dezembro 21, 2013

Tonari no kaibutsu-kun


Okaeri :)

Adiantando os rascunhos, como prometi, acabei por resenhar vários animes - gómen, foi o que me veio à cabeça >.< Então, o anime que trago hoje é um shoujo que acabei por ver por insistência da minha irmã, que está neste momento a espiar a postagem, e que eu acabei por adorar, porque não tem tantos exageros e identifico-me em parte com a protagonista, Shizuku. Nome? Tonari no kaibutsu-kun, que significa "O monstro sentou do meu lado" ou "o monstro é meu vizinho". Obviamente, o papel de "monstro" será desempenhado pelo garoto principal, Haru.



Eu acho que o mais importante na história não é o enredo, e sim as personagens. Foca-se principalmente na relação entre os protagonistas, mas todos os amigos deles são importantes, do começo ao fim, porque todos têm contributo na vida uns dos outros, desde a maneira de viver à expansão dos horizontes. Falando de cada uma delas:


  • Mizutani Shizuku
É a protagonista, uma estudante muito dedicada, exigente com os seus resultados e que gosta verdadeiramente que a deixem em paz. Tem atitudes um pouco frias e mantém distância mesmo de quem lhe é mais próximo, mas também tem um lado sensível e é extremamente sincera e direta.


  • Haru Yoshida
Um protagonista bipolar, impulsivo, muito inteligente mas despreocupado, violento mas carinhoso simultâneamente, estando sempre disposto a ajudar os outros, apesar de ter poucos amigos (e até problemas com a família), já que quase toda a gente teme o seu comportamento de delinquente.


  • Asako Natsume
A vida dela no começo não passava do computador, mas apesar das amizades virtuais, ela era muito solitária, até porque ela se obrigou a ter apenas amigos virtuais porque as outras garotas gozavam-na por ser demasiado popular com os garotos. Muito má aluna, também.


  • Sohei Sasahara
Simpático, gentil, que se preocupa com o Haru e não quer problemas. Um pouco popular, mas mesmo assim, sem tantos amigos quanto isso. É muito bom em softball. É uma personagem que está sempre bem disposta.


  • Yamaguchi Kenji
Sempre chamado de Yamaken, é um loiro que tenta parecer arrogante, ou pelo menos distante, mas nota-se que é sensível. Bom aluno e esforçado, mas com um péssimo sentido de orientação. Lidera um grupo de garotos idiotas.




Todas têm personalidades diferentes entre si e que se encaixariam bem em pessoas reais - uma estudante dedicada, um garoto extrovertido e conflituoso, uma garota sensível que finge ser quem não é por trás da tela do pc, o típico amigo prestável, o inteligente e sério líder de um bando... Vulgares, mas que eu achei extremamente fofas. Principalmente o Yamaken. Ele foi tão gentil com a Shizu :3 Mas, apesar de serem estereótipos conhecidos, não são nada usuais como protagonistas. E eu achei isso extremamente divertido e original :) É tudo tão irregular que nem dá para prever o que vão fazer, eu pelo menos ficava sempre indecisa...


Logo no começo do anime, nós podemos ver que, quando a Shizu é forçada (bem, oferecem-se para lhe subir as notas em troca...) a entregar uns documentos quaisqueres, o Haru fica na esperança de fazer amigos pela primeira vez. Ele nunca fez, porque era muito violento e, na minha opinião, um pouco impulsivo. Vá, muito impulsivo. Acho que é notório. Mais notório ainda é que a Shizuku, embora fria e estudiosa, consegue ser sensível, demonstrando-o pela primeira vez ao insultar os amigos do Haru, que só queriam saber dele por dinheiro. O Haru é tão infantil que não entende isso sozinho... E as personalidades deles contrastam completamente.


Mas a história não fica por aí. Além de explorar alguns sentimentos das personagens, não é exagerado, que foi o ponto forte do anime, para mim. Tem momentos em que parece que se está a precipitar - logo no primeiro episódio, o Haru beija a Shizuku, e esta retribui os sentimentos no segundo episódio! (pelo menos não há enrolação)-


Mas esses foram momentos em que eles cederam ao coração e tal... Quando param para pensar, pelo menos a Shizu, apercebe-se de que não quer verdadeiramente entrar num relacionamento, porque isso atrapalharia os estudos e o Haru ainda é um pouco imaturo para se namorar, por muito bem intencionado que seja, e desejoso de demonstrar os seus verdadeiros sentimentos. 


E eu adorei isso! Adorei que a personagem conseguisse ser racional o suficiente, sem colocar o "amigo" de parte mas sem lhe dar demasiadas esperanças, confrontando-o sempre com o que pensava. As outras personagens também têm diversas emoções, e isso de certa forma enriquece a história, tendo relevância mas sem a fazer perder o foco nos protagonistas. E eu acho que todas as personagens são bastante adultas - exceto o Haru, como já disse. E a galinha dele >.<


Detalhes que achei bons: o facto de o Haru ser bruto mas muito inteligente (quase um génio, porque tira notas melhores que a Shizu), o Yamaken se sentir atraído pela protagonista mas sem interferir, a abordagem da história, a mãe trabalhadora e independente da Shizuku, algo bem original, momentos muito cómicos - bastante mesmo, embora não seja nenhum Love.Com - o desenvolvimento da história, que se mantém sempre no mesmo ritmo, sem ter aquelas fases onde atabalhoam tudo com acontecimentos e depois outras onde não acontece nada... Acho que a "dose" em que as coisas aparecem nos animes são bastante importantes. Dependendo do género, e tal...


Achei interessante, embora óbvio, que a Shizu se tenha apercebido que, após conhecer o bipolar do Haru, de que a sua vida nunca mais seria como dantes. Adeus ao silêncio e solidão agradáveis - pelo menos para ela ;) Algumas situações que me fazem chorar de rir, e ainda vomitar arco-íris, são quando o garoto percebe que, fazendo um sorriso gentil e ajudando as pessoas, se poderia tornar mais popular e fazer amigos. Isso resulta em montes de raparigas perdidamente apaixonadas >.< E eu não me admiro nada. Outras, em que o Haru fica com ciúmes e quer bater no Yamaken, mas acaba por acertar na Shizu. E muitas mais, que chegam a níveis bem estapafúrdios xD


E eu gostei muito do fim do anime. Porque não é decisivo, deixa o final em suspense. Não sabemos coisas que, na maior parte dos animes, seriam importantíssimas, como decisões amorosas da protagonista - eles nunca se declaram no mesmo momento, e ainda à um triângulo amoroso. E embora isso me inquiete um pouco, achei uma jogada de mestre, porque cada pessoa pode imaginar o final que quiser, conforme gostar mais ou achar que faz mais sentido, e eu vejo pelo menos 3 possibilidades. E é belo. Os cenários são bons mas nada de extraordinário, então o que sobressai é a emoção de cada situação. E eu achei que, fosse qual fosse o final, faria sentido à sua maneira. 


Bem, não é o melhor anime do mundo, mas eu gostei da serenidade e dos momentos cómicos dele, acho que o deixou muito agradável. E bastante digno de uma segunda temporada, que ainda não sei se haverá. Tão poucos episódios deixaram alguns assuntos tão superficiais... Havia imenso potencial, e adoraria se alguma vez se decidissem a explorá-lo criando mais alguns episódios *.*


Bai Bai :)


é, sair pela porta dá muito trabalho... ;)

8 comentários:

  1. Owwwnti *O* Esse anime parece ser bem fofo *-----* Já ouvi falar muito dele e talvez veja ><
    Gostei do facto que não é como aqueles shoujos normais,só mimimi xD Também têm momentos cómicos ^^

    Sou bastante parecida com a Asako Natsume ^^ Tirando a parte de ser popular com os rapazes,só sou para amizades e coisas assim ^^'
    -----------------------
    Adoro os teus posts sobre animes >< Foi através das tuas resenhas que descobri o anime Kimi Ni Todoke(que ainda não vi xD),mas mesmo assim levantou-me mais curiosidade \(≧ω≦)/

    Kissus!>3<
    My Paradise

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é :3 É bastante conhecido, também, e eu fico contente por tê-lo resenhado. Aliás, respondendo à parte final, nunca imaginei que você tivesse descoberto animes através do meu blog, mas ainda bem, veja quando tiver tempo, como eu faço >.< A Asako é mesmo querida e engraçadinha, e até me identifico quanto ao facto de passar imenso tempo no computador, mas pelo menos sou boa aluna ;)

      Eliminar
  2. Olá! Primeira, seu post está maravilhoso! Já assisti o anime e gostei muito, e queria muito que saísse uma segunda temporada. A coisa dele que mais gostei foi exatamente o fato de o final não ser decisivo, neste ponto ele me lembra outro anime, onde também não há uma decisão da protagonista que é Amnesia - não sei se já assistiu -. Chu ~♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nyah, ainda bem que gostou :3 É, eu adorava ver uma segunda temporada, acho que tinha de tudo para continuar, e com imenso sucesso. Aliás, eu não sei sequer se há mangá, mas se tiver, estava a pensar em confirmar para ver se encontro coisas que não aparecem no anime. Ah, eu comecei a assistir amnesia, mas não vi muito, porque sou demasiado ocupada - então não sei como é o final, mas se é desse tipo, vou adorar ^^

      Eliminar
  3. Gostei muito do seu post, você explicou muito bem sobre cada personagem, o ponto forte de cada um e pontos específicos da historia. A unica coisa que eu n gostei foi a parte do romance, porque ficou uma coisa muito vaga, digamos assim. Más foi bom de qualquer maneira e continuo aguardando para ver se sai uma confirmação de uma segunda temporada para primavera do ano que vem.

    Abraço.
    Diego|Sendo um Otaku||

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostou do post, eu esforço-me >.< Eu acabei por gostar do romance, no anime, porque não é decisivo, mas pelo menos posso imaginar o que quiser, além disso, foi fofo e engraçado. Embora tenha deixado demasiados detalhes pendentes, creio que acabou por ser uma boa jogada :)

      Eliminar
  4. Você me convenceu: preciso ver esse anime imediatamente!
    Você sabe que sou nova e não tenho muito tempo, ainda mais agora nesse fim de 2013/início de 2014 onde estive fazendo vários cursos, as aulas terminaram e comecei a me dedicar muito às minhas fanfics.
    Ah, e eu também não curto muito os shoujos, porém esse me chamou a atenção particularmente ^^
    Comecei Sailor Moon e agora vou tentar ver esse, espero que não me arrependa :3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haha, eu nunca imaginei, mas parece que sou boa a convencer as pessoas xD É, eu sei que você é nova no mundo dos animes, mas já vai conhecendo alguns importantes. E ainda bem que as aulas terminaram, não? Sempre há tempo para fazer mais coisinhas :) Acho que não se vai arrepender, eu achei diferente dos shoujos normais, e muito bonito. E falando nisso, eu só vi Sailor Moon em pequena, se calhar não me faria mal rever... Ja nee ^^

      Eliminar

♡ Saiba mais sobre o mim ou sobre o blog através do menu

♡ Quanto a comentários:
» Os pedidos são aceites nos comentários ou na ask (vejam o menu)
» Críticas construtivas são bem vindas. Barracos, não.
» “Seguindo, segue de volta?”, só serão aceites em blogs principiantes – e eu irei confirmar ao blog. Caso contrário será ignorado.
» Deixe o link do seu blog no fim do comentário e eu faço questão de pelo menos visitar e comentar.
» Pode usar estas carinhas:
=((•̪●))= ๑(•ิ.•ั)๑ ٩(●̮̮̃•̃)۶ ε(●̮̮̃•̃)з ٩(×̯×)۶̿ ┌∩┐(◣_◢)┌∩┐ ⊙▂⊙ ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙▽⊙ ⊙﹏⊙ ⊙△⊙ ◑▽◐ ◑ω◐ ◑﹏◐ ●︿● ●ω● ●﹏● ≧▂≦ ≧︿≦ ≧ω≦ ≧﹏≦ ≧▽≦ >︿< >ω< >﹏< >▽< ≡(▔﹏▔)≡ (¯▽¯;) <(“”"O”"”)> (-__-)b (;°○° ) \( ̄︶ ̄)> <( ̄︶ ̄)/ (/≧▽≦/) \(≧3≦)/ \(≧ω≦)/ o(≧ω≦)o o(≧o≦)o ㄟ(≧◇≦)ㄏ ╮(╯▽╰)╭ ╮( ̄▽ ̄)╭ (~o ̄▽ ̄)~o ~ 。。。(~ ̄▽ ̄)~[] (╯-╰)/ (*^3^) 'U_U ♪ ♥ ஐ ▲☼゚ ♣ (๏̯͡๏) †