outubro 15, 2013

Ratchet e clank


Bonjour ^^ (todos sabem que isso é bom dia em francês, certo?)

Notei que já não falo de jogos há muito algum tempo, e que nunca falei de uma coleção muito estimada por mim e pela minha irmã, portanto vou fazê-lo hoje: Ratchet e clank. Produzidos pela Insomniac games, os primeiros jogos não tinham grande qualidade, mas os últimos lançamentos são fenomenais de jogar, cheios de ideias mirabolantes e muito cativantes.

Já sabem onde clicar ;)

Os jogos são divididos em duas trilogias, a do passado e a do futuro. No entanto, irão lançar uma continuação ao último jogo da trilogia do futúro, então não sei se poderão continuar a chamar-se trilogias, né? Ouvi dizer que agora se chama saga... Enfim, os jogos são:


Aí faltam os jogos extras (como o All4one) e o futuro jogo, Into the Nexus.

É notório que a trilogia do futuro tem muito mais qualidade gráfica e não só... E o futuro jogo então, aposto que será o melhor de todos - só pelo trailer, a minha irmã ficou viciada, e eu adorei também. Está aqui, com legendas» www

Os protagonistas são Ratchet - um lombax, parecido com um gato, e é mecânico - e Clank - o seu amigo robô. Pelo que pesquisei, o jogo 1 começa quando Clank soube dos malvados planos de Drek para destruir a Galáxia, foge, mas a sua nave é abatida junto da casa de Ratchet, o único lombax sobrevivente. Concordam com uma parceria e vão em busca do famoso herói capitão Quark - descobrindo que é uma fraude... A partir daí, só darei uma noção do que acontece na trilogia do futuro.

A dupla de melhores amigos começa por enfrentar Percival Tachyon, um imperador (muito feio) que destruiu os lombaxes. Somos ajudados pelo cómico capitão quark - porque sim, ele torna-se bom, embora só dê problemas acidentalmente - Thalwun e os seus robôs, um contrabandista, a nave Aphelyon, e mais tarde por um outro lombax sobrevivente e amigo do pai do Ratchet, Alister Azimuth. Após derrotarmos Tachyon, Clank é levado pelos Zoni - simultaneamente bons e maus - e Ratchet passa o jogo seguinte à procura dele, com a Talwyn, envolvendo-se numa aventura com piratas. Só no terceiro jogo ambos se voltam a reunir, mas apenas após passarem vários momentos separados. Nesse último jogo, vamos descobrindo mais sobre a história dos lombaxes, sobre o Dr. Nefarius, o inimigo do jogo, e sobre o tempo - um elemento que eu acho incrível para se aproveitar em histórias. E como diz na contracapa: "Será que chegou o fim para Ratchet e Clank?" Não vou contar, não quero dar spoilers >.< 


Ou seja, em história não perde. Algumas ideias têm um toque clichê, mas abordado de forma bem elucidativa. Eu acho impossível não querer saber a história completa, mesmo que eu seja uma preguiçosa e ainda não tenha pesquisado, nem com a minha irmã a insistir nisso o tempo todo. O mistério e o perigo estão bem doseados, e achei ótimo não darem mais destaque a um herói que ao outro. E também detestaria os jogos se perdessem duas características: a confiança dos protagonistas - eu adoro os sorrisos confiantes deles :3 - e o humor. O sentido de oportunidade é perfeito, sabem exatamente como criar situações e diálogos engraçados sem que pareçam forçados.

Cada lugar (dungeon, se quiserem) é um mundo, ou seja, nós fazemos várias viagens interstelares. Ao longo dos jogos encontraremos várias raças estranhas e tudo funciona à base de tecnologias. Esse universo está muito bem criado, porque o aprofundaram com alguma cultura, influências, e eu adoro explorar a fundo todos os lugares em que a neve pousa. Além de que, a explorar, temos sempre muita ação. Adoro procurar objectos, principalmente se isso garante viagens com acrobacias e obstáculos, recompensas, e conhecer personagens. Outras coisas perfeitas nesse jogo têm a ver com as tarefas. Que me lembre, há lutas, buscas e quebra-cabeças. E ao lutar, a jogabilidade é ótima, já que os movimentos são fáceis de executar e as armas, sempre cómicas e eficazes, podem ser acedidas por dois menus.

E também adoro os jogos por serem uma continuação. É algo que, para mim, falta nos jogos da Zelda (www). Prefiro de longe quando sabemos tudo sobre o universo simplesmente por termos jogado os jogos anteriores, ou quando num jogo encontramos vestígios dos outros, e acho muito mais comovente terminar uma história se já estivermos familiarizados com os protagonistas.

Não, os jogos não são chocantes, extremamente profundos, envolventes ou caprichados, e passam longe de muitos jogos modernos. Mas eu gostei bastante deles, e são perfeitos para passar o tempo.

Ok... e eu e a minha irmã ficamos loucas quando soubemos que seria adaptado para cinema :o Isso é ótimo! E parece que vão manter todos os detalhes e características dos jogos! Além disso, como o Ratchet está com os olhinhos grandes, significa (suponho eu) que é criança, ou seja, pode representar os primeiros jogos ou assim. E eu adoraria, porque conheço muito pouco das orignes dele.

Vou deixar o trailer para o caso de estarem interessados. Ja nee ^^

4 comentários:

  1. Você joga Ratchet e Clank? *---------*
    Eu sou mega-gamer e não tem um jogo que eu não conheça kkkk'
    E eu preferia as sagas antigas -eu sempre prefiro sagas antigas-
    Mas não sabia que tinha filme *correndo falar para minha mãe*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nem sou grande gamer, gostava, mas não tenho tempo para isso. Mas adoro jogos, e tenho esperanças de que a minha irmã seja por mim >.< Que bom que também gosta dos jogos *.* Eu nunca joguei a saga antiga, aqui em Portugal também ainda não vi à venda, mas acho que continuaria a preferir a atual. Não sei, pelo menos pelos gráficos preferiria, mas concordo que muitas vezes sagas antigas são melhores ;) O filme vai ser incrível :3

      Eliminar
  2. Anilyan esse jogo da para jogar cooperativo com outra pessoa?
    E que eu queria jogar com a minha irmã.
    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que eu saiba não, acho que é um dos pontos fracos dele, porque eu adoraria poder jogar com a minha irmã também. Ela seria melhor que eu, porque passa mais tempo a treinar, mas seria muito fixe >.< Ja nee ^^

      Eliminar

♡ Saiba mais sobre o mim ou sobre o blog através do menu

♡ Quanto a comentários:
» Os pedidos são aceites nos comentários ou na ask (vejam o menu)
» Críticas construtivas são bem vindas. Barracos, não.
» “Seguindo, segue de volta?”, só serão aceites em blogs principiantes – e eu irei confirmar ao blog. Caso contrário será ignorado.
» Deixe o link do seu blog no fim do comentário e eu faço questão de pelo menos visitar e comentar.
» Pode usar estas carinhas:
=((•̪●))= ๑(•ิ.•ั)๑ ٩(●̮̮̃•̃)۶ ε(●̮̮̃•̃)з ٩(×̯×)۶̿ ┌∩┐(◣_◢)┌∩┐ ⊙▂⊙ ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙▽⊙ ⊙﹏⊙ ⊙△⊙ ◑▽◐ ◑ω◐ ◑﹏◐ ●︿● ●ω● ●﹏● ≧▂≦ ≧︿≦ ≧ω≦ ≧﹏≦ ≧▽≦ >︿< >ω< >﹏< >▽< ≡(▔﹏▔)≡ (¯▽¯;) <(“”"O”"”)> (-__-)b (;°○° ) \( ̄︶ ̄)> <( ̄︶ ̄)/ (/≧▽≦/) \(≧3≦)/ \(≧ω≦)/ o(≧ω≦)o o(≧o≦)o ㄟ(≧◇≦)ㄏ ╮(╯▽╰)╭ ╮( ̄▽ ̄)╭ (~o ̄▽ ̄)~o ~ 。。。(~ ̄▽ ̄)~[] (╯-╰)/ (*^3^) 'U_U ♪ ♥ ஐ ▲☼゚ ♣ (๏̯͡๏) †