abril 09, 2014

Motivos para gostar de literatura de fantasia


Okaeri ^^

Hoje, finalmente, começam as minhas férias. Eu pretendia falar das minhas notas, mas de repente perdi a vontade, então irei completar a citação que coloquei na ilustração de hoje e que não cabia toda na imagem: "às vezes, as pessoas mentem, imaginam um mundo mágico diferente, sonham com um futuro distante ou inventam relações amorosas que só existem dentro da sua cabeça. Esse processo repete-se desde o dia em que nascemos até ao dia em que morremos, para todo o sempre. É deprimente. É vergonhoso. Mas nós gostamos disso. É uma doença chamada consciência." O anime é Chuu-nii. Não, nunca vi, apenas encontrei a citação.



Enfim, acabei sem espaço para explicar o titulo do post antes do leia mais. Acontece que eu sou uma viciada em literatura fantástica, não que não goste dos outros temas (bastante pelo contrário), mas consigo fazer críticas muito maiores a livros de literatura fantástica, porque estou mais familiarizada com esse tema, e consigo fazer comparações mais facilmente. Para mim, semelhanças e diferenças são aquilo que suscita mais questões, e quanto maior for o número de questões, mais forte será a minha opinião sobre algo. 

Mas indo finalmente ao ponto: porquê que estou a escrever este post? Estou a escrevê-lo porque, ainda hoje, após sucessos como Harry Potter, Percy Jackson, Guerra dos Tronos e Hunger Games, ainda há pessoas que acreditam que fantasia é um tipo de literatura fútil, quase como contos de fadas, e outra grande parte das pessoas acredita que não passam de sensacionalismos para os jovens adolescentes. E eu detesto o desprezo dessas pessoas. Se não querem gostar, que não gostem, mas pelo menos que aturem os meus argumentos primeiro. 


Motivos para gostar de literatura fantástica
  • 1. Personagens fortes
Se ainda não disse, eu sou totalmente apaixonada por personagens. Dos heróis aos vilões, dos principais aos secundários, elas são a primeira coisa que me arrasa num livro (ou filme, ou anime,... whatever). Mas enquanto que nos livros "reais" há protagonistas - igualmente incríveis e apaixonantes - com os seus problemas mundanos como, por exemplo, qual será o homem da sua vida, ou a morte prevista devido a uma doença terminal, nos livros de fantasia, os problemas são um pouco menos usuais: se vale a pena envenenar o pai para salvar o irmão que se odeia, ou a queda de uma criança de uma torre, que deixa as pernas paralisadas para o resto da vida, após ter visto uma rainha e um cavaleiro a fazerem sexo, e mesmo tendo jurado, na sua inocência, não contar nada. Personagens que seguem em frente com isso, e não passam o tempo a ter depressões ou lamoriarem-se, são muito mais corajosas, para mim. E mesmo que eu possa não gostar excessivamente da história, irei ler o livro até ao fim, nem que seja pelo respeito que lhes tenho. Ah, e nem vou falar em amores platónicos :3


  • 2. Mistura de vários géneros
Aqui está o argumento que mais repito. Gostam de histórias românticas? Fantasia tem romance. Gostam de histórias de terror, ou sangrentas? Lá está algo fácil de encontrar nos mundos paralelos. Gostam de coisas realistas? Na fantasia há descrições tão pormenorizadas que parecem saltar dos livros fora. Querem ler sobre história, ou seja, aprender sobre o passado do nosso mundo através de livros? Também há casos que abordam isso, apenas inventando alguns acontecimentos pelo meio, e justificando guerras ou intrigas de forma diferente. E nem vou falar em aventura, ou mistério, pois toda a gente sabe que isso é o que se vê mais. O que mais gosto, é que um único livro pode reunir vários géneros.


  • 3. Mitologia, fantasia, magia...
Esse elemento é o que completa todos os géneros acima, mais ou menos aprofundado, mas sempre capaz de encantar gerações de leitores. Podemos aprender sobre mitologia greco-romana, deparar-nos com dragões, lutas que misturam espadas (ou outras armas) com poderes sobrenaturais, conhecer animais que falam ou guias misteriosos, e até aprender latim com o nome de feitiços. Se for bem combinado com todos os outros tópicos de que falo aqui, então o resultado é fenomenal. Não direi original, porque no meio de tantos livros, é um pouco difícil não ver mais do mesmo, mas as diferentes abordagens sem dúvida conseguem mostrar facetas interessantes de toda essa magia, principalmente porque os autores são, também, leitores, e obviamente já imaginaram cenas que ficariam bem nos seus livros favoritos.


  • 4. Cenários e costumes diferentes
Na maior parte dos livros de fantasia, nós deparámo-nos com um cenário medieval. Claro que já temos alguma noção de como era a vida nesse tempo daquilo que aprendemos na escola, mas nos livros, a intensidade das dificuldades, da falta de higiene, da pobreza, maneira de vestir e outros hábitos é passado que modo incrivelmente mais tocante. E claro, também temos livros que se passam no nosso tempo, ou no futuro, ou até em universos paralelos. As descrições normalmente são ótimas, e o cenário reflete-se sempre na vida das personagens. Acho que toda a gente já quis ter aulas em Hogwarts, ou passar férias no Acampamento Meia-sangue :)


  • 5. O lado épico da história
Há alturas em que acho esses momentos épicos um exagero, ou demasiado idiotas, mas a verdade é que há sempre aquele rival ou aquela batalha que está por vir que dá o seu charme à história, pois por muito que pareça previsível, tem sempre algo que pode correr mal, ou que nos consegue surpreender, para não falar das revelações que surgem sempre a par desses momentos. Os objetivos finais, ou o tirano por derrotar, são algo que nos deixam apreensivos o livro todo, embora em prefira acontecimentos que surgem "do nada", ou seja, conforme o dia a dia, e não decididos a longo prazo, como se tivessem marcado uma data para os problemas...



Acredito que este post não se aplique à maioria de vocês, leitores, até porque grande parte é fã de Percy Jackson e, pelo que sei, vários de vocês já leram livros de fantasia, que não vou estar a citar, sejam eles mais ou menos conhecidos. Mas caso alguém por aí não seja, então esteja pronto para debater comigo >.<

6 comentários:

  1. Sinceramente eu não lia nenhum dos livros que você citou, já lia outros de fantasias e adorei todos. Um que eu posso destacar é de uma escritora brasileira, o livro se chama "Valentina, a Herdeira da Magia", o livro é muito divertido e eu super recomendo. Achei que você descreveu tudo perfeitamente, amei o post.

    Bjos

    http://emmeumundodiferente.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haha, eu tive o cuidado de citar alguns dos mais famosos entre os adolescentes para ver se alguém se identificava, mas pelos vistos você consegue ser original >.< Eu amo fantasia, ainda bem que você também gosta. Nyah, nunca ouvi falar, mas confiando no seu gosto, tenho a certeza de que adoraria ler. Infelizmente, cá em Portugal quase não há livros brasileiros :/ Vou ver se acho na net.

      Eliminar
  2. Literatura e fantasia é realmente muito legal, mas amo suspense e clássicos *---*
    Achei que talvez quisesse o link do meu blog novo ^^
    http://w-unicorns.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto de clássicos, e suspense também, mas prefiro quando conseguimos encontrar esse elementos num livro de fantasia :) Achou bem, vou já visitar ;)

      Eliminar
  3. Realmente, seu lado persuasivo é muito forte. Já pensou em investir mais nesse ponto, trabalhar com isso. Se daria muito bem. Eu mesma (apaixonada por fantasia assumida) me peguei concordando com tudo e considerando possibilidades atrás de possibilidades dentro desses universos fantasiosos.
    Realmente, fantasia é o meu gênero favorito e é maravilhoso =3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que sim, pelo menos divirto-me bastante a tentar convencer pessoas >.< Acho que esse é um dos motivos porque gosto das aulas de filosofia, nunca pensei em encarar isso como uma profissão, mas acho que acabo por exercê-lo de certa maneira nos meus posts. A ideia era que alguns leitores se identificassem. Também é o meu género favorito, somos duas apaixonadas pelas maravilhas desses mundos fictícios :3

      Eliminar

♡ Saiba mais sobre o mim ou sobre o blog através do menu

♡ Quanto a comentários:
» Os pedidos são aceites nos comentários ou na ask (vejam o menu)
» Críticas construtivas são bem vindas. Barracos, não.
» “Seguindo, segue de volta?”, só serão aceites em blogs principiantes – e eu irei confirmar ao blog. Caso contrário será ignorado.
» Deixe o link do seu blog no fim do comentário e eu faço questão de pelo menos visitar e comentar.
» Pode usar estas carinhas:
=((•̪●))= ๑(•ิ.•ั)๑ ٩(●̮̮̃•̃)۶ ε(●̮̮̃•̃)з ٩(×̯×)۶̿ ┌∩┐(◣_◢)┌∩┐ ⊙▂⊙ ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙▽⊙ ⊙﹏⊙ ⊙△⊙ ◑▽◐ ◑ω◐ ◑﹏◐ ●︿● ●ω● ●﹏● ≧▂≦ ≧︿≦ ≧ω≦ ≧﹏≦ ≧▽≦ >︿< >ω< >﹏< >▽< ≡(▔﹏▔)≡ (¯▽¯;) <(“”"O”"”)> (-__-)b (;°○° ) \( ̄︶ ̄)> <( ̄︶ ̄)/ (/≧▽≦/) \(≧3≦)/ \(≧ω≦)/ o(≧ω≦)o o(≧o≦)o ㄟ(≧◇≦)ㄏ ╮(╯▽╰)╭ ╮( ̄▽ ̄)╭ (~o ̄▽ ̄)~o ~ 。。。(~ ̄▽ ̄)~[] (╯-╰)/ (*^3^) 'U_U ♪ ♥ ஐ ▲☼゚ ♣ (๏̯͡๏) †