maio 06, 2013

Dicas para estudar - super completas


Omedetou, minna-san
, lembram quando eu dei diquinhas para estudar, nesse post aqui? Bem, eu achei que não estava completo o suficiente, portanto aqui irei estender a postagem dizendo tudo o que sei. Espero que vos sejam úteis, diidi em várias categorias e tem muiiiiiiitas ideias.

Hoje estou um pouco melancólica. Sem querer, dei uma chapada no meu melhor amigo (eu tenho-o na conta de melhor amigo, mas não sei se ele pensa o mesmo de mim, bem entendido), e ele não me perdoa. Eu até entendo, foi com muita força nem sei como fiz aquilo e provavelmente deixei-o humilhado em frente dos amigos, mas estou tão arrependida...! Eu só queria dar um toquezinho, mas controlei um bocado mal a força. Ah, sou tão baka! :( E ele ficou mesmo zangado, a cara dele deixou-me tão triste...


~Saúde~
  • Beba água - ela ajuda na concentração, mata a sede, claro, e faz com que tenha melhores resultados
  • Tome o pequeno-almoço sempre - um organismo sem alimentos irá distraí-lo, e acredite que é terrível passar a aula pensando no que poderia estar a comer naquele momento...
  • Lanche de 3 em 3 horas - pelo menos, é aconselhável, assim evita ter fome e perder a concentração, mas não obrigatório. Coma umas bolachas, fruta, beba um iogurte ou coma dois quadrados de chocolate. Quanto mais preto, mais energético.
  • Faça desporto - durante os exercícios, distrai-se dos seus problemas, e ao regressar o seu corpo sente-se bem, mesmo que cansado, e volta-se mais para a tarefa do momento.
  • Durma o mais cedo possível - Claro, nem sempre o horário é favorável, mas não assista sempre TV ou faça outra coisa que o mantenha acordado até tarde e em vez disso vá dormir. Vai deixar você mais descansado para o dia seguinte.

~Durante o estudo~
  • Não estude com os amigos - Sim, eles são uns "queridos" e é divertido estudar com eles, mas esse é o problema. Vocês não estudam todos ao mesmo ritmo, e eles irão distrair você. Quanto muito, podem fazer perguntas para ver se o outro sabe tudo depois de terem concluído o estudo, ou tirar dúvidas uns aos outros DEPOIS de ter estudado.
  • Não se distraia - Consigo imaginar: você conseguiu determinação para pegar nos livros, e quando os abre... a parede parece tão interessante! Sério, não arranje desculpas para adiar.
  • Vista roupa amarela, ou use objectos dessa cor - Por estranho que pareça, o amarelo é uma cor forte, quente e vibrante e chama sempre você de volta à terra.
  • Televisão, Pc, fones... nunca! - Músicas para estudar? Redes sociais? Não mesmo! Não basta desligar, fique longe de tudo isso, ou irá querer dar uma espiada e, se estiver longe, sempre pode ter preguiça de se aproximar.
  • Faça os SEUS resumos - Os resumos dos outros são muito bonitos, mas você tem de pensar pela sua própria cabeça e visualizar o que está a escrever. É muito mais eficaz para memorizar. Ah, e lá porque são resumos, não exclua os detalhes, pois eles podem fazer a diferença durante a prova. Mais vale saber 100% uma parte da matéria que 5% de todas as partes. 
  • Sente-se direita - Se em vez de estar sentado na cadeira, estiver na cama, por exemplo, terá sono. Aliás, sabe o quê que eu faço? Sento-me numa posição desconfortável - tipo espargata - e digo que só desfaço quando concluir aquele tema. Isso impele-me a acabar muito mais depressa ;) Sou Baka
  • Não pause demais - Sim, toda a gente aconselha pequenas pausas, mas não exagere! Não estude 5 minutos de cada vez e vá comer e fazer outras coisas ao fim desse tempo! Concentre-se na tarefa em mãos e conclua. Mas não estude mais de três horas seguida, ou o seu cérebro ficará cansado. 
  • Tenha hábitos de estudo - Se estudar regularmente, a sua mente estará habituada a manter a informação on, e assim não ficará sobrecarregada na véspera do teste. E não diga que não tem tempo, pelo menos 20 minutos por dia, antes de dormir ou de manhã, deve conseguir.
  • Estude num local silencioso - Amigos risonhos, família bem-disposta, ruídos de fundo... eles são o seu maior inimigo, principalmente se gostarem de fazer inquéritos a você.
  • Use truques - Para compactar o que acabou de estudar, faça esquemas, use abreviaturas, siglas, invente histórias, poemas e até canções! Aliás, canções são úteis, porque ficam na memória. Assim, daqui por alguns anos, será só relembrar a letra.
  • Faça exercícios - Também para consolidar o estudo, faça exercícios, fáceis, difíceis, ou aparentemente impossíveis, sobre todos os temazinhos... Principalmente de matemática. Escolhas múltipla, perguntas de resposta curta, exercícios de associação, perguntas de desenvolvimento, textos, equações - pelo menos um de cada tipo dos exercícios que fez nas aulas.
Este é o problema de estar com os amigos.

~Na aula~
  • Anote tudo o que stor diz - Nos cadernos, folhas à parte, blocos de notas, margem dos livros... Toda a informação é útil. Para acompanhar o que é dito, use abreviaturas e não se preocupe com a letra.
  • Faça o dever de casa - Por muito chato que seja, ajuda a consolidar o que aprendeu e conta para avaliação. 
  • Faça as pesquisas - procure fontes fidedignas na net ou em livro, e produza o seu próprio texto. Escolha um design simples, mas bonito - ou seja, com destaques, imagens e alinhamentos ao seu gosto, mas sem demasiadas cores e efeitos porpurinados. Coloque sempre: identificação, tema, créditos, introdução, desenvolvimento e conclusão, e imagens. E apresente baseado no que aprendeu, não a ler. Para fonte, indico Calibri, Arial ou Times New Roman.
  • Tire dúvidas - Não percebeu alguma coisa? Sente que tem uma dúvida absurda, mas ela não sai da sua cabeça? Não tenha vergonha de perguntar, pois isso mostra interesse, e quase todos os professores terão gosto em esclarecer. Quanto muito, pergunte discretamente, no fim das aulas. 
  • Sublinhadores são úteis - Partes importantes, citações, termos e conceitos... estabeleça um código de cores, para que cada cor corresponda a um tipo de informação importante. Esquemas também ajudam a organizar as ideias. 
  • Não disperse a mente - Lembra-se da comida de que falei em cima? Esqueça. Está afim de um menino lindo? Ignora. Tudo o que não é da aula, projecte num papel imaginário, amasse o papel, e ponha no lixo.
Nunca esteja assim

~Organização dos materiais~ a parte mais agradável de se ser um aluno aplicado 
  • Canetas e lápis - Uma coisa que fica muito linda é, em casa, organizar as canetas em canecas brancas com frases ou desenhos. Também pode dividir por cores. Na escola, use um estojo.
  • Borrachas, afias, clipes - Caixinhas baixas são o mais indicado para objectos pequenos, mantenha-os sempre à mão, pois poderão ser úteis e mantém o papel com qualidade.
  • Post-it - Sempre que tiver uma ideia, um compromisso, algo que precisa lembrar ou salientar, escreva no post-it. É muito útil e fácil de transportar.
  • Sublinhadores - Como já falei, servem para partes importantes, citações, termos e conceitos... estabeleça um código de cores, para que cada cor corresponda a um tipo de informação importante
  • Pastas - Sabe aquela ficha que o seu stor deu? E aqueles exercícios? Oh, onde guardou a pesquisa para história?! E os apontamentos da sua amiga?!!! Não perca nada, arranje uma pasta para arquivar as suas fichas, ou divididas por disciplina (História, Frânces, Matemática...), ou por tema (resumos, pesquisas, exercícios...). 
  • Cadernos - Não são obrigatórios em todas as escolas, apenas servem para apontar cada uma das coisas dividido por disciplina. No entanto, se permitirem, leve apenas uma folha para a aula (é mais leve), tire os apontamentos, resuma tudo em casa e arquive.
  • Agenda - Extremamente importante, é onde aponta compromissos, tarefas, prazos para entregas de qualquer coisa, provas, ideias... E também para falar do que gosta. Dicas aqui.
  • Dicionário - um dicionário pequeno é fácil de transportar e ajuda a esclarecer frases que contém palavras que não sabe o significado.

~Antes da prova~
  • Reveja os resumos - isso irá ajudar a relembrar o que estudou. Faça perguntas a si mesmo e tente resolver, poderá ajudar a verificar o quanto sabe algo.
  • Cheire Alecrim - Por bizarro que seja, o alecrim é uma flor que ajuda na concentração. Está provado cientificamente, então não arrisque e cheire alecrim! talvez...
  • Faça o necessário - Antes da prova, não dá para estudar tudo. Em vez disso, lanche, vá ao banheiro, reveja os resumos... Fique calmo, frio e lógico. Quem faz Yoga tem vantagem nisso, se você é nervoso aprenda mais sobre meditação. E não se preocupe, se estudou e fez o que podia, mesmo que a prova corra mal, não é culpa sua, nem de ninguém.
  • Afaste-se dos burros, e dos sabe-tudo - Dos burros, porque irão refutar a sua lógica, criar dúvidas que não deviam existir e deixá-lo irritado. Dos sabe-tudo, porque eles estão sempre um pouco em competição para ver quem sabe mais, e poderão dar a sensação de que você é um ignorante e deixá-lo nervoso.
  • Verifique se não falta nada - canetas, lápis, folha de rascunho, folha de prova, calculadora, identificação... sei lá, o que for exigido. Se permitirem, leve água consigo.
Hum...Não entre em pânico, tá? Evita figuras ridículas kk

~Durante a prova~
  • Concentre-se - É a palavra chave. Se dispersar ou ganhar sono, metade do teste será um desperdício. Aquilo tem de ser feito, e distrair-se não fará o tempo passar mais depressa nem dará melhores resultados.
  • Leia bem as questões - Pode fazer toda a diferença, leia e releia o quanto for necessário e analise possíveis imagens e documentos. Atenção em respeitar o que é pedido, se não, mesmo com raciocínio certo, pode perder pontos por não mostrar, por exemplo, as casas décimais que eles pedem. Ou então, escolhas múltiplas em que a diferença nas alternativas está na localização da vírgula.
  • Nunca deixe em branco e expresse-se - Se não sabe o que fazer, tente. Se não sabe concluir, comece. Por absurdo que pareça o que acabou de escrever, pode ainda valer um ou dois pontos. Tem uma ideia do que a questão está a falar, mas não sabe como se chama? Diga por palavras suas, "aquilo que está representado na figura A com pintinhas" ou "aquele tipo de limite tecntónico em que as placas se afastam". 
  • As mais difíceis para o fim - Se se deparou com uma questão aparentemente impossível, não perca o resto do tempo a dedicar-se a ela. Resolva primeiro as questões mais simples, e depois, se sobrar tempo, volte atrás. Caso contrário, se nunca conseguir resolver, deixará as questões à frente, que até podia saber, em branco.
  • Relembre as aulas - Encontrou uma pergunta relativamente familiar? Tente recordar como respondeu na aula ou nos exercícios de casa, e simplesmente mudam os dados.
  • Anote as ideias - Avançou uma pergunta, está a meio de uma outra resposta e veio-lhe uma pista de como responder à que avançou? Não interrompa a pergunta atual, simplesmente anote a ideia numa folha de rascunho ou na margem da prova, e desenvolva-a mais tarde.
  • Escreva tudo o necessário - Se quer ter todos os pontos de uma questão (de desenvolvimento), pelo menos em Portugal é necessário referir 3 coisas - em que medida é que as imagens ou gráficos anteriores apoiam ou contestam o que vamos dizer, definições, e relacionar dados/partes da matéria/whatever.
  • Não perca tempo com coisas desnecessárias - Se a pergunta diz "Relacione os dados da figura com os tipos de fenómenos de transporte membranar", fale de todos os tipos de conhece, caracterize-os, e diga de que modo é que a figura se enquadra num deles; Se a pergunta é "Justifique, com base nos dados, porquê que este é o fenómeno do tipo X", basta focar-se nas características do tipo correto, sem perder tempo a falar das outras.

~Treinos divertidos~
  • Treine a memória - toda a gente tem um tipo de memória melhor que a outra. Se a sua for visual, tente jogos de imagens ou faça desenhos e gráficos. Se for auditiva, a ideia de fazer resumos em canções poderá ser útil e divertido, e decorar músicas em línguas estrangeiras também. Se gosta de palavras, decore textos e poemas. E se é sinestésica, relacionada ao movimento... sei lá, pode tentar com coreografias!
  • Jogue jogos de tabuleiro e outros - Pouse as consolas e dedique-se a outras coisas: xadrez, monopólio, cubo mágico, sudoku, e outros em que seja preciso pensar irão deixar os membros mais antigos da família contentes e irá aguçar o seu raciocínio. Um dia ainda vira mestre disso, e poderá competir com o computador! Só não faça jogos de sorte.
  • Escreva - Texto narrativo, informativo ou poemas, repasse tutoriais... escreva sobre o que gosta e o que sabe, e dê a ler às outras pessoas, para sentir mais motivação. Isso irá compelir você a caprichar na escolha das palavras e evitar que pareça ignorante em conversas com pessoas formadas.
  • Torne-se culto - tenho a certeza de que você se interessa por alguma coisa. Animes, história, cultura de algum país, música, moda, famosos, literatura, filmes... pesquise mais sobre isso. Tente saber tudo o que puder, é uma forma de aprender o que gosta. Mas, não seja limitado, tente saber pelo menos um ar geral sobre aquilo que não gosta tanto, assim não esbarra quando informações sobre isso são necessárias. Aprenda algo novo, nem que seja em cursos.
  • Leia - algumas pessoas encaram isso como algo penoso, mas não se deixe desencorajar pelas leituras escolares. Procure um assunto que gosta, de preferência uma história, e desfrute da narração. Leia pelo menos um livro com 100 páginas, para ter tempo de se afeiçoar às personagens e gostar da história, e não se aborreça com começos lentos. Indico Harry Potter para principiantes, porque a coleção aumenta de complexidade e tamanho de volume para volume.
Espero que tenham gostado, as minhas dicas são essas, e comigo costuma resultar ;)

2 comentários:

  1. Lindo Any! Eu que estava com dificuldade nos estudos, agora nn vou mais estar, e perdão se nã costumo comentar por aqui, mas já já entro de férias e poderemos conversar sem problemas váriados. Bjos Any!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cá em Portugal estou de férias já (finalmente!) xD não se preocupe, eu sei como é ter uma vida atarefada ou esquecer de fazer certas coisas, ainda bem que ajudei ;)

      Kissus :3

      Eliminar

♡ Saiba mais sobre o mim ou sobre o blog através do menu

♡ Quanto a comentários:
» Os pedidos são aceites nos comentários ou na ask (vejam o menu)
» Críticas construtivas são bem vindas. Barracos, não.
» “Seguindo, segue de volta?”, só serão aceites em blogs principiantes – e eu irei confirmar ao blog. Caso contrário será ignorado.
» Deixe o link do seu blog no fim do comentário e eu faço questão de pelo menos visitar e comentar.
» Pode usar estas carinhas:
=((•̪●))= ๑(•ิ.•ั)๑ ٩(●̮̮̃•̃)۶ ε(●̮̮̃•̃)з ٩(×̯×)۶̿ ┌∩┐(◣_◢)┌∩┐ ⊙▂⊙ ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙▽⊙ ⊙﹏⊙ ⊙△⊙ ◑▽◐ ◑ω◐ ◑﹏◐ ●︿● ●ω● ●﹏● ≧▂≦ ≧︿≦ ≧ω≦ ≧﹏≦ ≧▽≦ >︿< >ω< >﹏< >▽< ≡(▔﹏▔)≡ (¯▽¯;) <(“”"O”"”)> (-__-)b (;°○° ) \( ̄︶ ̄)> <( ̄︶ ̄)/ (/≧▽≦/) \(≧3≦)/ \(≧ω≦)/ o(≧ω≦)o o(≧o≦)o ㄟ(≧◇≦)ㄏ ╮(╯▽╰)╭ ╮( ̄▽ ̄)╭ (~o ̄▽ ̄)~o ~ 。。。(~ ̄▽ ̄)~[] (╯-╰)/ (*^3^) 'U_U ♪ ♥ ஐ ▲☼゚ ♣ (๏̯͡๏) †