das coisas que mais me incomoda, já que sou super curiosa, sou do tipo que espera que até o final tudo seja resolvido e explicado devidamente nos seus mínimos detalhes!
    Enfim, espero que tenha um bom começo de aulas! Bem eu não tenho um amor pelos estudos, sou meio agitada então fico facilmente entediada, porém se for um conteúdo pelo qual tenho um certo carinho, como química, biologia, física, não vejo tantos problemas em estudar, pelo contrário acabo criando um carinho.
    E deixa ver se eu entendi, tem um dia especial para se conhecer a turma e colegas e depois no outro dia é que começam as aulas!?
    Adorei o post, espero que um dia eu acabe desenvolvendo esse mesmo amor que você tem por livros!
    Kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haha, eu também vejo Avatar, e entendo a comparação, mas aquilo não é realmente "dobra de metais", é mais como "metais que dão poderes", no máximo dá para empurrar ou puxar alguns metais, mas de resto são poderes como aumentar a força, capacidade de reação da pessoa... depende do metal que se usar. Há 8 metais básicos, 2 especiais, mas a maior parte das pessoas só consegue usar um único metal - quem usa mais de um é chamado de nascido das brumas. É muito bom. Quanto ao segundo livro, eu gostei bastante, e as pontas soltas não chegam a fazer lá muita falta, além disso, até dão um ar mais maduro à história, pois na realidade as pessoas nunca resolvem todas as suas dúvidas. E a combinação resultou bastante bem, apesar de bizarra >.<

      Sim, aqui há um dia para conhecermos minimamente a turma, embora os alunos mal falem e sirva principalmente para os professores falarem das regras, passarem mensagens de "incentivo"... é o mesmo todos os anos. Só vamos conhecendo realmente a turma com o passar do tempo - no meu caso já conheço porque são os mesmos do ano anterior. Seria interessante se você desenvolvesse esse amor pelos livros, mas estes são um bocado grandes para começar (a maioria tem mais de 600 páginas), então os dos posts anteriores talvez sejam melhores.

      Eliminar
  2. Essa lista tem menos livros que eu li.
    Eu sou viciada n'As Cronicas de Gelo e Fogo. Eu comecei o primeiro livro e descobri que tinha a série, então terminei a primeira temporada junto com o primeiro livro. Depois eu coloquei a série em dia, acompanhei a 4ª temporada, mas dei uma parada nos livros. Atualmente eu estou começando o terceiro, mas eu não tenho os outros dois e isso esta me desanimando um pouco. Mas esse são uns dos melhores livros que já li. Confesso que a leitura é um pouco cansativa, pelo modo do Martin escrever, mas a trama é genial. Vey eu sou fã desse cara e espero poder terminar os livros logo. Ah e que o velho não morra antes de acabar de escrever os livros neh?
    Vey vey vey eu sou louca pra comprar As Cronicas do Matador do Rei. Se queiser me dar de presente, estou aceitando. Eu já li tantas resenhas, video que até o Monark que joga minecraft leu e gostou e eu aqui chupando dedoo. E ainda tem essas capas. Eu preciso desses livros.
    Hoje escrevi um textinho menor kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    P de Paranoia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As crónicas de Gelo e fogo estavam a ser ótimos livros, e eu sei que são bem mais detalhados que a série, mas como os episódios já me ocupam bastante tempo, acabei por me dedicar mais a outros livros e deixarei esses para mais tarde. Mas sim, a maneira como os acontecimentos encaixam uns nos outros é incrível *.* Espero bem, que não seja comp Robert Jordan de uma de outros livros que falei neste post.

      As crónicas do matador do rei são PERFEITAS. Eu AMO, já convenci toda a minha família cá em casa a ler e toda a gente gostou, e recomendo-o a todas as pessoas. Eu não me importava de emprestar, ou mesmo de dar de presente se não fosse tão apegada a ele, mas digamos que Portugal e o brasil ficam um pouco longe, né? Além disso, as capas de Portugal não são essa obra de arte que me faz vomitar arco-íris, são mais sombrias e feitas por computação gráfica - o que eu detestei. Arruinou totalmente o clima, parece mais um livro de terror que outra coisa qualquer :/

      Eliminar
  3. Olá, pessoa de Portugal! Adhaudhaudhaudha. Ok, ok. YA é bem chato, e não acho os personagens maduros. Tem um ou outro bom, mas a grande maioria tem clichês demais e são quase idênticos. Prefiro muito mais adulto.

    A Song of Ice and Fire ♥ Essa é a melhor saga que já eu li (e com certeza é a melhor saga de todas). George criou um universo totalmente novo, que parece tanto com o nosso. O universo dele é tão real! Uma pena você ter abandonado. O grande número de livros não é nada para mim. Na verdade, quanto mais melhor! Em tudo é perfeito, e não acho a leitura cansativa e amo todos os personagens (ok, amo e odeio, haha)

    Mistborn, Danças na Floresta, Crônicas do Matador do Rei e Acácia são as sagas/trilogia desses que eu quero ler. Os outros não me interessaram nem um pouco.

    The Lord of Thrones

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, pessoa do brasil! Concordo, foi isso que eu tentei dizer sobre os YA, e embora ainda não tenha comentado no seu blog, já dei uma passadinha e vi que você tem um ótimo gosto literário. Posso estar enganada, mas pela sua fotografia, você é bem nova, não? Surpreende-me que já goste de livros assim, isso é ótimo e muito maduro da sua parte (se eu estiver errada quando à sua idade, por favor me desculpe >///<).

      Eu ainda não concluí essa saga, porque os episódios já estão a tomar uma grande parte do meu tempo e eu decidi aproveitar para outras leituras, mas não tenho dúvidas de que os livros são mais detalhadas (tal como pude verificar pelos primeiros volumes), e tudo é tão palpável, profundo, instigante e coerente que tenho a certeza de que ficaria viciada, se recomeçasse a ler. Eu sei, o grande número de livros, páginas ou assim não são realmente obstáculos, são apenas desculpas, eu é que ando um pouco ocupada e quero aproveitar para começar e terminar outras coleções. Amar e odiar em simultâneo uma personagem acontece-me imenso, principalmente se elas forem em escalas de cinza ;)

      Não importa, os que lhe interessam já são os melhores mesmo.

      Eliminar
  4. Já ouvi falar muito bem de Incarceron mas eu nem sei bem sobre o que é
    Fiquei bastante interessada nos livros Crônicas do matador do rei
    O apelido "Fóssil" é bem divertido. A sua origem, quero eu dizer.
    Um dia quero ler as crônicas de fogo e de gelo
    Para ser honesta, eu não gosto muito de livros de fantasia.
    As minhas notas comparadas às tuas são uma desgraça! Devias puder transferir os teus conhecimentos para mim. Mas agora a sério, fazes alguma coisa em especial ou basicamente é só empenho e gosto em estudar?
    refugio-acessivel.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, eu deixei o link da resenha que fiz aqui no blog, então você pode ir lá ver do que trata se estiver interessada. As crónicas do matador do rei são PERFEITAS, até agora nunca vi uma única resenha negativa, já convenci toda a minha família de cá de casa a ler e gostaram imenso. É o meu livro favorito, então sou um pouco culpada por estaria dizer isto dele, mas leia assim que conseguir :) Eu gosto de livros de fantasia - muito, embora agora me sinta apenas atraída pela fantasia adulta - porque, além dos temas que os outros livros nos apresentam, tem como extra elementos sobrenaturais. Quanto à parte das notas, já comentei no seu blog sobre isso >.< Tenho um post sobre dicas para estudar, posso dar-lhe o link se quiser.

      Eliminar
  5. Oxe, mim não leu o post, só vim mesmo te avisar que plagiaram seu post de ilustrações larguinhas - vocaloid
    O que vc fez:http://sou-uma-adolescente.blogspot.com.br/2013/09/ilustracoes-larguinhas-vocaloid.html
    O plagio:http://animegirlskawaii.blogspot.com.br/2014/09/explicacoescabecalhos-e-ilustracoes.html
    Tirei print:http://1.bp.blogspot.com/-0FXcUWUZ05Q/VBds0T_R8rI/AAAAAAAAEnM/W7N6caUjLbM/s1600/plagio.png
    ~agora eu li o post~
    Todo mudo já leu Crônicas de Gelo e Fogo menos eu ~mãe me dá dinheiro~
    wordof-anime.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohayou :) Muito obrigada pelo aviso, fico contente por saber que há pessoas prestes a avisarem-me quando ocorrem incidentes desses, mas agora que fui verificar, notei que já colocaram créditos de um outro blog meu, o Chuva de HTML. Portanto, eu não me importo que fique assim. Quanto ao post, eu acabei por não concluir a leitura, sei bem que séries não substituem os livros, mas tenho outras leituras que pretendo terminar primeiro.

      Eliminar

♡ Saiba mais sobre o mim ou sobre o blog através do menu

♡ Quanto a comentários:
» Os pedidos são aceites nos comentários ou na ask (vejam o menu)
» Críticas construtivas são bem vindas. Barracos, não.
» “Seguindo, segue de volta?”, só serão aceites em blogs principiantes – e eu irei confirmar ao blog. Caso contrário será ignorado.
» Deixe o link do seu blog no fim do comentário e eu faço questão de pelo menos visitar e comentar.
» Pode usar estas carinhas:
=((•̪●))= ๑(•ิ.•ั)๑ ٩(●̮̮̃•̃)۶ ε(●̮̮̃•̃)з ٩(×̯×)۶̿ ┌∩┐(◣_◢)┌∩┐ ⊙▂⊙ ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙▽⊙ ⊙﹏⊙ ⊙△⊙ ◑▽◐ ◑ω◐ ◑﹏◐ ●︿● ●ω● ●﹏● ≧▂≦ ≧︿≦ ≧ω≦ ≧﹏≦ ≧▽≦ >︿< >ω< >﹏< >▽< ≡(▔﹏▔)≡ (¯▽¯;) <(“”"O”"”)> (-__-)b (;°○° ) \( ̄︶ ̄)> <( ̄︶ ̄)/ (/≧▽≦/) \(≧3≦)/ \(≧ω≦)/ o(≧ω≦)o o(≧o≦)o ㄟ(≧◇≦)ㄏ ╮(╯▽╰)╭ ╮( ̄▽ ̄)╭ (~o ̄▽ ̄)~o ~ 。。。(~ ̄▽ ̄)~[] (╯-╰)/ (*^3^) 'U_U ♪ ♥ ஐ ▲☼゚ ♣ (๏̯͡๏) †