julho 06, 2014

Mini-resenha dos animes da temporada.


Ohayou ^^

Não, não é por preguiça que farei mini-resenhas. É apenas porque são muitos animes de que quero falar, mas vários deles não foram extensos nem dignos o suficiente para merecerem uma resenha das grandes, que exige imensa dedicação e tempo. Além disso, também quero falar do único anime que vi da temporada anterior, Noragami, e que já estava em atraso. Oh, não se preocupem, este post não será nada pequeno >.< Pelo contrário, é capaz de ficar maior que uma resenha normal, e como a maioria destes animes já chegaram ao fim, quero saber se alguém aqui também assistiu e o que achou deles.


  • Mahouka koukou no rettousei
Sabem, este foi de todos o anime que mais me surpreendeu, embora o que eu menos tenha gostado no começo. Parece contraditório? O primeiro episódio foi aborrecidíssimo, mas acabou por mostrar que tinha potencial, se a história fosse bem explorada. O enredo fala do futuro do nosso mundo, onde a magia era até mesmo considerada uma ciência e podia ser usada por todos, com ou menos sucesso. Esse último é o caso do nosso protagonista, Tatsuya Shiba, que apesar de ter pouco talento com magia está longe de ser tão fraco quanto os seus inimigos pensam: ele é extremamente inteligente e racional, além de ter desenvolvido as suas próprias habilidades e conhecer uma série de segredos que serão importantes para a história. Ele e todos os outros incapazes de usarem magia eram chamados de Weeds, e os que usavam magia eram os Bloom - há uma grande rivalidade entre os grupos, que inicialmenteme pareceu o foco da trama, mas vai sendo superada com o tempo e a história vai mais longe que isso - yup, prestem atenção a todos os boatos sobre organizações, intrigas, segredos... Quanto à irmã, Miyuki, talentosa com magia, tinha-me parecido uma mimadinha cuja única palavra que sabia era onii-chan e estava perdida de amores pelo próprio, mas ela também tem personalidade. E os próprios amigos a têm. Então, não se deixem desencorajar pela apresentação fraca do primeiro episódio, que engloba explicações que ainda nos deixam mais confusos, ou onde os alunos parecem tão superficiais que nos fazem morrer de tédio. Dá para o aguentar nem que seja pelos gráficos, sim? Porque o resto compensa. A história melhora consideravelmente a partir do quarto episódio, onde são introduzidas batalhas bastante boas e inteligentes - embora não foquem muito na ação propriamente dita -, novos elementos, reconhecemos as personagens, e há até comédia, e um ecchi ligeiro. O que mais gosto no protagonista é que, apesar de a sua genialidade começar a ser reconhecida por todos e as mulheres estarem perdidamente apaixonadas por ele, dá-lhes cada patada que me parto a rir, e o pior é que consegue fazê-lo com toda a calma e educação possível >.< Enfim, eu indico que pesquisem mais sobre o funcionamento do mundo aqui: www


  • Mekakucity Actors
Ah, a adaptação das músicas de Kageru Project! É, elas de certa forma estão ordenadas de forma a ter lógica e formar episódios que realmente nos dão a volta à cabeça. Eu já sabia qual era o final e quanto era dramático, mesmo assim, soube bem assistir todos os episódios e compreender um pouco melhor como as músicas se entrelaçavam. Acho que o único ponto fraco é que alguns momentos me pareciam um bocado parados demais, mesmo que provavelmente essa fosse a intenção. E os narizes. Credo, que narizes horríveis! Mas fora isso, garanto desde já que a arte é totalmente original, com cores fortes, contrastes de modo a chamar atenção para as coisas certas, sem aquela beleza gráfica toda mas permanecendo fiel ao traço das músicas, que até eram incluídas nos episódios. Adorei os elementos do grupo. Apesar dos riscos que corriam, do passado (e futuro) assustador, e todas as revelações tenebrosas sobre as suas habilidades oculares e tal, eles conseguiam ser engraçados ou ter momentos de descontração, interagir uns com os outros de uma forma perfeita e ainda permanecerem fieis às suas próprias personalidades do início ao fim.  Há até mesmo algum romance. Gostei, desde o momento em que a Ene arrancou o Shintarou de casa (que acabou por se habituar à companhia das pessoas), até... bem, ao final. E as revelações eram fantásticas, pelo menos aquelas que eu ainda não sabia conseguiram surpreender-me em alguns pontos. Tipo, nunca imaginei que estivesse tanta coisas por trás das habilidades deles, que resultavam de quando eles vivenciaram uma morte de perto. E pelo que soube, o anime não revela metade das coisas que são contadas no mangá e nas músicas! Na verdade, eu achava que seria uma adaptação de 24 eps, quando soube que eram 12 comecei logo a julgar que o final seria filler ou algo assim, e que estavam a desperdiçar tempo fazendo alguns minutos muito parados a meio dos lançamentos - não me enganei. O fim foi extremamente confuso, pelo menos deixaram imensa coisa por explicar. Mas pelo menos, o que explicaram, fez-me entender melhor que algumas músicas. Então, sim, eu recomendo. Até podiam adaptar mais projetos derivados de vocaloid, acho que faria imenso sucesso, pelo menos para os fãs.


  • No game No life
Gostei tanto dos dois irmãos, Shiro e Sora! xD Eles eram dois NEETs - pessoas que se isolam da sociedade, vivendo apenas no seu quarto, normalmente agarrados a máquinas, jogos ou outras obcessões - que diziam formar um grupo, Kohaku. E kohaku nunca perdia nenhum jogo. Não perdendo nem contra um deus, este faz o favor de os transportar para um mundo que era muito mais a cara deles, onde tudo é decidido através de jogos, desde pequenas birras a fronteiras de território. E embora toda a gente fale como se tivesse sido normal eles desejarem voltar para o seu mundo, como no anime SAO, eu soube sempre que eles sabiam o quanto teriam a ganhar por estar ali e nunca quereriam voltar à realidade que tão pouco os valorizara. Lá, eles até se conseguem tornar reis! São dois pequenos génios. Enquanto que a irmã de 11 anos, Shiro, é do tipo mais lógico, o irmão, Sora, é mais intuitívo e escandaloso, embora muitas vezes use esse ar extrovertido como uma farsa, pois ele é bem sério quando quer. E são os dois lindos, por acaso, o que é ainda mais realçado pelo traço fino e o excesso de cores vivas, que não agradou a toda a gente, mas eu achei perfeito. Falando em beleza, o anime tem imeeeeeeeeenso ecchi, eu achei, mas nem sequer me incomodou, porque ele não é simplesmente fanservice (pelo menos, não sempre), sendo muitas vezes usado ou para o lado cómico, ou para distrair o espectador e os próprios inimigos de Kohaku das jogadas secretas. Eles poderiam conquistar tudo o que quisesse. Mas se fossem separados, entravam em pânico. Quanto ao final, eu achei os episódios finais muito bem "bolados" (falando menos à Portugal e mais à Brasil), pois apesar de nós sabermos que a dupla tinha de vencer, principalmente apostando tanto num único jogo, as cenas de ação conseguem criar imensa expectativa, parece impossível superar as situações que eles enfrentam. O mais incrível de tudo é que Kohaku acaba por tornar os seus antigos inimigos, amigos, sem precisar de tagarelar muito, em vez disso, continuam sempre a agira com a arrogância de quem sabia que tinha todos na palma da mão. Ver os próprios ex-inimigos aceitar isso é encantador, lamechas, mas bastante diferente de todos os animes que já vi. Então, parabéns - a light novel foi planeada por um brasileiro, e já estou a aguardar a segunda temporada ;)


  • Haikyuu!
Ah, Haikyuu está a ser um dos meus queridinhos :) Só comecei agora a ver Kuroko no Basket, e apesar desses dois animes terem fãs comuns, eu não acho que sejam assim tãaaao parecidos. Haikyuu trata de voleibol, o protagonista - Hinata - é muito extrovertido, e apesar de no primeiro e segundo episódio ele e Kageyama serem verdadeiros rivais, torna-se óbvio que funcionam muito melhor do mesmo lado da rede, inventando um passe totalmente louco e impensável juntos e muito mais amigos do que se atrevem a admitir - pelo menos, a mim parece que são bastante próximos, e mesmo personagens secundárias ficam espantadas quando descobrem que no começo eles não se davam bem. Admiro muito a parte técnica do anime: os traços melhoraram consideravelmente em relação ao mangá, sendo que as personagens podem ser chamadas de bonitas, e são bastante reais, com estaturas diferentes e sem um músculo exagerado, afinal eles ainda estão a aprender. A opening é animadora e acho que encaixa com a trama, e alguém aqui notou que as imagens da ending são uma alusão a uma das endings de Naruto Shippuden? Haha, eu sim ^^ O enredo foca bastante bem nas dificuldades que Hinata teve por, antigamente, não ter uma equipa com quem treinar vollei e mesmo assim, para se superar, ele chegou a fazer todo o tipo de treinos e nunca desanimou ou se zangou com ninguém, o oposto de Kageyama, que sempre foi talentoso, e foi escorraçado do time por ser tão exigente, arrogante e mandão. Então, o anime mostra muitas cenas de superação e aqueles momentos extremamente cómicos que acontecem sempre que amigos estão reunidos. Tem alguns momentos mais parados, e outros de ação (como os próprios jogos) onde lidam genialmente com ângulos de visão, mas ambos são bastante emocionantes, e eu adorei como todos conseguiram fazer amizade com as escolas contra as quais têm de jogar. Foi bonito, engraçado, e nesse aspeto, totalmente diferente de Kuroko. E está a encher os tumblrs que sigo, então acho que se pode garantir que tem qualidade suficiente para atrair essa minna toda.


  • Noragami
Eu sei, é da temporada passada, mas foi o meu favorito, e é do estúdio Bones :3 Yato, um antigo deus das calamidades, agora já não é adorado e nem sequer tem um templo, aceitando fazer qualquer tipo de serviço por apenas 5 yen. Um dia, quando ele estava a trabalhar procurando um gato, é avistado por uma colegial chamada Hyiori, que por não saber que ele era um deus e ser a única a vê-lo, se atira para o meio da rua para o impedir de ser atropelado. Conclusão: ela acaba no hospital, e a partir daí ganha a habilidade de se transformar num semi-espírito (chamemos assim). Querendo o seu corpo de volta, começa a acompanhar Yato nas suas aventuras, mimimi, o Yato arranja uma "arma" que na verdade é um rapaz chamado Yukine, aparecem inimigos, aliados, e essa coisa toda. Tecnicamente, a base é boa, mas nada fora do normal. Vamos ver o quê que me fez, juntamente com tantas outras pessoas, adorar o anime? Opening e ending, lindas, épicas, com excelentes efeitos e o dom de ficar na cabeça; Yato: ele parece ser um pobre deus que sonha acordado sobre a sua futura glória, mas consegue ser extremamente cómigo, desligado, divertido e tudo isso. Além do mais, ele tem o seu lado épico, luta muito bem e é lindo. Tem olhos azuis *.* ; A amizade que une o trio - essa amizade, mais forte depois de o Yukine ter admitido que não se andava a portar lá muito bem e ver como isso interferia com o Yato, é posta em causa imensas vezes, sendo que a mais dolorosa foi quando [spoiler - selecionem o texto para ver] a Hyiori perde a memória [/spoiler], mas os obstáculos são sempre superados; As batalhas são excelentes, o gráfico também, e as personagens secundárias conseguem fazer-nos odiá-las ou adorá-las exatamente na medida certa. E tecnicamente é isto. Mesmo que o anime peque imenso em relação ao mangá, não dê sinais sobre possível continuação, e o episódio final seja filler, é o tipo de treta que ostenta um disfarce épico e nos faz devorar os episódios. É o tipo de trama que se sustenta muito bem e não dá para parar porque, antes de nos apercebermos, já ficamos viciados nos pontos fortes do anime.


E voilá, terminei. Não eram resenhas assim tão pequenas, mas de qualquer forma, deixei muito por explicar devidamente. Enfim, mas não queria perder muito tempo a falar de tantos animes. Já agora, volto a deixar um link para vocês lerem, é uma tirinha sobre um "Ferreiro de corações" que encontrei no blog Black Dandelion ;) Aqui» www. É muito bem desenhada e um pouco triste, adorava ter sido eu a fazê-la.

Que animes vão acompanhar da nova temporada? Eu quero continuar a ver, da antiga, Haikyuu e Mahouka koukou no rettousei, dos novos pretendo ver Kuroshitsuji: Arco do circo, Sword Art Online II, Free 2, a remake de Psucho Pass e quero dar uma oportunidade a Ao Haru Ride, Barakamon, Sailor Moon (remake), Dramatical Murder (que será apenas shonen), Tokyo Esp, e já são muitos >.<

10 comentários:

  1. Dos que você resenhou eu quero assistir Mekakucity Actors, Noragami e No Game No Life. Mas também tem alguns outros que quer terminar, como Hyouka e Nichijou, e os que eu tenho que assistir, como Free! Eternal Summer. Também tenho alguns mangás que ando lendo como Hirunaka no Ryuseei (recomendo muito) e Love So Life, os dois são shoujos.
    A tirinha é bem triste mesmo ç-ç Amei o traço! Espero um dia ter talento o suficiente para fazer desenhos bons como esse! ^-^

    ~Chu Ani

    | | Isabelle, do Black Dandelion | |

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hyouka eu ainda só vi o primeiro ep, e também queria muito continuar, mas não tem resultadol porque há sempre mais animes a roubar o meu tempo >.< Valeu pela dica dos mangás, eu já tinha adicionado Hirunaka no Ryuseei quando descobri o nome, tinha andado a procurá-lo feita maluca, porque as imagens que vi eram lindas :3

      Eliminar
  2. Olha me sentindo ofendida porque sua resenha fica melhor do que as minhas e você disse que eram minis JKLDSAJDLASJ~DAJDALJDÃJDLA -qqq
    Primeiramente bom dia o/ ~ Segundamente, agradecendo imenso aqui também pelo cabeçalho a nível de profissa que você fez pra mim ;A;
    Então, sobre o post:
    CARA, eu deveria ter entrado aqui ontem porque era domingo e eu mofando em casa com a minha irmã e uma perguntando pra outra "que animê a gente vê agora??"~ Mas tudo bem, ela tá de férias e eu mostro esse post pra ela (é que ela não tem blog e nem lê muito qq diferente de mim que sou viciada em blogs HDHAUDADHAUDAHDUA)~
    Eu ando tão desligada do mundo dos animês que eu nunca tinha ouvido falar do Mahouka koukou no rettousei, mas já botei na listinha pra poder ver com a minha irmã. Ela é super otaku também mas ultimamente eu ando sem saco pra assistir algo, então é bom que eu tenha companhia pra poder ver junto XD No Game no Life eu estava esperando terminar mas eu esqueci (como sempre) de ver. Nem sei se terminou também, mas de qualquer forma foi porque me indicaram.. Falaram que é muito bom mesmo HDASHASJDHÇ e deve ser porque minha dash do tumblr sempre tava tão lotada com gifs e prints desse animê... Haikyuu pra mim é um caso à parte, porque as fujoshis que eu fico conversando vêem tanto ele que me deu desânimo de começar logo de cara e não achar aquelas coisas. Mas tenho certeza de que eu vou acabar vendo quando não tiver nada pra fazer KJDKASLDJASDJÃDJASDJASDLASJDKASJKÃ
    Noragami já vi YAY (menos um da lista -q) e o outro lá que nem o nome consegui decorar não me chamou à atenção... Acho que eu droparia se começasse a ver. Da nova temporada já comecei a ver SAO II (saudades de SAO, embora todos naquela época odiassem.... ou amassem demais esse animê kkkkkkkkkkkkkk) Dos que eu irei realmente acompanhar, a minha lista não difere muito da sua, riscando Sailor Moon e Tokyo Esp. E que pena que Dramatical Murder vai só ser um shounen, mas pelo que andei vendo o povo comentando não foi tão lixo igual foi Togainu no Chi; de adaptações de um jogo bl XDD Mas vou ter minha impressão e opinião apenas quando ver, então vou-me calar aqui mesmo KDJKLDJASDJLKDJA~DA

    Esse post salvou minha lista de animês, sério. LOL
    Beijos!! ♥ Miyaneo~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahaha, não ficaram assim tão grande coisa, e eu acho que você no seu post de Noragami referiu muitas mais coisas do que eu. Depois, douitashimashite - eu gostei bastante de fazer o cabeçalho, vou já ver o seu blog para verificar se assentou bem :) Nesse aspeto, você e a sua irmã são como eu e a minha, mas agora, eu convenci-a a participar aqui comigo, e ela vai criar um tumblr! ~segredo ;) Eu já tinha ouvido falar de Mahouka e de mais alguns, graças ao blog do Diego-kun, que vai sempre atualizando a lista das temporadas. Eu gosto de ver o máximo de animes possíveis com a minha irmã, é muito mais divertido e tenho alguém com quem desabafar ou tagarelar acerca deles, além de que ela tem imenso tempo livre. Ah, eu pessoalmente estou a adorar Haikyuu, mas realmente, às vezes as fujoshis assustam >.< Uau, naquela época SAO era odiado?! Eu sempre achei que fosse um dos queridinhos do público! Exatamente, DMMD não foi tão mal quanto a adaptação desse outro jogo, mesmo que tenha sido pelo mesmo estúdio. Eu já, e até gostei, até porque os shippers continuam lá, mas mais discretos ;)

      Ja nee ^^

      Eliminar
  3. Yooo desses animes assisti No game No life e Noragami >////<,adorei ambos!No game,no life me encantou principalmente pela gráfica.A tonalidade de cores combinou completamente com o tema de jogos e fantasia,sem contar que saíram do clichê ''quero voltar para casa'' ''esse não é o meu mundo'',de cara eles já decidiram ficar por lá.O ecchi se fez bastante presente mas o bom é que foi levado para o lado cômico até mesmo o harém que se formou foi levado para esse lado (o que foi um completo alívio para mim,porque se tem duas coisas que odeio em animes/mangás é harém e ecchi).Enfim,confesso que acabei shippando Sora e Shiro >//////<
    Noragami foi um anime sensacional!Adorei o Deus desconhecido e falido Yato,que não tinha nem onde dormir.Sem contar o Yukine e a Hiyori(mesmo sendo fofinha ela mete medo na galera quando luta '-' ),e sobre o Yukine quis abraçar ele depois de ver toda a sua história (muita gente ficou com raiva dele, mas eu senti pena TT^TT),mas como sempre a Hiyori aparece para dar uma força XD
    Ainda pretendo assistir os dois primeiros animes que você comentou ^^
    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente, apesar de muita gente ter reclamado, eu achei as cores vibrantes e os traços totalmente encantadores, e os protagonistas são geniais. Eu também não gosto nada de ecchi nem de harém, mas como nesse anime até isso foi bem aproveitado e não era o foco da história, acabei por ver "na boa", o anime envolveu-me completamente. Eu também os shippo, haha, parece ridículo, mas a verdade é que eles não podem estar separados e não ^^ Por isso é que eu gosto da Hiyori, ela é uma protagonista com força e sabe o que quer, além de que eu também fiquei com pena do Yukine, tadinho :3

      Boa sorte ;)

      Eliminar
  4. Vejo que mudou de layout, este está lindo :3 E eu também troquei KKKKKK
    Não conheço nenhum desses animes, estou muito desinformada, desculpe-me por não comentar muito ;3;
    http://paradise-of-bunnies.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haha, por acaso acabei de comentar no seu sobre o layout novo e como não conheço os seus animes favoritos, então estamos quites >.<

      Eliminar
  5. Eu estou muiiito pra trás nos animes T______T
    Apenas voltei a acompanhar Fairy Tail e vi o primeiro episódio de SAO II e tipo, foi super estranho, tava buscando o novo de FT e BAM!!!!! já tinha um episódio de SAO lançado!!!!!!
    Ahhh muito desatualizada!
    A culpa é do Martin aquele velho assassino...me viciou nos seus livros T___T e não consigo larga-los kkk'

    Enfim...Estou dizendo que vou assistir Mahouka koukou no rettousei a um tempãoooo!
    Eu lembro que baixei umas 3 vezes o mangá antes de saber que ia ter o anime, mas nunca sai do primeiro capitulo...me cansava T_T MAS existem histórias que funcionam mais como anime! tenho que ver de uma vez...
    Também vou atrás de Noragami \o \o gostei *-*

    Ahh Any já ia me esquecendo, uma portuguesa apareceu lá pelo blog pedindo pra eu informar se eu sabia onde encontrar Destrua este diário. Então, já conseguiu encontrar algum lugar ? kkk'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haha, eu julgava que era porque você andava ocupada, mas afinal é porque está a ler Guerra dos Tronos? Somos duas! Embora ainda não tenho lido os últimos volumes, até porque agora também acompanho a série. Enfim, espero que goste de todos esses animes, de certeza que eles também têm saudades de você ;)

      Ah, na verdade, não, nunca encontrei essa versão, mas já encontrei variantes - embora os pedidos sejam um pouco diferentes do Wreck this journal, há várias fnacs (livrarias, não sei se existem aí no brasil) que têm essas versões, pelo menos na zona de Gaia. Espero ter ajudado alguma coisa >.<

      Eliminar

♡ Saiba mais sobre o mim ou sobre o blog através do menu

♡ Quanto a comentários:
» Os pedidos são aceites nos comentários ou na ask (vejam o menu)
» Críticas construtivas são bem vindas. Barracos, não.
» “Seguindo, segue de volta?”, só serão aceites em blogs principiantes – e eu irei confirmar ao blog. Caso contrário será ignorado.
» Deixe o link do seu blog no fim do comentário e eu faço questão de pelo menos visitar e comentar.
» Pode usar estas carinhas:
=((•̪●))= ๑(•ิ.•ั)๑ ٩(●̮̮̃•̃)۶ ε(●̮̮̃•̃)з ٩(×̯×)۶̿ ┌∩┐(◣_◢)┌∩┐ ⊙▂⊙ ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙▽⊙ ⊙﹏⊙ ⊙△⊙ ◑▽◐ ◑ω◐ ◑﹏◐ ●︿● ●ω● ●﹏● ≧▂≦ ≧︿≦ ≧ω≦ ≧﹏≦ ≧▽≦ >︿< >ω< >﹏< >▽< ≡(▔﹏▔)≡ (¯▽¯;) <(“”"O”"”)> (-__-)b (;°○° ) \( ̄︶ ̄)> <( ̄︶ ̄)/ (/≧▽≦/) \(≧3≦)/ \(≧ω≦)/ o(≧ω≦)o o(≧o≦)o ㄟ(≧◇≦)ㄏ ╮(╯▽╰)╭ ╮( ̄▽ ̄)╭ (~o ̄▽ ̄)~o ~ 。。。(~ ̄▽ ̄)~[] (╯-╰)/ (*^3^) 'U_U ♪ ♥ ஐ ▲☼゚ ♣ (๏̯͡๏) †